Revista Brasileira de Educação e Saúde https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/REBES <p><strong>A Revista Brasileira de Educação e Saúde (REBES) é um periódico do Grupo Verde de Agroecologia e Abelhas (GVAA)</strong></p> pt-BR <p>Termo de cess milenanunes@fiponline.edu.br (Milena Nunes Alves de Sousa) suporte@antsoft.com.br (AntSoft Systems On Demand) Dom, 20 Jun 2021 21:57:52 -0300 OJS 3.1.2.4 http://blogs.law.harvard.edu/tech/rss 60 Remissão da diabetes mellitus tipo II em pacientes submetidos à cirurgia bariátrica https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/REBES/article/view/8953 <p>O presente artigo apresenta evidências científicas de remissão do diabetes mellitus tipo II em pacientes submetidos à cirurgia bariátrica. Trata-se de uma revisão integrativa que permite a inclusão de estudos experimentais e não-experimentais para uma compreensão completa do fenômeno analisado, combinando também dados de literatura teórica e empírica. Os artigos foram pesquisados na biblioteca virtual <em>Scientific Electronic Library Online</em> (SCIELO) e nas bases de dados <em>Biblioteca Virtual em Saúde</em> (BVS) e <em>Biblioteca Nacional em Medicina</em> (PubMed), em que foram aplicados, em setembro de 2020, os seguintes Descritores em Ciências da Saúde (DeCS) e suas combinações nas línguas portuguesa e inglesa: “bariatric surgery” AND “type 2 diabetes mellitus”, adotaram-se filtros para inclusão e exclusão dos artigos. Em seguida, foi realizada a leitura dos estudos selecionados e a sistematização de acordo com o propósito do trabalho. Os achados revelaram uma diminuição gradativa dos parâmetros laboratoriais e alterações hormonais que estimulam a secreção de outros hormônios contrarreguladores da insulina, ao longo dos anos, no que se refere ao diabetes mellitus tipo 2, em pacientes submetidos à cirurgia bariátrica.Com base nos resultados encontrados, é perceptível os efeitos positivos da cirurgia bariátrica nos portadores de diabetes mellitus tipo 2, em longo prazo, no que corresponde a remissão da doença e a melhora da qualidade de vida.</p> Letícia Freitas, Everson Vagner de Lucena Santos Copyright (c) 2021 Letícia Freitas, Everson Vagner de Lucena Santos http://creativecommons.org/licenses/by/4.0 https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/REBES/article/view/8953 Dom, 20 Jun 2021 21:57:13 -0300 Reprodução humana assistida e a implicação do contrato da maternidade de substituição https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/REBES/article/view/9066 <p>Ao longo do presente trabalho, refletiu-se sobre os avanços da biomedicina e da biotecnologia, e sobre as consequências geradas da reprodução humana assistida nos direitos conquistados pelo ser humano. Primeiramente, foi feita uma análise acerca da bioética e do biodireito, através de pesquisa bibliográfica nos estudos mais recentes sobre o tema, pois com os avanços o homem passou a conquistar o domínio sobre si próprio, provocando a desvalorização do ser humano se tornando objeto de manipulação das empresas e deixando de ser um sujeito dotado de direitos para ser apenas um projeto. O tópico subsequente versa sobre a reprodução humana, em suas especificidades, de desde o surgimento da reprodução humana assistida para todos aqueles que desejam ter um filho e tiveram esse direito subtraído, seja pela incompatibilidade sexual ou pela infertilidade conjugal. Para finalizar, há uma análise voltada aos ajustes do direito brasileiro à RHA, sobre os projetos de leis criados, resoluções do Conselho Federal Medicina e a ética nos contratos de&nbsp; RHA. Portanto, percebe-se que, ainda que tenham ocorrido transformações no entendimento e reconhecimento nas técnicas de reprodução e ascensão de novos meios para constituição familiar, ocorre uma inércia do Poder Legislativo com relação à regulação frente ao surgimento de novas técnicas de reprodução humana assistida.