Crescimento inicial do milho sob doses de esterco caprino e disponibilidade de água no solo

Francisco Marto de Souza, Ellen Caroline Santos Lima, Francisco Vanies da Silva Sá, Lauter Silva Souto, Jonathan Estivens Soares Araújo, Emanoela Pereira de Paiva

Resumo


Objetivou-se estudar a emergência e o crescimento inicial de plantas de milho adubadas com esterco caprino sob dois regimes de disponibilidade de água no solo. O arranjo dos tratamentos constituiu um fatorial 4 x 2, correspondentes a quatro doses de esterco caprino (0, 4, 8 e 12 t ha-1) e dois níveis de água disponível de 50 e 100% da capacidade de campo, mantido após as irrigações do solo, com 8 tratamentos e quatro repetições, totalizando as 32 unidades experimentais. O ensaio foi realizado em unidades experimentais compostas por vasos de 18 dm3 de capacidade, semeando manualmente quatro sementes por vaso. As plantas foram conduzidas por 20 dias após a semeadura, sendo avaliadas quanto à emergência, o crescimento inicial e o acúmulo de massa seca. A redução de 50% de água no solo não exerce impactos negativo sobre a emergência e crescimento inicial das plantas de milho AG1051. A dose de esterco caprino de 12 t ha-1 promoveu o maior crescimento e acúmulo de massa seca das plantas de milho.

Initial growth of maize under manure goat doses and water availability in soil

Abstract: The objective was to study the emergence and initial growth of corn plants fertilized with goat manure under two water availability regimes in soil. The treatment arrangement consisted of a 4 x 2 factorial, corresponding to four doses of goat manure (0, 4, 8 and 12 t ha-1) and two levels of available water of 50 and 100% of field capacity, maintained after The soil irrigations, with 8 treatments and four replications, totalizing the 32 experimental units. The experiment was carried out in experimental units composed of pots of 18 dm3 of capacity, manually seeding four seeds per pot. The plants were conducted for 20 days after sowing, where they were evaluated for emergence, initial growth and dry mass accumulation. The reduction of 50% of water in the soil does not have a negative impact on the emergence and initial growth of AG1051 maize plants. The dose of goat manure of 12 t ha-1 promoted the highest growth and accumulation of dry mass of maize plants.


Palavras-chave


Zea mays; Adubação orgânica; Irrigação

Texto completo:

PDF

Referências


BERGONCI, J. I.; BERGAMASCHI, H.; BERLATO, M. A.; SANTOS, A. O. Condutância foliar como um indicador de déficit hídrico em milho. Revista Brasileira de Agrometeorologia, v.8, n.1, p.27-34, 2000.

BRUGNARA, E. C. Cama de aviário em substratos para mudas de maracujazeiro-amarelo. Revista Brasileira de Agroecologia, v.9, n.3, p.21-30, 2014.

CASTRO, C. N. A agricultura no Nordeste brasileiro: oportunidades e limitações ao desenvolvimento. Boletim regional, urbano e ambiental, v.8, n.2, p.77-89, 2013.

COSTA, A. S. V. J.; RUFINI, J. C. M.; SILVA, M. B. S.; GALVÃO, E. R.; RIBEIRO, J. M. O. Efeito do resíduo de celulose e esterco no solo sobre o desenvolvimento do milho (Zea mays) e feijão (Phaseolus vulgaris). Revista Ceres, v.54, n.314, p.339-344, 2007.

EMBRAPA. Centro Nacional de Pesquisa de Solos. Manual de métodos de análise do solo. 3 ed. Rio de Janeiro, 2011, 230 p. (Embrapa – CNPS. Documentos, 132).

FERRARI, E.; PAZ, A.; SILVA, A. C. Déficit hídrico no metabolismo da soja em semeaduras antecipadas no mato grosso. Nativa, v.03, n.01, p.67-77 2015.

