Métodos para superação da dormência tegumentar em sementes de Caesalpinia ferrea Mart. ex Tul.

Kássya Jemima Borges de Oliveira, Jailma Suerda Silva de Lima, Lissa Izabel Ferreira de Andrade, José Novo Júnior, Clarisse Pereira Benedito, Joabe Freitas Crispim

Resumo


O presente trabalho teve por objetivo avaliar a eficiência de métodos para superação de dormência tegumentar em sementes de Caesalpinia ferrea. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, com doze tratamentos e quatro repetições de 25 sementes por unidade experimental. Os tratamentos pré-germinativos utilizados foram: testemunha (T1); imersão em água a 100, 80 e 65 °C por 5 minutos (T2, T3 e T4, respectivamente); imersão em ácido sulfúrico (98%) por 5 e 10 minutos (T5 e T6, respectivamente); escarificação em lixa n° 120 (T7); desponte na região oposta ao hilo e na extremidade do ponto de inserção da vagem (T8 e T9, respectivamente); imersão em vinagre de álcool, de vinho tinto e vinho branco, por 15 minutos (T10, T11 e T12, respectivamente). As características avaliadas foram: percentagem de emergência, índice de velocidade de emergência, percentagem de sementes duras e mortas, comprimento de raiz, altura de plântulas e número de folhas. Os tratamentos com a imersão em ácido sulfúrico por 5 ou 10 minutos, escarificação com lixa n° 120 e o desponte do tegumento, tanto na região oposta ao hilo quanto na extremidade do ponto de inserção da vagem, são os mais adequados para a superação de dormência tegumentar nas sementes de Caesalpinia ferrea.

Palavras-chave


Caatinga; Tegumento impermeável; Emergência.

Texto completo:

HTML PDF

Referências


ALVES, A. F.; ALVES, A. F.; GUERRA, M. E. C.; FILHO, S. M. Superação de dormência de sementes de braúna (Schinopsis brasiliense Engl.). Revista Ciência Agronômica, Fortaleza, v.38, n.1, p.74-77, 2007.

ALVES, E. U.; BRUNO, R. L. A.; OLIVEIRA, A. P.; ALVES, A. U.; ALVES, A. U. Escarificação ácida na superação de dormência de sementes de pau ferro (Caesalpinia ferrea Mart. ex. Tul. var. leiostachya Benth.). Revista Caatinga, Mossoró, v. 22, n. 1, p. 37-47, 2009.

AVELINO, J. I.; LIMA, J. S. S.; RIBEIRO, M. C. C.; CHAVES, A. P.; RODRIGUES, G. S. O. Métodos de quebra de dormência em sementes de jucá (Caesalpinia ferrea Mart. ex. Tul. var. ferrea). Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, Mossoró, v. 7, n. 1, p. 102-106, 2012.

BORGES, E.E.L.; RIBEIRO JUNIOR, J.I.; REZENDE, S.T.; PEREZ S.C.J.G.A. Alterações fisiológicas em sementes de Tachigalia multijuga (Benth.) (mamoneira) relacionadas aos métodos de superação de dormência. Revista Árvore, v.28, n.3, p.317-325, 2004.

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Regras para análise de sementes. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Secretaria de Defesa Agropecuária. Brasília: MAPA/ACS, 2009. 395p.

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Secretaria de Defesa Agropecuária. Instruções para análise de sementes de espécies florestais. Brasília: 2013. 98p.

CÂMARA, F. A. A.; TORRES, S. B.; GUIMARÃES, I. P.; OLIVEIRA, M. K. T.; OLIVEIRA, F. A. Biometria de frutos e sementes e superação de dormência de jucá (Caesalpinia ferrea Mart. ex Tul. Leguminosae – Caesalpinoideae). Revista Caatinga, Mossoró, v. 21, n. 4, p. 172-178, 2008.

COELHO, M. F. B.; MAIA, S. S. S.; OLIVEIRA, A. K.; DIÓGENES, F. E. P. Superação da dormência tegumentar em sementes de Caesalpinia ferrea Mart ex Tul. Revista Brasileira de Ciências Agrárias, Recife, v. 5, n. 1, p. 74-79, 2010.

COELHO, M. F. B.; CAVALCANTE NETO, M. H.; BARBOSA, M. K. R.; OLIVEIRA, M. C.; LIMA, A. K. B. Superação da dormência em sementes de Caesalpinia ferrea Mart. ex Tul. var. ferrea de duas populações. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, Mossoró, v. 8, n. 4, p. 179-182, 2013.

COSTA, P. A.; LIMA, A. L. S.; ZANELLA, F.; FREITAS, H. Quebra de dormência em sementes de Adenanthera pavonina L. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 40, n. 1, p. 83-88, 2010.

DUTRA, A. S.; MEDEIROS FILHO, S. Dormência e emergência de sementes de albízia (Albizia lebbeck (L.) Benth. Revista Ciência Agronômica, Fortaleza, v. 40, n. 3, p. 427-432, 2009.

FARIAS, R. M.; FREITAS, R. M. O.; NOGUEIRA, N. W.; DOMBROSKI, J. L. D. Superação de dormência em sementes de jurema-branca (Piptadenia stipulacea). Revista de Ciências Agrárias, Santa Maria, v. 56, n. 2, p. 160-165, 2013.