</p> <p><strong>&nbsp;</strong></p> José Cândido da Silva Nóbrega, Paulo Antônio Maia e Silva Junior, Matheus Santiago Moura de Moura, Mariana Guedes Pedrosa, Vicente Saraiva dos Santos Neto Copyright (c) 2021 José Cândido da Silva Nóbrega, Paulo Antônio Maia e Silva Junior, Matheus Santiago Moura de Moura, Mariana Guedes Pedrosa, Vicente Saraiva dos Santos Neto http://creativecommons.org/licenses/by/4.0 https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/REBES/article/view/9066 Seg, 05 Jul 2021 18:23:52 -0300 Cuidados em enfermagem aplicado a moradores de rua: Uma revisão integrativa da literatura https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/REBES/article/view/8313 <p><strong>Resumo</strong>: A enfermagem se destaca no processo de busca ativa de um atendimento qualificado e, além disso, promove a produção de práticas de enfermagem adequadas à situação real de cada usuário. Por sua vez os sem-teto fazem parte de um grupo heterogêneo de pessoas que usam locais públicos ou unidades de recepção para passar a noite ou ganhar a vida e compartilham as características comuns de pobreza, desagregação familiar e falta de moradia. O objetivo do estudo foi identificar as atividades da vida diária dos moradores de rua com dependência de cuidados de enfermagem. Trata-se pela revisão da literatura do tipo integrativa. O intervalo de data de publicação definido para a seleção dos estudos foi definido em: pesquisas publicadas nos últimos dez anos, ou seja, aqueles publicados entre 2015 e 2019. Os resultados com maior observação em relação a atenção dos cuidados dos enfermeiros foram (1) alimentação, devido consumo irregular de nutrientes básicos que promove um estado de desnutrição permanente; (2) a doença mental; (3) as infecções; (4) higiene; (5) o reconhecimento da moradia enquanto fator determinante para a saúde de uma população; (6) políticas públicas de assistência social. Portanto, é necessário desenvolver, verificar e adotar novos métodos diretos ou indiretos e incorporá-los à prática de locais que atendem ao grupo. Portanto, é necessário conhecer sua realidade e entender suas necessidades e potencial.</p> Paulo Fernando da Silva, Kelen Jussara Tavares Caminha, Gabriele Alves dos Santos, Glaudimara Pereira Dantas, Francisco Dantas de Souza, Lauradella Geraldinne Sousa Nóbrega Copyright (c) 2021 Paulo Fernando da Silva http://creativecommons.org/licenses/by/4.0 https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/REBES/article/view/8313 Seg, 06 Set 2021 10:26:31 -0300 Divulgação científica: utilizando TED talk para a teoria da relatividade especial https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/REBES/article/view/8367 <p>Para popularização da ciência, há a necessidade de divulgação, de seus métodos, técnicas e resultados, sendo imprescindível a participação do cientista na divulgação da produção do conhecimento científico. Nesse contexto, trazemos neste trabalho uma pesquisa qualitativa e exploratória sobre a utilização de palestras no estilo TED Talk na divulgação da Teoria da Relatividade Especial junto a uma turma de concludentes de um curso de Inglês avançado na cidade de Sobral no estado Ceará. Mediante aplicação de um questionário, obteve-se resultados os quais apontam para a satisfação dos envolvidos, sendo que suas respostas afirmam como relevante ou muito relevante a atividade realizada, bem como, depois da abordagem proposta, a maioria dos envolvidos julgam ter passado a compreender os postulados e suas consequências na ciência e na tecnologia, e, para boa parte dos estudantes esse tipo de atividade foi potencializadora da propagação do conhecimento, e contribui, diretamente, para a divulgação da Ciência, colocando assim as palestras TED Talk como potencial propagadoras do conhecimento científico.</p> Jonas Guimarães Paulo Neto, Antônio Nunes de Oliveira, Diego Ximenes Macedo, Otávio Paulino Lavor Copyright (c) 2021 Jonas Guimarães Paulo Neto, Antônio Nunes de Oliveira, Otávio Paulino Lavor http://creativecommons.org/licenses/by/4.0 https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/REBES/article/view/8367 Seg, 06 Set 2021 10:37:41 -0300 How sleep disorders affect patients with Alzheimer's disease https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/REBES/article/view/8591 <p>Sleep disorders are common in patients with Alzheimer's disease. These disorders are highly related to the cognitive impairment and have as main risk factor the time of disease. Additionally, they can damage the patient’s quality of life, as well as their family’s and caregivers’. The aim of this study was to clarify which changes in sleep patterns occur in patients with Alzheimer's disease and how they occur. This narrative literature review was performed using five databases: MEDLINE, LILACS, Web of Science, Scopus, and Science Direct. Search terms were: Alzheimer’s disease, sleep-wake disorders, and dyssomnias.