Doses de esterco de galinha e água disponível sob o desenvolvimento inicial do milho

Francisco Marto de Souza, Ellen Caroline Santos Lima, Francisco Vanies da Silva Sá, Lauter Silva Souto, Jonathan Estivens Soares Araújo, Emanoela Pereira de Paiva

Resumo


Objetivou-se estudar o desenvolvimento inicial de plantas de milho sob níveis de irrigação e doses de esterco de galinha. O experimento foi conduzido em condições de túnel plástico da Universidade Federal de Campina Grande, Campus de Pombal, Paraíba, no período de Dezembro de 2014 a janeiro de 2015. O arranjo dos tratamentos constituiu um fatorial 5 x 2, correspondentes a cinco doses de cama de frango e dois níveis de água disponível (AD) de 50 e 100% da CC, mantido após as irrigações do solo, com 10 tratamentos e quatro repetições, totalizando as 40 unidades experimentais. O ensaio foi realizado em unidades experimentais compostas por vasos de 18 dm3 de capacidade, semeando manualmente quatro sementes por vaso. As plantas foram conduzidas por 20 dias após a semeadura, onde foram avaliadas quanto a emergência, o crescimento inicial e o acúmulo de massa seca. As doses de 8,4 e 8,5 t ha-1 promovem o maior crescimento das plantas de milho na fase inicial de crescimento. Não houve influência da água disponível e da interação água disponível e as doses de cama de frango sobre a emergência e crescimento da plantas de milho cultivar AG 051 durante os primeiros 20 após a semeadura. Não houve influência da água disponível e da interação água disponível e as doses de cama de frango sobre a emergência e crescimento da plantas de milho cultivar AG 051 durante os primeiros 20 após a semeadura.

 

 Doses of chicken manure and water available under the initial development of maize

Abstract: The objective was to study the initial development of corn plants under irrigation levels and doses of chicken manure. The experiment was carried out in plastic tunnel conditions of the Federal University of Campina Grande, Campus of Pombal, Paraíba, from December 2014 to January 2015. The treatment arrangement consisted of a 5 x 2 factorial, corresponding to five doses of chicken litter and two levels of available water (AD) of 50 and 100% CC, maintained after soil irrigation with 10 treatments and four replications, Totaling the 40 experimental units. The experiment was carried out in experimental units composed of vessels of 18 dm3 capacity, manually seeding four seeds per pot. The plants were conducted for 20 days after sowing, where they were evaluated for emergence, initial growth and accumulation of dry mass. The doses of 8.4 and 8.5 t ha-1 promote the highest growth of maize plants in the initial phase of growth. There was no influence of available water and the interaction of available water and broiler litter doses on the emergence and growth of AG 051 maize plants during the first 20 years after sowing.  There was no influence of available water and the interaction of available water and broiler litter doses on the emergence and growth of AG 051 maize plants during the first 20 years after sowing.

 


Palavras-chave


Zea mays, adubação orgânica, estresse hídrico.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, D.L.; MAZUR, N.P.; PEREIRA, N.C. Efeitos de

composto de resíduos urbanos em cultura do pimentão no município de Teresópolis-RJ. Anais... Congresso Brasileiro de Olericultura, 22, Vitória: SOB/SEAG-ES, 1982 p. 322.

ALVES, H. C. R.; AMARAL, R. F. Produção, área colhida e produtividade do milho no nordeste. Informe Rural Etene, v. 5, n. 16, 1-9, 2011.

AITA, C.; GIACOMINI, S.J. Decomposição e liberação de nitrogênio de resíduos culturais de plantas de cobertura de solo solteiras e consorciadas. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, v. 27, n. 4, p. 601-612, 2003.

ARGENTA, G.; SILVA, P. R. F.; SANGOI, L. Arranjo de plantas de milho: análise do estado-da-arte. Ciência Rural, v. 31, n. 6, p. 1075-1084. 2001.

BANZIGER, M.; EDMEADES, G. O.; LAFITTE, H. R. Physiological mechanisms contributing to the increased N stress tolerance of tropical maize selected for drought tolerance. Field Crops Research, Amsterdam, v. 75, n. 2, p. 223-233, 2002.

BELTRÃO, B. A.; MORAIS, F. DE; MASCARENHAS, J. DE C.; MIRANDA, J. L. F. DE; JUNIOR, L. C. DE SOUZA; MENDES, V. A. Diagnóstico do Município de Pombal. Projeto Cadastro de Fontes de Abastecimento por Água Subterrânea. Estado da Paraíba. Recife, 2005.