FERREIRA, D. F. Sisvar: Um sistema computacional de análise estatística. 2011. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 35, n. 6, p. 1039-1042, 2011.

FONSECA, M. D. S.; FREITAS, T. A. S.; MENDONÇA, A. V. R.; SOUZA, L. S.; ABDALLA, S. D. Morfometria de sementes e plântulas e verificação da dormência da espécie Plathymenia foliolosa Benth. Comunicata Scientiae, Bom Jesus, v. 4, n. 4, p. 368-376, 2012.

FOWLER, A. J. P.; BIANCHETTI, A. Dormência em sementes florestais. Brasília, Colombo: Embrapa Florestas. (Documentos 40), 2000. 27p.

FREIRE, J. M.; ATAÍDE, D. H. S.; ROUWS, J. R. C. Superação de dormência de sementes de Albizia pedicellaris (DC.) L. Rico. Floresta e Ambiente, Rio de Janeiro, v. 23, n. 2, p. 251-257, 2016.

GAMA, J. S. N.; ALVES, E. U.; BRUNO, R. L. A.; PEREIRA JUNIOR, L. R.; BRAGA JUNIOR, J. M.; MONTE, D. M. O. Superação de dormência em sementes de Centrosema plumieri Benth. Revista Brasileira de Sementes, Brasília, v. 33, n. 4, p. 643-651, 2011.

MAGUIRE, J. D. Speed of germination-aid in selection and evaluation for seedlig emergence and vigor. Crop Science, Madison, v. 2, n. 1, p. 176-177, 1962.

MARCOS FILHO, J. Fisiologia de Sementes de Plantas Cultivadas. 2 ed. ABRATES, Londrina, PR, 2015. 659p.

MARIANO, L. G. et al. Análise de superação de dormência de sementes de Leucaena leucocephala e desenvolvimento inicial de plântulas. Revista Eletrônica em Gestão, Educação e Tecnologia Ambiental. Santa Maria, v. 20, n. 1, p. 398-404. 2016.

MELO, M. G. G.; MENDONÇA, M. S.; NAZÁRIO, P.; MENDES, A. M. S. Superação de dormência em sementes de três espécies de parkia spp. Revista Brasileira de Sementes, Brasília, v. 33, n. 3, p. 533-542, 2011.

PEREIRA, S. A.; FERREIRA, S. A. N. Superação da dormência em sementes de visqueiro-do-igapó (Parkia discolor). Acta Amazônica, Manaus, v. 40, n. 1, p. 151-156, 2010.

SANTANA, J. A. S.; FERREIRA, L. S.; COELHO, R. R. P.; VIEIRA, F. A.; PACHECO, M. V. Tecnologias de baixo custo para superação de dormência em sementes de Caesalpinia ferrea var. ferrea Mart. ex. Tul. (Pau Ferro). Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, Mossoró, v. 6, n. 1, p. 225-229, 2011.

SCHMIDT, L. Dormancy and pretreatment. In: Olsen, K. (Ed.). Guide to handling of tropical and subtropical forest seed. Humlebaek, Danida Forest Seed Centre. p. 263-303. 2000.

SILVA, A. I. S.; CORTE, V. B.; PEREIRA, M. D.; CUZZUOL, G. R. F.; LEITE, I. T. A. Efeito da temperatura e de tratamentos pré-germinativos na emergência de sementes de Adenanthera pavonina L. Semina: Ciências Agrárias, Londrina, v. 30, n. 4, p. 815-824, 2009.

SILVA, P. E. M.; SANTIAGO, E. F.; DALOSO, D. M.; SILVA, E. M.; SILVA, J. O. Quebra de dormência em sementes de Sesbania virgata (Cav.) Pers. IDESIA, Arica, v. 29, n. 2, p. 39-45, 2011.

SILVA, D. L.; LUZ, G. R.; VELOSO, M. D. M.; FERNANDES, G. W.; NUNES, Y. R. F. Emergência e estabelecimento de plântulas de Guazuma ulmifolia Lam. em função de diferentes tratamentos pré-germinativos. Revista Ciência Florestal, Santa Maria, v. 26, n. 3, p. 763-772, 2016.

SPERANDIO, H. V.; LOPES, J. C.; MATHEUS, M. T. Superação de dormência em sementes de Mimosa setosa Benth. Comunicata Scientiae, Bom Jesus, v. 4, n. 4, p. 385-390, 2013.

VIEIRA, R. D.; KRZYZANOWSKI, F. C. Teste de condutividade elétrica. In: KRZYZANOWSKI, F.C.; VIEIRA, R. D.; FRANÇA NETO, J. B. (Ed.). Vigor de sementes: conceitos e testes. Londrina: ABRATES, 1999. p. 1-26.

ZWIRTES, A. L.; BARONIO, C. A.; CANTARELLI, E. B.; RIGON, J. P. G.; CAPUANI, S. Métodos de superação de dormência em sementes de flamboyant. Pesquisa Florestal Brasileira, Colombo, v. 33, n. 76, p. 469-473, 2013.




DOI: http://dx.doi.org/10.18378/rvads.v12i4.4893

Direitos autorais 2017 Kássya Jemima Borges de Oliveira et al.

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.