&nbsp; The research included articles published between 2000 and 2018, written in English, Portuguese and Spanish. Results showed that Alzheimer's disease is related mainly to REM sleep alterations, day-time sleepiness and napping, increased sleep fragmentation, and other less frequent disorders, such as decreased sleep efficiency and total sleep time, breathing disorders, and increased motor activity. Deposition of β-amyloid protein is the main pathophysiological substrate of sleep disorders, combined with increased orexin levels due to cholinergic deterioration in the central nervous system, and elevation of serum proinflammatory cytokines, associating circadian alterations with neuroinflammation. Therefore, sleep disorders are an important comorbidity in Alzheimer's disease, and can present in several ways, impairing the quality of life of these patients. The pathophysiological mechanisms of these comorbidities have not yet been fully elucidated, and further research that seeks to explain all these gaps is warranted.</p> Juliana Ciarlini Costa, Gleiry Yuri Rodrigues Cardoso, Matheus Eugênio de Sousa Lima, Gislei Frota Aragão, Tatiana Paschoalette Rodrigues Bachur Copyright (c) 2021 Juliana Ciarlini Costa, Gleiry Yuri Rodrigues Cardoso, Matheus Eugênio de Sousa Lima, Gislei Frota Aragão, TATIANA PASCHOALETTE RODRIGUES BACHUR http://creativecommons.org/licenses/by/4.0 https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/REBES/article/view/8591 Seg, 06 Set 2021 11:28:44 -0300 Monitoria acadêmica de bioquímica no curso de Ciências Biológicas da UFCG: um relato de experiência https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/REBES/article/view/8368 <p>A monitoria acadêmica possui função essencial no aperfeiçoamento dos conhecimentos, bem como na solução das adversidades que dificultam o aprendizado eficiente e apropriado de determinados conteúdos ou técnicas. Uma vez que, o monitor tem como função esclarecer as eventuais dúvidas da turma, além de servir como elo entre professor e aluno, facilitando a comunicação, compreensão, e a difusão de aprendizagem. Assim, o trabalho teve como objetivo a realização de um relato de experiência pela atividade de monitoria de bioquímica nos períodos 2019.1 e 2019.2 no curso de Ciências Biológicas (Licenciatura) da UFCG. Sendo que, a maioria dos alunos obteve êxito ao concluir a disciplina, evidenciando a monitoria como um fator relevante tanto para monitores, quanto para os alunos monitorados, exercendo uma ação positiva no processo de aprendizagem. Além disso, essa prática é imprescindível para aperfeiçoar e, eventualmente despertar a vocação docente dos estudantes. Dessa maneira, a presença do monitor na disciplina de bioquímica auxilia nas atividades desenvolvidas, bem como facilita o processo de assimilação dos conteúdos abordados.</p> Mylena Medeiros Simões, Maria Francyherla Miguel da Silva Leite, Fernanda Matias Cariri Marques, Jucihermes de Almeida Mariano, Maurício André Campos de Medeiros, Abrahão Alves Oliveira Filho Copyright (c) 2021 Mylena Medeiros Simões, Maria Francyherla Miguel da Silva Leite, Fernanda Matias Cariri Marques, Jucihermes de Almeida Mariano, Maurício André Campos de Medeiros, Abrahão Alves Oliveira Filho http://creativecommons.org/licenses/by/4.0 https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/REBES/article/view/8368 Seg, 06 Set 2021 12:28:10 -0300 Perfil epidemiológico de uma Unidade de Terapia Intensiva Neonatal no Rio Grande do Norte https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/REBES/article/view/8381 <p>A Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN) é um local de internação responsável pelo atendimento integral ao neonato, a qual atende recém-nascidos (RNs) que correm risco de vida ou apresentam algum problema, sejam eles prematuros ou não. A dificuldade de se ter um diagnóstico neonatal bem fundamentado, devido as poucas evidências presentes na literatura, demonstra necessidade de mais pesquisas. Diante do exposto, o presente estudo teve como objetivo determinar o perfil epidemiológico de uma unidade de terapia intensiva neonatal. Este estudo caracteriza-se como epidemiológico, retrospectivo, descritivo, transversal com abordagem quantitativa dos neonatos oriundos da unidade de terapia intensiva neonatal (UTIN) do Hospital Universitário Ana Bezerra (HUAB), situado no Rio Grande do Norte, durante julho de 2018 a junho de 2019. O perfil epidemiológico dos RN’s internos neste respectivo hospital mostrou a prevalência do gênero feminino (51,06%) sobre o masculino (48,2%). Quanto ao tipo de parto, encontrou-se maior prevalência de parto cesárea (58,87%). Em relação a idade gestacional, foi observada predominância de RNs pré-termo (57,44%). Com relação a avaliação ponderal, encontrou-se um percentual de 44,69% para baixo peso e o mesmo para peso adequado (44,69%). O tempo de internamento, demonstrou uma média de 15 dias e o diagnóstico clínico mais prevalente foi o Desconforto Respiratório (DRP) (18,03%). Portanto, se faz necessário mais estudos a respeito do tema e população alvo, objetivando a realização de diagnósticos precoces e acompanhamento adequado para o usuário.