BERGAMASCHI, H.; DALMAGO, G.A.; BERGONCI, J.I.; BIANCHI, C.A.M.; MÜLLER, A.G.; COMIRAN, F.; HECKLER, B.M.M. Distribuição hídrica no período crítico do milho e produção de grãos. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v.39, p.831-839, 2004.

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Projeções do Agronegócio: Brasil 2012/2013 a 2022/2023 / Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Assessoria de Gestão Estratégica. – Brasília: Mapa/ACS, 2013.

COSTA, A. M; BORGES, E. N; SILVA, A. A.; NOLLA, A; GUIMARÂES, E. Potencial de recuperação física de um latossolo vermelho, sob pastagem degradada, influenciado pela aplicação de cama de frango. Ciência e Agrotecnologia, v. 33, Número especial, p. 1991-1998, 2009.

DOEBLEY, J. F. Molecular evidence for gene flow among Zea epecies. BioScience, v. 40, p. 443-448, 1990.

EMBRAPA. Centro Nacional de Pesquisa de Solos. Manual de métodos de análise do solo. 3 ed. Rio de Janeiro, 2011, 230 p. (Embrapa – CNPS. Documentos, 132).

FELINI, F. Z.; BONO, J. A. M. Produtividade de soja e milho, em sistema de plantio com uso de cama de frango na Região de Sidrolândia-MS. Ensaios e Ciência: Ciências Agrárias, Biológicas e da Saúde. v. 15, n. 5, p. 09-18, 2011.

FERREIRA, D. F. Sisvar: a computer statistical analysis system. Ciência e Agrotecnologia, v.35, p.1039-1042, 2011.

GIROTTO, A.F.; MIELI, M. Situação atual e tendências para

a avicultura de corte nos próximos anos. Brasília, Embrapa, 2004.

MAGALHÃES, P. C.; DURÃES, F. O. M.; PAIVA, E. Fisiologia da planta de milho. Sete Lagoas: EMBRAPACNPMS, 1995. 27 P. (EMBRAPA-CNPMS. Circular Técnica, 20).

MARCONDES, M. M. Incidência de podridão de colmo e grãos ardidos em híbridos de milho sob diferentes densidades de plantas e épocas de colheita. 2011, 62 f. Dissertação (Mestrado em Agronomia). Universidade Estadual do Centro-

Oeste, Guarapuava.

MATA, J. F.; SILVA, J. C.; RIBEIRO, J. F.; AFFÉRRI, F. S.; VIEIRA, L. M. Production of hybrid corn under doses of bovine manure. Pesquisa Aplicada & Agrotecnologia, v. 3, n. 3, p. 125-134, 2010.

MONNEVEUX, P.; SANCHEZ, C.; BECK, D.; EDMEADES, G. O. Drought tolerance improvement in tropical maize source populations: evidence of progress. Crop Science, Madison, v. 46, p.180-191, 2006.

REBOUÇAS NETO, M. O.; LEITE, D. N. P.; CAMPOS, J. R.; VERAS, C. L.; SOUZA, I. R.; FILHO, L. R. M. Crescimento inicial do milho sob diferentes concentrações de biofertilizante bovino. Cadernos Cajuína, v. 1, n. 3, p. 4 – 14, 2016.

SCHUAB, S. R. P.; BRACCINI, A. L.; FRANÇA NETO, J. B.; CARLOS ALBERTO SCAPIM, C. A.; MESCHEDE, D. K. Potencial fisiológico de sementes de soja e sua relação com a emergência das plântulas em campo. Acta Scientiarum Agronomy, v. 28, n. 4, p.553-561, 2008.

SHAO, H.; CHU, L.; JALEEL, C. A.; ZHAO, C. Water-deficit stress induced anatomical changes in higher plants. Comptes Rendus Biologies, Paris, v. 331, n. 2, p. 215-225, 2008.

SOUSA, G. G.; MARINHO, A.B.; ALBUQUERQUE, A. H.; VIANA, T. V. A.; AZEVEDO. B. M. Crescimento inicial do milho sob diferentes concentrações de biofertilizante bovino irrigado com águas salinas. Revista Ciência Agronômica, v. 43, n. 2, p. 237-245, 2012.

STEVENSON, E. J. Humus chemistry: genesis, composition, reactions. New York, NY: John Wiley & Sons., 1982. 443p.

TEIXEIRA FILHO, A. J. T.; SILVEIRA, E. O.; SILVA, R. L.; CARVALHO, D. M. G. Produção de matéria seca total de duas cultivares de milho submetido à adubação mineral e orgânica, Parintins-AM. Revista Eletrônica Ciência e Desenvolvimento, v. 1, n. 2, p. 12-21, 2015.




DOI: http://dx.doi.org/10.18378/rvads.v11i5.4667

Direitos autorais 2016 Francisco Marto de Souza et al.