Revista Brasileira de Filosofia e História https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/RBFH <p style="margin: 0cm; margin-bottom: .0001pt; text-align: justify;"><span style="font-size: 16.0pt;">A Revista Brasileira de Filosofia e História (RBFH) com o ISSN: <strong>2447-5076, </strong>pertencente ao GVAA - Grupo Verde de Agroecologia e Abelha. se propõe a divulgação de trabalhos nacionais e internacionais. publicando artigos, À relatórios, relatos, notas, resenhas e outras informações sobre estudos desenvolvidos no campo da Filosofia e da História, que poderão estarem escritos em: português, Espanhol e ou inglês, com o objetivo de servirem de fontes de consulta para alunos, professores, pesquisadores e outros que tenham interesses sobre os temas publicados. </span></p> <p style="margin: 0cm; margin-bottom: .0001pt; text-align: justify;"><span style="font-size: 16.0pt;">Sendo esta anual (um volume por ano), tendo iniciado as publicações em 2012. </span></p> <p style="margin: 0cm; margin-bottom: .0001pt; text-align: justify;"><span style="font-size: 16.0pt;">O GVAA -&nbsp;Grupo Verde de Agroecologia e Abelhas, tem como finalidade principal promover a publicação de revistas, cartilhas e livros que possibilitem o acesso livre a informações que promovam o desenvolvimento do ser humano, através da leitura.</span></p> <p style="margin: 0cm; margin-bottom: .0001pt; text-align: justify;"><span style="font-size: 16.0pt;">O tí­tulo abreviado da revista é&nbsp;<strong>Rev. Bra. de Filo. e Hist.</strong>, forma que deve ser usada em bibliografias, notas de rodapé, referências e legendas bibliográfica</span></p> <p style="margin: 0cm; margin-bottom: .0001pt; text-align: justify;"><span style="font-size: 16.0pt;">E - mail: rbfh.gvaa@gmail.com</span></p> pt-BR <p>Esta é uma revista de acesso livre, onde, utiliza o termo de cessão seguindo a lei nº 9.610/1998, que altera, atualiza e consolida a legislação sobre direitos autorais no Brasil.</p> <p>Autores que publicam na Revista Brasileira de Filosofia e História (RBFH) concordam com os seguintes termos:</p> <p>O(s) autor(es) doravante designado(s) CEDENTE, por meio desta, cede e transfere, de forma gratuita, a propriedade dos direitos autorais relativos à OBRA à Revista Brasileira de Filosofia e História (RBFH), representada pelo Grupo Verde de Agroecologia e Abelhas (GVAA), estabelecida na Rua João Pereira de Mendonça , 90 Bairro Petropolis em Pombal - PB doravante designada CESSIONÁRIA, nas condições descritas a seguir: 1. O CEDENTE declara que é (são) autor(es) e titular(es) da propriedade dos direitos autorais da OBRA submetida. 2. O CEDENTE declara que a OBRA não infringe direitos autorais e/ou outros direitos de propriedade de terceiros, que a divulgação de imagens (caso as mesmas existam) foi autorizada e que assume integral responsabilidade moral e/ou patrimonial, pelo seu conteúdo, perante terceiros. O CEDENTE cede e transfere todos os direitos autorais relativos à OBRA à CESSIONÁRIA, especialmente os direitos de edição, de publicação, de tradução para outro idioma e de reprodução por qualquer processo ou técnica através da assinatura deste termo impresso que deverá ser submetido via correios ao endereço informado no início deste documento. A CESSIONÁRIA passa a ser proprietária exclusiva dos direitos referentes à OBRA, sendo vedada qualquer reprodução, total ou parcial, em qualquer outro meio de divulgação, impresso ou eletrônico, sem que haja prévia autorização escrita por parte da CESSIONÁRIA.