</p> Brenda Calixto dos Santos Guedes, Bianca Taveira Gonçalves Melo, Gessymara Cainã Sales da Silva, Abrahão Alves Oliveira Filho, Heloisa Mara Batista Fernandes de Oliveira Copyright (c) 2021 Brenda Calixto dos Santos Guedes, Bianca Taveira Gonçalves Melo, Gessymara Cainã Sales da Silva, Abrahão Alves Oliveira Filho, Heloisa Mara Batista Fernandes de Oliveira http://creativecommons.org/licenses/by/4.0 https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/REBES/article/view/8381 Seg, 06 Set 2021 13:01:32 -0300 Transtorno ansioso e depressivo no contexto da pandemia do Sars-Cov-2: relato de experiência em unidade básica de saúde à luz do Arco de Maguerez https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/REBES/article/view/8656 <p>A infecção pelo novo coronavírus (COVID-19) fora elevada ao status de pandemia em março de 2020. Os casos mais graves evoluem para um quadro de insuficiência respiratória aguda que requer cuidados intensivos e outras abordagens específicas. Porém, após o aumento de casos verificou-se um aumento de perturbações também na esfera psicológica e social podendo interferir na capacidade de enfrentamento da doença e trazendo sequelas duradouras. Este estudo tem como objetivo evidenciar o aumento de transtornos psiquiátricos como ansiedade e depressão na rotina da Saúde Básica no contexto da pandemia COVID 19, demonstrando a importância do atendimento no setor primário. O trabalho realizado é do tipo descritivo, qualitativo no formato de relato de experiência. Utilizou-se o Arco de Maguerez seguindo as etapas de observação da realidade, pontos-chave, teorização, hipótese de solução e aplicação na realidade a partir de contextualizações do cotidiano de uma médica atuante na saúde básica no município de Conceição-PB. Evidenciou-se, que assim como na literatura científica vigente e atual, houve com a chegada do novo Coronavírus, um aumento significativo no diagnóstico e tratamento farmacológico de perturbações da ordem psicológica como ansiedade e depressão. O enlutamento pela perda de familiares bem como pela mudança de comportamentos de forma abrupta foi sem dúvida fatores determinantes no aumento do índice dessas patologias, estas acometendo não só usuários do sistema de saúde, mas também, profissionais envolvidos na linha de frente do combate ao vírus. Verificou-se que através da observação subjetiva da realidade, propostas de modificação no acolhimento e condução dos pacientes podem ser traçadas de forma objetiva na tentativa de se minimizar não só a diminuição do contágio como a redução de sequelas obtidas pelo aparecimento e intensificação desses transtornos em questão.</p> Aline Quental Brasil, Vanessa Quental Brasil, Alice Quental Brasil, Milena Nunes Alves de Sousa Copyright (c) 2021 ALINE QUENTAL BRASIL http://creativecommons.org/licenses/by/4.0 https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/REBES/article/view/8656 Seg, 06 Set 2021 00:00:00 -0300 Avaliação in vitro da atividade fotoprotetora do extrato metanólico de Psidium araçá (Psidium guineense sw.) https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/REBES/article/view/8392 <p>A radiação proveniente do sol pode ser dividida em UVA, UVB e UVC de acordo com comprimento de onda. Quando ocorre a exposição frequente e sem proteção às ondas UVB, pode ocasionar o envelhecimento precoce da pele e inúmeras mutações, dentre elas o câncer. Destacando-se o câncer de pele, que pode ser dividido ainda em melanoma e não melanoma. A utilização de extratos vegetais de diversas regiões do Brasil, tem mostrado potencial para o desenvolvimento de fotoprotetores, Como por exemplo o araçá da família Myrtaceae, espécie <em>Psidium guineense Sw.</em> araçá-do-campo. O presente estudo tem por objetivo avaliar a atividade fotoprotetora do extrato metanólico do <em>Psidium guineense Sw. </em>Foram realizadas varreduras de 290 a 320nm (com intervalos de 5nm) em concentrações de 50, 100, 500 e 1000μg/mL do extrato. Os dados foram aplicados à equação de Mansur et al., (1986) para aferir o FPS <em>in vitro.