Variabilidade interanual da precipitação em cidades do semiárido brasileiro entre os anos de 1984 e 2015

César Lincoln Oliveira de Souza, Virgínia de Fátima Bezerra Nogueira, Valner da Silva Nogueira

Resumo


As variações pluviométricas influenciam diretamente na economia de uma região. Este cenário no semiárido brasileiro pode ser ainda mais impactante, afetando consideravelmente a agricultura e os recursos hídricos. O objetivo deste trabalho foi determinar a influência dos modos de variabilidade climática global na precipitação de cidades do semiárido localizadas nos estados de Pernambuco, Paraíba, Ceará e Rio Grande do Norte. Foi realizada a climatologia de 70 (setenta) postos pluviométricos alocados pelos quatro estados e a correlação do período chuvoso destas estações com os fenômenos El Niño-Oscilação Sul (ENOS) e o Dipolo de TSM do Atlântico (DTAT). Na maior parte das estações, o período chuvoso se restringiu a apenas cinco meses, se estendendo de janeiro a maio. O Ceará é o estado mais influenciado pelos modos de variabilidade interanual. Os resultados mostraram que os modos de variabilidade afetam de formas distintas os quatro estados analisados, em comum as maiores correlações, ou seja, a maior influência é das anomalias de TSM da Bacia Sul do Atlântico Tropical sob o período chuvoso dos postos analisados.

Palavras-chave


Modos de variabilidade climática; Correlação; Recursos hídricos; El Niño-Oscilação Sul

Referências


ANA - Agência Nacional de Aguas. Disponível em: < http://hidroweb.ana.gov.br/>. Acesso em: 27/02/2017.

ANDREOLI, R. V.; KAYANO, M. T. A importância relativa do atlântico sul e pacífico leste na variabilidade de precipitação do nordeste do Brasil. Revista Brasileira de Meteorologia; v.22, n.1, 63-74, 2007.

ANDREOLI, R.V.; KAYANO, M.T. Multi-scale variability of sea surface temperature in the tropical Atlantic. J. Geophys. Res., v.109, C05009, doi: 10.1029/2003JC002220, 2004.

ARAGÃO, J. O. R.. O Impacto do ENSO e do Dipolo do Atlântico no Nordeste do Brasil. Bull. Inst. fr. études andines. 27 (3): 839-844, 1998.

CUNHA, G. R. da et al. El Niño – Oscilação e seus impactos sobre a cultura de cevada no Brasil. Revista Brasileira de Agrometeorologia/Universidade Federal de Santa Maria. Departamento de Fitotecnia, v. 9, n. 1, p. 137-145, 2001.

CUPOLILLO F.; ABREU, M. L.; VIANELLO R. L.. Climatologia da bacia do rio Doce e sua relação com a topografia local. Geografias 4(1): 45-60, 2008.

Disponível em: . Acesso em: 15/01/2017.

GALVÍNCIO, J. D.; SOUZA, F. A. S. Relação Entre o Fenômeno El Niño e os Totais Mensais Precipitados na Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco.

RBRH – Revista Brasileira de Recursos Hídricos, vol. 7, n. 4, 113-119, Dez, 2002.

HASTENRATH, S; HELLER, L. Dynamics of climatic hazards in Northeast Brazil. Quartely Journal of the Royal Meteorological Society, 103(435):77-92, 1977.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Disponível em:. Acesso em: 20 de Fevereiro de 2017.

LUCENA, D. B.; GOMES FILHO, M; F.; SERVAIN, J. Avaliação do impacto de eventos climáticos extremos nos oceanos pacífico e atlântico sobre a estação chuvosa no nordeste do Brasil. Revista Brasileira Meteorologia [online]. vol.26, n.2, pp. 297-312. ISSN 0102-7786. 2011.

MARENGO, J. A., ALVES, L. M., BESERRA, E., LACERDA, F.. Variabilidade e mudanças climáticas no semiárido brasileiro, in: Medeiros, S. de S., Gheyi, H.R., Galvão, C. de O., Paz, V.P da S. (Orgs.). Recursos Hídricos e Regiões Áridas e Semiáridas. INSA, Campina Grande, pp. 383- 416, 2011.

MARENGO, J. A.; LIEBMAN, B.; WAINER, L.; KOUSKY, V. E. On the characteristics of onset and demise of the rainy season in Amazonia. Journal of Climate, Jun, 2000.

MECHOSO, C.R.; LYONS, S.W. e SPAHR, J.A. The impact of sea surface temperature anomalies on the rainfall over Northeast Brazil. Journal of Climate. Vol. 3, p. 812 – 826, 1990.

MMA - Ministério do Meio Ambiente.

MOURA, A. D.; SHUKLA, J. On the dynamics of droughts in northeast Brazil: observations, theory and numerical experiments with a general circulation model.. J. Atmos. Sci., v.38, p.2653-2675, 1981.

NOBRE, P., e J. SHUKLA: Variations of sea surface temperature, wind stress, and rainfall over the tropical Atlantic and South America. J. Climate, in press, 1996.

NOBRE, P.; LACERDA, F.F.; AZEVEDO, F.G.B.; SIMÕES, R.S., Um estudo da variabilidade interanual de veranicos sobre o sertão de Pernambuco e suas relações com temperatura da superfície do mar. XIII Congresso Brasileiro de Meteorologia, Fortaleza-CE. 2004.

NOGUEIRA, V. F. B., Expansão da soja no cerrado maranhense: uma análise da influência antrópica no clima regional. 2015. 145 f. Tese (Doutorado) – Programa de Pós-Graduação em Metereologia, Universidade Federal de Campina Grande, Campina Grande, 2015.

NOOA - National Oceanic and Atmospheric Administration. Disponível em: . Acesso em: 10/05/2017.

PHILANDER, G. H., Gu, D. Secular Changes of Annual and Interannual Variability in the Tropics during de Past Century. J. Climate, v.8, p.864-876, 1995.

SOUZA, E. B.; AMBRIZZI, T.; COELHO, C. A. S. Two episodes with reversed impacts on the regional precipitation of the northeastern South America. Meteorologica, v.29, n. 1-2, p. 5-16, 2004.

TRENBERTH, KEVIN & National Cente for Atmospheric Research Staff (NCAR). “The Climate Data Guide: Nino SST Indices (Nino 1+2, 3, 3.4, 4; ONI and TNI)”. Disponível em: . Acesso em: 13 de agosto de 2017.

UVO, C. R. B.; REPELLI, C.; ZEBIAK, S. E.; KUSHNIR, Y. The relationships between Tropical Pacific and Atlantic SST and Northeast Brazil monthly precipitation. Journal of Climate, v.11, p. 551-562, 1998.

WALKER, G. T.. Ceará (Brazil) Famines and General Air Movement. Beitr. Phys. Atmos. Vol 14: 88-93, 1928.

XAVIER, T. de Ma. B. S.; XAVIER, A. F. S.; SILVA DIAS, P. L. da & SILVA DIAS, M. A. F. da. Interrelações entre Eventos ENOS (ENSO), a ZCIT (ITCZ) no Atlântico e a Chuva nas Bacias Hidrográficas do Ceará. RBRH – Revista Brasileira de Recursos Hídricos, vol.8, n.2, Abr/Jun: 111-126, 2003.




DOI: http://dx.doi.org/10.18378/rvads.v12i4.5626

Direitos autorais 2017 César Lincoln Oliveira de Souza et al.

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.