Avaliação da qualidade microbiológica de carnes de frango comercializadas em uma feira livre na cidade de Sousa-PB

  • Damião Junior Gomes Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Processos da UFCG/CCT/Campina Grande - PB E-mail: alinecarla.edu@gmail.com
  • Edilene Vieira dos Santos
  • Francisca Abrantes da Silva
  • George Wagner Nóbrega da Silva
  • José Allan Medeiros de Andrade
  • Gervásio Bernardo Abrantes
  • Marcus Vinícius do Carmo Loiola
  • Orestes Quércias de Medeiros
  • Adolfo Gomes Abrantes Ferreira

Resumo

A crescente demanda pelo consumo de carnes de frango tem preocupado os órgãos de controle sanitário sobre tudo o controle das zoonoses. A não obediência as boas práticas de manipulação de alimentos tem levado a inúmeros problemas de intoxicação alimentar aos mais diversos níveis de complicação saúde pública. Neste sentido, esta pesquisa foi realizada em uma feira livre do município de Sousa-PB entre abril e agosto de 2015. Seus objetivos foram determinar o número mais provável (NMP) de coliformes totais e fecais; Pesquisar a presença de Salmonella spp por amostras; Realizar a contagem de Staphylococcus spp; comparar os resultados das análises microbiológicas, com a legislação de padrões microbiológicos de alimentos, RDC nº 12 de 02/01/2001 da Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA. Adotaram-se como técnicas para análises aquelas descritas pela Standard Methods for the Examination of Water and Wastewater (2005). Apesar das amostras atenderem aos valores máximos estabelecidos legalmente, elas apresentaram presença de microrganismos indicadores de más condições de higiene.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2016-11-29
Como Citar
Gomes, D. J., Santos, E. V. dos, Silva, F. A. da, Silva, G. W. N. da, Andrade, J. A. M. de, Abrantes, G. B., Loiola, M. V. do C., Medeiros, O. Q. de, & Ferreira, A. G. A. (2016). Avaliação da qualidade microbiológica de carnes de frango comercializadas em uma feira livre na cidade de Sousa-PB. Informativo Técnico Do Semiárido, 10(1), 106-110. Recuperado de https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/INTESA/article/view/4603
Seção
Artigos