</em> Os resultados dessa pesquisa demonstraram que o extrato metanólico de <em>Psidium guineense Sw.</em> <em> </em>apresenta significativa atividade fotoprotetora, mostrando-se superior ao fator mínimo de proteção solar estabelecido.</p> Sheyliane Rego Morais, Maria Tays Pereira Santana, Lucas Linhares Gomes, Thallita Alves dos Santos, Yanna Carolina Ferreira Teles, Abrahão Alves Oliveira Filho Copyright (c) 2021 Sheyliane Rego Morais, Maria Tays Pereira Santana, Lucas Linhares Gomes, Thallita Alves dos Santos, Yanna Carolina Ferreira Teles, Abrahão Alves Oliveira Filho http://creativecommons.org/licenses/by/4.0 https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/REBES/article/view/8392 Seg, 06 Set 2021 19:12:06 -0300 Interprofissionalidade na educação em saúde: um relato de experiência no combate à dengue https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/REBES/article/view/8339 <p>O trabalho interprofissional é essencial para fortalecer os sistemas de saúde, através do desenvolvimento de um trabalho colaborativo, melhorando suas práticas na atenção à saúde e a atuação em equipe. Estratégias educativas necessitam atitudes profissionais que visem o trabalho em equipe e práticas colaborativas para que a atividade proposta consiga atingir objetivos propostos. Com o intuito de estimular o trabalho interprofissional em todo o território nacional, o Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde (PET-Saúde interprofissionalidade) do Ministério da Saúde visa o fomento da prática colaborativa através de grupos interprofissionais. O presente trabalho tem como objetivo relatar a experiência do trabalho interprofissional do processo de execução de uma ação de educação em saúde para combate à dengue, realizada por profissionais de uma Unidade básica de saúde e integrantes do PET-SAÚDE interprofissionalidade. As atividades seguiram etapas de planejamento, estudo, organização, divulgação, execução e avaliação e estas ocorreram entre os meses de abril e junho de 2019. O trabalho interprofissional melhorou a execução das atividades educativas que geralmente são elementos de dificuldades na realidade da atenção básica, visto que profissionais consideram que há uma responsabilização desigual sobre essas atividades, e tal problema acarreta dificuldades práticas de execução. As atividades produzidas pelo PET-SAÚDE interprofissionalidade têm contribuindo positivamente na formação acadêmica, na mudança da concepção do processo de trabalho nas unidades de saúde e na sociedade, gerando novos olhares para as necessidades de saúde dos sujeitos.</p> Isadora Bianco Cardoso Copyright (c) 2021 ISADORA BIANCO CARDOSO http://creativecommons.org/licenses/by/4.0 https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/REBES/article/view/8339 Seg, 06 Set 2021 19:46:10 -0300 A influência das redes sociais on-line no surgimento de sintomas depressivos entre os jovens https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/REBES/article/view/8665 <p>As redes sociais <em>on-line</em> são, hodiernamente, grandes ferramentas de comunicação e entretenimento, responsáveis por otimizar diversas tarefas. Apesar de seus benefícios, esses ambientes virtuais são constantemente correlacionados com a piora da saúde mental. O objetivo desta pesquisa bibliográfica foi investigar a influência das redes sociais <em>on-line</em> com o aparecimento de comportamentos depressivos entre os jovens. Foi realizada uma busca por artigos científicos nas bases de dados Embase, PubMed, PyscInfo e Web of Science, por intermédio da combinação dos descritores “<em>on-line social networks</em>”, “<em>depression</em>” e “<em>adolescent</em>”. Após a análise dos artigos encontrados, e considerando critérios de inclusão e exclusão, foram selecionados 11 estudos para compor esta revisão. Grande parte dos estudos mencionaram o excesso de tempo voltado às redes sociais pelos jovens, relacionando sintomas de depressão, ansiedade e estresse. Outrossim, foi encontrado uma grande atividade de comparação social nessas mídias digitais, responsável por propiciar a diminuição de autoestima e o aumento de comportamentos narcisistas. Posto isso, conclui-se que o intenso apego às redes sociais <em>on-line</em> pode acometer o aparecimento de condutas depressivas no público jovem.