Levantamento etnobotânico de espécies arbóreas no assentamento Tabuleiro Grande, Apodi, Rio Grande do Norte

Mônica Costa Cordeiro, Rejane Tavares Botrel, Alan Cauê Holanda

Resumo


Objetivou-se realizar um levantamento etnobotânico no Projeto de Assentamento Tabuleiro Grande, localizado em Apodi, Rio Grande do Norte, contribuindo para o resgate do conhecimento popular discutindo as implicações do uso da vegetação arbórea na conservação dos recursos florestais. A condução do estudo foi por meio da observação direta e entrevistas semiestruturadas (21 entrevistas). Para análise dos dados foram feitas abordagens qualitativas (acesso a informações subjetivas) e quantitativas (Valor de Uso; índices de diversidade de Shannon e de equabilidade de Pielou). Foram mencionadas no levantamento 57 espécies arbóreas, entre nativas e exóticas, distribuídas em 26 famílias e enquadradas nas seguintes categorias de uso: Madeira (móveis e construção), Medicina/Higiene, Apicultura, Lenha, Veterinária Popular, Forragem, Alimentação Humana e Outros. Com os resultados obtidos, conclui-se que a comunidade estudada possui conhecimento sobre um grande número de espécies arbóreas. No entanto, no que diz respeito a “uso”, poucas espécies são, de fato, utilizadas. De forma geral, o conhecimento popular na comunidade está mantido com uma pequena parcela dos entrevistados e não é repassado, tendendo a tornar-se cada vez mais escasso.

Ethnobotanical survey of tree species in the Tabuleiro Grande settlement, Apodi, Rio Grande do Norte

Abstract: The aim this study was to realize ethnobotanical survey in Settlement Tabuleiro Grande Project, located in Apodi - RN, to contribute to the rescue of popular knowledge and discuss the implications of the use of trees in the conservation of forest resources. The conduct of the study was through direct observation and semi-structured interviews (21 interviews). Data analysis were made qualitative approaches (access to subjective information) and quantitative (use value -VU, Shannon diversity and Pielou evenness indexes). Were mentioned in the survey 57 tree species native and exotic, distributed in 26 families and classified in the following categories of use: wood (furniture and construction), Medicine / hygiene, Beekeeping, Firewood, Popular Veterinary, Fodder, Food and Others. With the results, it is concluded that the studied community has knowledge of a large number of tree species. However, with regard to "use", few are actually used. In general, the popular knowledge in the community is maintained with a small portion of respondents and is not passed, tending to become increasingly scarce.


Palavras-chave


Conhecimento popular; Recursos florestais; Valor de uso.

Texto completo:

PDF

Referências


ALBUQUERQUE U. P.; ANDRADE L. H. C. Conhecimento botânico tradicional e conservação em uma área de caatinga no estado de Pernambuco. Acta Botânica Brasilica, Belo Horizonte, v. 16, n. 3, p. 273-285, 2001.

ALBUQUERQUE U. P.; HANAZAKI N. As pesquisas etnodirigidas na descoberta de novos fármacos de interesse médico e farmacêutico: fragilidades e perspectivas. Revista Brasileira de Farmacognosia, Curitiba, v. 16, p. 678-689, 2006.

ALENCAR E.; GOMES M. A. O. Metodologia de pesquisa social e diagnóstico rápido participativo. 1.ed. Lavras: Editora UFLA/FAEPE, 1988, v.1. 212p.

ALMEIDA V. S. Uso, manejo e estrutura da vegetação da caatinga por duas comunidades quilombolas do município de Jeremoabo, Bahia, Brasil. UEFS. 2011. 161f. Tese (Doutorado em Botânica) Universidade Estadual de Feira de Santana. 2011.

ALVES, G. S. P.; POVH, J. A. Estudo etnobotânico de plantas medicinais na comunidade de Santa Rita, Ituiutaba – MG. Biotemas, Florianópolis, v. 26, n.3, p. 231-242. 2013.

BEGOSSI A. Use for ecological methods in ethnobotany: diversity índices. Economic Botany, London, v.50, n.3, p. 280-289, 1996.

BOTREL, R. T.; RODRIGUES, L. A.; GOMES, L. J.; CARVALHO, D. A.; FONTES, M. A. L. Uso da vegetação nativa pela população local no município de Ingaí, MG, Brasil. Acta Botanica Brasílica, Belo Horizonte, v. 20, n.1, p 143-156, 2006.