</p> onireves10@gmail.com (Onireves Monteiro de Castro) suporte@antsoft.com.br (AntSoft Systems On Demand) Sex, 28 Jan 2022 00:00:00 -0300 OJS 3.1.2.4 http://blogs.law.harvard.edu/tech/rss 60 O princípio da dignidade humana e a exteriorização da população em situação de rua https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/RBFH/article/view/9272 <p>O presente trabalho tem como objetivo abordar as dificuldades na concretização da dignidade humana à população em situação de rua no Brasil, bem como apresentar o olhar da sociedade e o desinteresse do Estado frente a essa questão, no qual influencia negativamente no comportamento da sociedade, tendo em vista que a população em situação de rua é tratada, ora com compaixão, ora com coerção, preconceito, insensibilidade e agressão, a partir de um estudo exploratório e qualitativo. Inicialmente, apresenta-se breve exposição teórica sobre o tema, partindo dos conceitos iniciais sobre pobreza e população em situação de rua, e, posteriormente, é apresentado os aspectos metodológicos da pesquisa. Buscou-se também apresentar a questão dos moradores de rua frente ao Princípio da Dignidade Humana e o Mínimo Existencial, no qual garante direitos que propiciam a sadia qualidade de vida das pessoas, no entanto, verifica-se que essa população é invisível na sociedade, tanto por parte do governo, como também pela comunidade. Por último, foi apresentado uma discussão acerca do mínimo existencial e da moradia como uma questão de direito da população em situação de rua, bem como o olhar da sociedade e o desinteresse do estado frente a população em situação de rua.</p> Raquel Formiga de Medeiros, Hugo Sarmento Gadelha, Adryele Gomes Maia, Suzana Araújo dos Santos, Francisca Daiana Estrela Silva, Hiran Mendes Castro Copyright (c) 2022 Raquel Formiga de Medeiros, Hugo Sarmento Gadelha, Adryele Gomes Maia, Suzana Araújo dos Santos, Francisca Daiana Estrela Silva, Hiran Mendes Castro https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/RBFH/article/view/9272 Sex, 28 Jan 2022 17:42:53 -0300 Os desafios do ensino superior durante a pandemia da Covid-19 https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/RBFH/article/view/9293 <p>O presente estudo vislumbra analisar o Ensino Superior a Distância, tendo como parâmetro o cenário pandêmico. Nessa perspectiva, este artigo, através da pesquisa descritiva, método dedutivo, coleta de dados documental e bibliográfica, procedeu-se de modo a realizar uma análise crítica acerca do ensino remoto superior embutido no cenário pandêmico em âmbito nacional, bem como o transcorrer das inovações tecnologias e das redes de comunicação. Não obstante, elucidou também as principais vantagens ofertadas pela forma de ensino a distância. Por fim, diante da problemática exposta, buscou-se, embasado nos princípios de equidade, economicidade e razoabilidade, elucidar a necessidade do Estado, pautado na defesa dos direitos humanos e no respeito ao bem-estar dos universitários, buscar uma educação estada no hodierno processo de comunicação educacional e a conjuntura de ensino e de aprendizagem propiciada pela realidade forçosa da pandemia da COVID-19, visto os incômodos substanciais causados ao Estado Democrático de Direito pela não observância dessas garantias.</p> Ana Angélica Bezerra Cavalcanti, Juliana Gonçalves Bezerra, Hyago Pires Nogueira, Ingrid Quirino Ribeiro, Hugo Sarmento Gadelha, Elaine Cristina Diniz da Silva, Vitória Maria Alexandrino, Emily de Oliveira Silva Copyright (c) 2022 Angelica Bezerra Cavalcanti, Juliana Gonçalves Bezerra, Hyago Pires Nogueira, Ingrid Quirino Ribeiro, Hugo Sarmento Gadelha, Elaine Cristina Diniz da Silva, Vitória Maria Alexandrino, Emily de Oliveira Silva https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/RBFH/article/view/9293 Sex, 18 Fev 2022 00:00:00 -0300