</p> Antonio Andrei da Silva Sena, Tatiana Paschoalette Rodrigues Bachur Copyright (c) 2021 ANTÔNIO ANDREI DA SILVA SENA, TATIANA PASCHOALETTE RODRIGUES BACHUR http://creativecommons.org/licenses/by/4.0 https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/REBES/article/view/8665 Seg, 06 Set 2021 22:07:05 -0300 Avaliação qualitativa de cardápios de uma escola de educação infantil do interior do Ceará https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/REBES/article/view/8630 <p>A alimentação é um fator importante para o desenvolvimento saudável das crianças, podendo ser influenciada pelo consumo no ambiente escolar. Neste ambiente pode ser ensinado e praticado hábitos saudáveis que poderão ser levados até a idade adulta. O presente trabalho avaliou as preparações oferecidas no cardápio da educação infantil no município de Sobral, Ceará. Para tal, realizou-se um estudo com abordagem descritiva, em uma escola particular no ano de 2017. Analisou-se qualitativamente o cardápio de quatro meses pelo método&nbsp;Avaliação Qualitativa das Preparações do Cardápio Escolar (AQPC Escola). De acordo com os resultados,&nbsp;o cardápio apresentou um bom índice de alimentos recomendados, e apenas duas categorias dos alimentos controlados foram ofertados em desacordo. Diante disto, foi verificado&nbsp;que as preparações possuem consideráveis pontos positivos proporcionando benefícios para a saúde dos escolares, necessitando de pequenos ajustes em relação a qualidade nutricional e sensorial&nbsp;dos preparos, evidenciando importância da presença de um profissional de nutrição a elaboração dos cardápios dos escolares.</p> Elegisana Alves Camelo, Mikaelly Lopes Melo, Jorge Luis Pereira Cavalcante, Luciana Fujiwara Aguiar Ribeiro, Mauro Vinicius Dutra Girão Copyright (c) 2021 Elegisana Alves Camelo, Mikaelly Lopes Melo, Jorge Luis Pereira Cavalcante, Luciana Fujiwara Aguiar Ribeiro, Mauro Vinicius Dutra Girão http://creativecommons.org/licenses/by/4.0 https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/REBES/article/view/8630 Qua, 08 Set 2021 19:31:58 -0300 Caracterização das notificações dos casos de sífilis no interior de Pernambuco: recorte temporal 2010 a 2019 https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/REBES/article/view/8468 <p>O artigo objetivou caracterizar o perfil das notificações dos casos de sífilis no Centro de Testagem e Aconselhamento no período de 2010 a 2019 no interior de Pernambuco. Trata-se de um estudo quantitativo, descritivo, exploratório, retrospectivo, de 2010 a 2019. Utilizaram-se dados provenientes&nbsp; da ficha de atendimento ambulatorial do serviço. Foram identificados 870 casos de sífilis positivo através do Teste Não Treponêmico (VDRL); 69,2% dos usuários eram do sexo feminino e 30,8% masculino ; 59,3 são usuários casados; a faixa etária mais acometida é de 20 a 29 anos (36,3%), seguido de 30 a 39 anos (22,1%); a cidade com maior procedência é Arcoverde (93,4%); O nível de escolaridade mais recorrente foi 1º grau incompleto com 50,3% (n=438). Observou-se que 41% &nbsp;dos usuários contraíram algum tipo de IST nos últimos 12 meses; o principal motivo para &nbsp;não usar preservativo são por motivos diversos, seguindo por confiar no parceiro(a); 93,3% dos indivíduos relatam terem adquirido por meio de relação sexual. Nesse sentindo, destaca-se a necessidade de avançar na prevenção das ISTs por meio de educação sexual e diagnóstico, &nbsp;isso somado à importância de avaliar a adesão e a efetividade do tratamento de forma a reduzir a prevalência da sífilis, além de melhorar a qualidade de vida do indivíduo.</p> Giovanna Limeira Silva Lima, Silvana Cavalcanti dos Santos, Valdirene Pereira da Silva Carvalho, Eurivânio Welíson Pereira da Silva Copyright (c) 2021 Giovanna LIMEIRA Silva Lima, Silvana Cavalcanti dos Santos, Valdirene Pereira da Silva Carvalho, Eurivânio Welíson Pereira da Silva http://creativecommons.org/licenses/by/4.0 https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/REBES/article/view/8468 Qua, 08 Set 2021 20:17:08 -0300 O atendimento médico de pessoas surdas e seus desafios https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/REBES/article/view/9017 <p>Pessoas com deficiência auditiva enfrentam inúmeros obstáculos ao buscar os serviços de saúde, especialmente relacionados às barreiras de comunicação com os médicos assistentes. O objetivo desta revisão de literatura foi identificar quais os principais desafios encontrados mundialmente durante o atendimento médico de pessoas surdas. Foi realizada uma pesquisa bibliográfica nas bases de dados LILACS, MEDLINE, Web of Science, Scopus e ScienceDirect. Após aplicar os critérios de inclusão e exclusão, foram selecionados 