BRASIL. Ministério das Minas e Energia. Projeto cadastro de fontes de abastecimento por água subterrânea. Diagnóstico do município de Livramento. Recife: CPRM, 2005. Disponível: Acessado em: 20 de Julho de 2016.

CUNHA, S. A. da; BORTOLOTTO, I. M. Etnobotânica de Plantas Medicinais no Assentamento Monjolinho, município de Anastácio, Mato Grosso do Sul, Brasil. Feira de Santana. Acta Botanica Brasílica, Belo Horizonte, v. 25, n. 3, p. 685-698. 2011.

FERRAZ J. S. F., ALBUQUERQUE U. P.; MEUNIER I. M. J. Valor de uso e estrutura da vegetação lenhosa às margens do riacho do Navio, Floresta, Pernambuco, Brasil. Acta Botanica Brasilica, Belo Horizonte, v.20, n.1, p. 125-134, 2006.

FERRAZ J. S. F., MEUNIER I. M. J.; ALBUQUERQUE U. P. Conhecimento sobre espécies lenhosas úteis da mata ciliar do Riacho do Navio, Floresta, Pernambuco. Zonas Áridas, Lima, v.9, p. 27-39, 2005.

KENT, M. E.; COKER, P. Vegetation description and analysis. Reino Unido: Belhaven, 1992. 363 p.

LUCENA R. F. P, SOARES T. C, VASCONCELOS NETO C. F. A., CARVALHO T. K. N., LUCENA C. M.; ALVES R. R. N. Uso de recursos vegetais da caatinga em uma comunidade rural no curimataú paraibano (Nordeste do Brasil). Polibotánica, Colonia Santo Tomás, v.34, p. 217-238, 2012.

MAIA G. N. Caatinga: árvores e arbustos e suas utilidades. 2. ed. Fortaleza: editora Printcolor. 2012, 413 p. il.

MASCARENHAS J. C., BELTRÃO B. A., SOUZA JÚNIOR L. C., PIRES S. T. M., ROCHA D.; CARVALHO V. G. D. (org.). Diagnóstico do município de Apodi, estado do Rio Grande do Norte. Recife: CPRM/PRODEEM. 2005.

MIRANDA, T. M.; HANAZAKI, N. Conhecimento e uso de recursos vegetais de restinga por comunidades das ilhas do Cardoso (SP) e de Santa Catarina (SC), Brasil. Acta Botanica Brasílica, Belo Horizonte, v 22, n.1, p. 203-215, 2008.

PHILLIPS O.; GENTRY, A. H. The useful plants of Tambopata, Peru. I. Statistical hypotheses with a new quantitative technique. Economic Botany, London, v.47, n.1, p. 33-43. 1993.

ROQUE A. A., LOIOLA, M. I. B. Potencial de uso dos recursos vegetais em uma comunidade rural no semiárido potiguar. Revista Caatinga, Mossoró, v. 26, n.4, p. 88-98, 2013.

SANTANA JÚNIOR H. E. Zoneamento agroecológico do município de Apodi/RN. 2010. 121f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente). Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal. 2010.

SANTOS, J. X. dos; REIS, A. R. S.; MATOS, S. A. de; LEÃO, F. M.; CARVALHO, J. C. de. Caracterização etnobotânica de essências florestais com fins medicinais utilizadas pela Etnia Xipaya, no município de Altamira-PA. Biota Amazônia, Macapá, v. 6, n. 2, p. 1-8, 2016.

SILVA, N. C. B.; REGIS, A. C. D.; ALMEIDA, M. Z. Estudo Etnobotânico em Comunidades Remanescentes de Quilombo em Rio de Contas – Chapada Diamantina – Bahia. Revista Fitos, Rio de Janeiro, v. 7, n. 2, 2012.

SOUZA M. J. N. A problemática ambiental: cenários para o bioma caatinga no Nordeste do Brasil. In: SILVA J.B., LIMA L.C., DANTAS E.W.C. (org.). Panorama da geografia brasileira. São Paulo: Annablume, 2006, v. 2, p. 119-133.




DOI: http://dx.doi.org/10.18378/rvads.v12i1.4925

Direitos autorais 2017 Mônica Costa Cordeiro et al.