[1]
T. F. Cirilo, M. V. S. Soares, C. P. de Figueiredo, e G. C. Targino, “A implantação da figura do juiz das garantias no processo penal pátrio à luz do princípio da imparcialidade do órgão julgador”, Rev. Bras. de Dir. e Gest. Publ., vol. 9, nº 4, p. 408-418, jan. 2022.