FERREIRA, A. O.; SÁ, J. C. M.; NASCIMENTO, C. G.; BRIEDIS, C.; RAMOS, F. S. Impacto de resíduos orgânicos de abatedouro de aves e suínos na produtividade do feijão na região dos campos gerais – PR – Brasil. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, v.5, n.4, p.15-21, 2010.

FERREIRA, D. F. Sisvar: a computer statistical analysis system. Ciência e Agrotecnologia, v.35, n.6, p.1039-1042, 2011.

GALVÃO, S. R. S.; SALCEDO, I. H.; OLIVEIRA, F. F. Acumulação de nutrientes em solos arenosos adubados com esterco bovino. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v.43, n.1, p.99- 105, 2008.

KIEHL, E. J. Manual de edafologia. São Paulo, Agronômica Ceres, 1979. 262p.

LERAYER, A. Guia do milho: tecnologia do campo a mesa. Conselho de Informações sobre Biotecnologia. 2006. 15 p.

MELO, R. F.; BRITO, L. T. L.; PEREIRA, L. A.; ANJOS, J. B. Avaliação do uso de adubo orgânico nas culturas de milho e feijão caupi em barragem subterrânea. Revista Brasileira de Agroecologia, v.4, n.2, p.1264-1267, 2009.

MESQUITA, E. F.; SÁ, F. V. S.; SUASSUNA, C. F.; SOUZA, F. M.; ANDRADE, L. R.; SANTOS, G. J. F. Fitomassa e eficiência do uso da água da mamoneira BRS Gabriela irrigada sob adubação orgânica. Revista Brasileira de Agricultura Irrigada v.11, n.3, p.1458-1467, 2017.

PEREIRA, R. F.; LIMA, A. S., MAIA FILHO, F. C. F.; CAVALCANTE, S. N.; SANTOS, J. G. R.; ANDRADE, R. Produção de feijão vigna sob adubação orgânica em ambiente semiárido. Agropecuária Científica no Semiárido, v.9, n.2, p.27-32, 2013.

SÁ, F. V. S.; MESQUITA, E. F.; SOUZA, F. M.; MESQUITA, S. O.; PAIVA, E. P.; SILVA, A. M. Depleção de água e composição do substrato na produção de mudas de melancia. Revista Brasileira de Agricultura Irrigada v.11, n.3, p.1398-1406, 2017.

SCHITTENHELM, S. Effect of drought stress on yield and quality of maize/sunflower and maize/sorghum intercrops for biogas production. Journal of Agronomy and Crop Science, v.196, n.4, p.253–261, 2010.

SILOTO, R. C. Danos e biologia de Spodoptera frugiperda (J. E. Smith, 1797) (Lepidoptera: Noctuidae) em genótipos de milho. 2002. 93 f. Dissertação (Mestrado em Entomologia) – Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2002.

SOUZA, F. M. S.; LIMA, E. C. S.; SÁ, F. V. S.; SOUTO, L. S.; ARAÚJO, J. E. S.; PAIVA, E. P. Doses de esterco de galinha e água disponível sob o desenvolvimento inicial do milho. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento, v.11, n.5, p.64-69, Edição especial, 2016.

STEVENSON, E. J. Humus chemistry: genesis, composition, reactions. New York, NY: John Wiley & Sons., 1982. 443p.

SCHUAB, S. R. P.; BRACCINI, A. L.; FRANÇA NETO, J. B.; CARLOS ALBERTO SCAPIM, C. A.; MESCHEDE, D. K. Potencial fisiológico de sementes de soja e sua relação com a emergência das plântulas em campo. Acta Scientiarum Agronomy, v.28, n.4, p.553-561, 2008.

ZANDONADI, D. B.; SANTOS, M. P.; MEDICI, L. O.; SILVA, J. Ação da matéria orgânica e suas frações sobre a fisiologia de hortaliças. Horticultura Brasileira, v.32, n.1, p.14-20, 2014.




DOI: http://dx.doi.org/10.18378/rvads.v12i2.4964

Direitos autorais 2017 Francisco Marto de Souza et al.

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.