Consciência ambiental e percepção sobre os resíduos sólidos pelos residentes da Cidade de Coremas, Paraíba

Carlos Sergio Araújo dos Santos, Daniel Jackson Andrade de Sousa, Gabriel Carlos Moura Pessôa, Ricardo Ricelli Pereira de Almeida, Alan Dél Carlos Gomes Chaves

Resumo


Resíduos sólidos são todos os restos sólidos ou semi-sólidos das atividades humanas ou não-humanas, que embora possam não apresentar utilidade para a atividade fim de onde foram gerados, podem virar insumos para outras utilizações. Objetivou-se avaliar o comportamento da população à respeito das atitudes e percepção com relação aos resíduos sólidos na cidade de Coremas, Paraíba. Os dados referentes a atitudes e percepção dos atores sociais foram coletados na cidade de Coremas por meio de questionários, previamente estruturados com perguntas de múltipla escolha a fim de conhecer o perfil dos entrevistados através das seguintes variáveis: sexo, faixa etária, escolaridade, estado civil e renda. Foi realizada uma análise descritiva para verificar a percepção dos residentes no município segundo as variáveis relacionadas aos resíduos sólidos. A relação entre variáveis socioeconômicas e o comportamento ambiental referente aos resíduos sólidos dos moradores da cidade de Coremas foi verificada por meio do teste qui-quadrado de independência, mostrando que houve forte dependência entre essas variáveis, sugerindo que, a escolaridade, a renda e a localização dos residentes influenciaram em suas atitudes e percepções ambientais naquele município.

Environmental Awareness and perception about solid waste by the residents of the City of Coremas, Paraíba

Abstract: Solid wastes are all the solid or semi-solid residues of human or non-human activities that, although do not show utility for the order in which they were generated, can become to inputs for other activities. The study’s aim was to evaluate the population’s behavior about the attitudes and the perception connected to the solid wastes in the city of Coremas, Paraíba state. The data on attitudes and perceptions of the social actors were collected in the city of Coremas through questionnaires, previously structured with multiple choice questions in order to know the profile of the interviewed using the following variables: gender, age, education, marital status and income. The Descriptive analysis were performed to verify the perception of residents in the city according to the related variables to solid wastes. The relationship between socioeconomics variables and environmental performance related to solids wastes from residents of Coremas were verified by the chi-square test of independence, showing that there was a strong dependency between these variables, suggesting that the educational level, the income and the location of residents influenced in their attitudes and environmental perceptions in that city.


Palavras-chave


Percepção ambiental; Meio ambiente; Qualidade de vida; Lixo.

Texto completo:

PDF

Referências


BIDONE, F. R. A.; POVINELLI, J. Conceitos básicos de resíduos sólidos. São Carlos: EESC/USP, 1999. 120p.

BRASIL. [Lei n. 12.305, de 2 de agosto de 2010]. Política nacional de resíduos sólidos [recurso eletrônico]. – 2. ed. – Brasília : Câmara dos Deputados, Edições Câmara, 2012. 73p. (Série legislação; n.81), vista em http://fld.com.br/catadores/pdf/politica_residuos_solidos.pdf, visitado em 15 de julho de 2016.

BRASIL, Lei nº 6.938, de 31 de Agosto de 1981. Dispõe sobre a Política Nacional do Meio Ambiente, seus fins e mecanismos de formulação e aplicação, e dá outras providências. 1981.

BRASIL, Lei n° 11.445, de 5 de janeiro de 2007. Diário Oficial da União. Brasília, 2007. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007- 2010/2007/lei/l11445.htm>. Acesso em: 13 jun. 2016.

CANTER, L. W. Environmental impact assessment. New York: McGraw Hill Book, (Series in Water Resources and Environment Engineering) 1977. 331 p.

CARDOSO FILHO, G. T. A gestão de resíduos sólidos em Parintins/AM à luz da Política Nacional de Resíduos Sólidos. Revista Somanlu. Ano 12, nº1, jan/jun 2012. Manaus, 2012.

CORNIERI, M. G.; FRACALANZA, A. P. Desafios do Lixo em nossa Sociedade. Revista Brasileira de Ciências Ambientais - Número 16 - Junho/2010.

FRANCO, T. R. Coleta seletiva de lixo domiciliar: estudos para implantação. Monografia (Bacharelado) - Instituto de Geografia, Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2000.

IBGE. INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (BRASIL). Indicadores de desenvolvimento sustentável: Brasil 2015. Rio de Janeiro, RJ: IBGE, 2015. 352p.

JACOBI, P. R. Educação ambiental: o desafio da construção de um pensamento crítico, complexo e reflexivo. Revista Educação e Pesquisa, São Paulo, v.31, n.2, p. 233-250, 2005.

LEFT, E. Saber ambiental: sustentabilidade, racionalidade, complexidade, poder. 35ª ed. Petrópolis: Vozes; 2001.

MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL. Nova delimitação do semiárido brasileiro. Brasília: MIN/Secretaria de Políticas de Desenvolvimento Regional, 2005.

MUCELIN, C. A., BELLINI, M. Garbage and perceptible environmental impacts in urban ecosystem. , Sociedade e Natureza. (Online), 2008, vol.20, no.1, ISSN 1982-4513. Similarity: 0.395305. SciELO Brasil.

VILAR, J. W. C.; CASADO, A. P. B.; BRASILEIRO, G. A. M.; BOMFIM, E. O.; SILVEIRA, A. M. ; Diagnóstico participativo da gestão dos resíduos sólidos do agreste central sergipano, 2010. In: 3º Simpósio Ibero americano de Ingeniería de Resíduos e 2º Seminário da Região Nordeste sobre Resíduos Sólidos, 2010, João Pessoa. Anais ... (Online), 2010.




DOI: http://dx.doi.org/10.18378/rvads.v12i1.4808

Direitos autorais 2017 Carlos Sérgio Araújo dos Santos et al.