Projeto de reposição florestal de um empreendimento imobiliário no Município de Mossoró/RN

Neurivan Vicente da Silva, Anna Catarina Costa de Paiva, Aline Carla de Medeiros, Altevir Paula de Medeiros, Patricio Borges Maracaja, Osvaldo Soares da Silva, Francisca Brasilina de Oliveira Neta, Cibely Garrido Oliveira

Resumo


Este é o projeto de reposição florestal de um empreendimento do setor imobiliário no Município de Mossoró/RN. A construção desse estudo foi realizada pela empresa Masset Ambiental lograda no Município de Mossoró/RN, com a finalidade de adequação do empreendimento. A recomposição vegetal consiste na utilização de vegetais diversos com o fim de proteger as áreas com solo exposto após a supressão vegetal, a fim de proteger contra os processos erosivos. As especificações dos procedimentos para a implantação do revestimento está previsto neste documento. Quanto à vegetação escolhida, foi de acordo com o porte lenhoso, onde as espécies presente não fogem das características gerais apresentadas pelo bioma caatinga. As atividades para recomposição são compostas por: Isolamento da área, Seleção do sistema de plantio, Retirada dos fatores de degradação, Tratos culturais, Adensamento/enriquecimento de espécies, Distribuição das espécies no campo, Plantio, manutenção e avaliação, Correção do solo e adequação, Manutenção, Irrigação, Monitoramento, Estimativa volumétrica da área plantada com exóticas após sete anos. Logo, conclui-se que o trabalho de reflorestamento no bioma caatinga é algo bastante complexo do ponto de vista de aproveitamento de mudas plantadas e que o índice de pegamento é muito baixo. Isso ocorre em função das intercorrências climáticas, do ataque de animais e insetos.


Texto completo:

PDF


ISSN: 2317-305X