21 estudos. Médicos e pacientes surdos relatam dificuldade para compreender um ao outro e concordam que a assistência prestada seria melhor caso o médico soubesse língua de sinais, porém somente uma parcela mínima dos profissionais tem conhecimento básico do assunto. Outras estratégias de comunicação, como notas escritas, leitura labial e acompanhante como intermediador, foram consideras ineficientes. Já o uso de intérpretes qualificados, embora considerado o método de preferência para muitos deficientes auditivos, foi pouco acessível à maioria. Diante disso, pessoas surdas sentem dificuldade para confiar em seus médicos e temem ser submetidas a tratamentos inadequados por erros de comunicação. Nesse contexto, concluiu-se que as experiências vivenciadas por surdos podem gerar riscos à saúde dessa população, exigindo o desenvolvimento de medidas que busquem melhorar a assistência prestada e de mais trabalhos sobre o tema.</p> Gleiry Yuri Rodrigues Cardoso, Tatiana Paschoalette Rodrigues Bachur Copyright (c) 2021 Gleiry Yuri Rodrigues Cardoso, Tatiana Paschoalette Rodrigues Bachur http://creativecommons.org/licenses/by/4.0 https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/REBES/article/view/9017 Qua, 08 Set 2021 20:54:09 -0300 Análise da incidência de casos de meningite no Estado do Pará em 2015/2019. https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/REBES/article/view/8415 <span>A meningite é um processo inflamatório das meninges causada por diversos agentes etiológicos, sendo considerada uma doença com sazonalidade no Brasil e com taxa de letalidade elevada na região norte. Sendo assim, é fundamental investigar qualquer paciente que apresente sintomas sugestivos, como as principais manifestações: febre e alterações neurológicas. O <span>objetivo do estudo é identificar e analisar a incidência dos casos de meningite no Estado do Pará. Trata-se de um</span> estudo transversal e retrospectivo com <span>dados obtidos por meio de consulta ao Banco de Dados Eletrônico do SUS, o qual foi avaliado a etiologia, evolução, sexo, raça e local de notificação da doença. Foi observado uma diminuição nos casos de meningite em 2019 se comparado a 2015, apresentando agentes etiológicos bacterianos como a principal causa de meningite nos dois períodos e a maior prevalência dos casos na faixa etária de 20-39 anos. Além disso, o sexo masculino e pessoas de raça parda continuaram liderando o número de casos nos períodos analisados, tendo como predominância a região metropolitana de Belém e zonas urbanas. Em números absolutos, houve uma redução das mortes, porém é notável um possível aumento de subnotificações devido a inadequação do preenchimento de fichas de notificação. Por fim, faz-se necessária a melhor capacitação de profissionais da saúde para a caracterização e acompanhamento dos casos, a fim de diminuir incidência e mortalidade dos pacientes por meio de políticas públicas eficazes no combate a meningite.</span></span> Matheus Alencar de Lima Jorge, Renan Corrêa da Costa Duarte, Francisco Xavier Palheta Neto Copyright (c) 2021 Matheus Alencar de Lima Jorge, Renan Corrêa da Costa Duarte, Francisco Xavier Palheta Neto http://creativecommons.org/licenses/by/4.0 https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/REBES/article/view/8415 Qui, 09 Set 2021 10:56:58 -0300 Caracterização da demanda de uma Unidade de Pronto Atendimento do Município de Recife https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/REBES/article/view/8442 <p><strong>RESUMO</strong></p> <p>Objetivo: Caracterizar a demanda de usuários e o tipo de atendimento realizado em uma Unidade de Pronto Atendimento do município do Recife, Pernambuco, Brasil. Método: Trata-se uma pesquisa descritiva e analítica com abordagem quantitativa de janeiro a junho de 2019. Foram coletados dados secundários, obtidos por meio de relatórios gerais e gerenciais do sistema de informação, utilizado pela Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco. Resultados: Constatou-se a alta demanda de usuários, principalmente que buscaram o serviço por motivos pouco ou não urgentes, que poderiam ser atendidos na atenção primária. Conclusão: Uma parcela significativa dos atendimentos não foi caracterizada como urgência e emergência. Faz necessário mudanças nas políticas de saúde relacionadas à Rede de Atenção as Urgências e a Rede de Atenção Primária em Saúde, a fim de reorganizar, identificar e estabelecer estratégias de Atenção, que forneçam uma assistência de saúde qualificada e resolutiva evitando a superlotação dos Serviços de Urgência e Emergência.</p> <p><strong>Palavras-chave: </strong>Demanda de serviço de saúde; Urgência e Emergência; Gestão. <strong>&nbsp;</strong></p> Bruna Bittencourt de Amorim, Marcel Rolland Ciro da Penha Copyright (c) 2021 BRUNA BITTENCOURT DE AMORIM, Marcel Rolland Ciro da Penha http://creativecommons.org/licenses/by/4.0 https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/REBES/article/view/8442 Qui, 09 Set 2021 11:12:21 -0300 A inclusão das tecnologias digitais de informação e comunicação na prática docente https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/REBES/article/view/9163 <p>As Tecnologias Digitais da Informação - TDIC são consideradas uma ferramenta ímpar em todo o processo de aprendizado, tendo seus efeitos comprovados desde a Educação Básico e, até mesmo, no Ensino Superior incluindo cursos de Pós-graduação. Dessa forma, faz-se necessário debruçar-se sobre o contexto pedagógico já existente na universidade, além de apontar soluções estratégicas para a implementação de novos sistemas tecnológicos. Nesse sentido, justifica-se a relevância do presente trabalho, que tem como objetivo geral realizar uma análise sobre a aplicação das TDIC dentro do Curso de Licenciatura em Pedagogia da UniFIC, campus Iguatu. &nbsp;Como objetivos específicos, busca-se descrever o contexto pedagógico do Curso de Licenciatura em Pedagogia quanto ao uso das tecnologias digitais de informação e comunicação na organização, sistematização e desenvolvimento das aulas e fomentar o diálogo entre as tecnologias digitais e a prática pedagógica docente. A metodologia usada para abordar o assunto foi um estudo qualiquantitativo, de caráter descritivo e exploratório, tendo como referência Gil (2010) e sua definição de pesquisa documental. Conclui-se, portanto, que a inclusão das tecnologias digitais de informação e comunicação veio para auxiliar os docentes em suas práticas pedagógicas, mas as mesmas só se apresentam favoráveis se os docentes estiverem dispostos a serem cada vez mais dinâmicos, pois não adianta estarmos conectados se não houver relação, engajamento entre docentes e discentes.</p> <p><strong>&nbsp;</strong></p> Francisco Ivo Gomes Lavor, Amanda Victor Ferreira , Jackeline Sousa Silva, Helmo Robério Ferreira de Meneses, Sandra Maijane Soares de Belchior, Elania Cavalcante Cunha de Medeiros, Agilio Tomaz Marques Copyright (c) 2021 Francisco Ivo Gomes Lavor, Amanda Victor Ferreira , Jackeline Sousa Silva, Helmo Robério Ferreira de Meneses, Sandra Maijane Soares de Belchior, Elania Cavalcante Cunha de Medeiros Medeiros http://creativecommons.org/licenses/by/4.0 https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/REBES/article/view/9163 Sex, 10 Set 2021 00:00:00 -0300 Papel do enfermeiro na promoção e prevenção a saúde da pessoa idosa https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/REBES/article/view/9123 <p>O objetivo desse trabalho foi analisar o papel do enfermeiro na promoção e prevenção a saúde da pessoa idosa. Foi realizada uma revisão integrativa através de bases de dados cientificas: Scientific Eletronic Library Online (SCIELO), Biblioteca Nacional em Saúde (BVS) e o Natural Library of Medicine (PUBMED). Os critérios de inclusão foram: artigos disponíveis e completos, artigos nacionais e internacionais com publicação em idiomas português, inglês e espanhol, e pulicados no período de 2017 a 2021. Os critérios de exclusão filtraram artigos publicados antes de 2017, incompatíveis com o tema do estudo e publicações de artigos repetidos nas bases de dados. Dezesseis trabalhos compuseram essa revisão integrativa. Os resultados destacam a importância da capacitação profissional, bem como a sensibilização com o que é próprio dessa fase da vida. A enfermagem desempenha um importante papel na promoção e prevenção de saúde para as pessoas idosas, sendo fator fundamental para influenciar a qualidade de vida dessa população.</p> Myrlla Myrian Mangueira Maciel, Geane Silva Oliveira, Beatriz Vitória de Souza Oliveira, Renata Lívia Silva Fonseca Moreira de Medeiros Medeiros, Thales Victor Fernandes Ferreira Ferreira, Ana Clara Roberto Ramalho de Andrade, Onireves Monteiro de Castro, Francivaldo Gomes Moura Copyright (c) 2021 Aline Carla de Medeiros, Myrlla Myrian Mangueira Maciel, Beatriz Vitória de Souza Oliveira http://creativecommons.org/licenses/by/4.0 https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/REBES/article/view/9123 Sex, 10 Set 2021 22:44:31 -0300