REVISÃO BIBLIOGRÁFICA SOBRE INCINERAÇÃO E COMPOSTAGEM DE RESÍDUOS SÓLIDOS

  • Eliezio Nascimento Barboza Instituto Federal do Ceará
  • Carlos Chagas Brasil Alves Universidade Veiga de Almeida
  • Edilania Soares da Silva Universidade Federal de Campina Grande
  • Leonardo de Sousa Alves Universidade Federal de Campina Grande
  • Cícera Gomes Bezerra Universidade Federal de Campina Grande
  • Paulo Gomes Bezerra Universidade Federal de Campina Grande
  • Hellen Rhianny Soares de Oliveira Universidade Federal de Campina Grande
  • Romário Estrela Pereira Universidade Federal de Campina Grande
  • Ana Maria Ribeiro de Aragão Universidade Federal de Campina Grande

Resumo

A produção e a destinação final inadequada de resíduos sólidos são um problema que transcende nações, atingindo as mais diversas sociedades, outrossim, demandando de políticas de gerenciamento, estando atrelada a falta de tratamento adequado desses resíduos, podem levar a contaminação dos ecossistemas, causando graves danos à saúde pública e a biodiversidade como um todo. No entanto, atualmente, existem diversas tecnologias de tratamento desses resíduos, no qual são caracterizados como processos físicos, químicos e biológicos que objetiva diminuir a carga poluidora no meio ambiente, reduzir os impactos sanitários e o beneficiamento econômico do resíduo. Neste contexto, o presente artigo objetiva realizar uma breve revisão sobre uma das tecnologias utilizadas no Brasil, a incineração e compostagem, explorando suas vantagens e desvantagens. A partir da literatura, verificou-se que uma das principais vantagens da incineração, é a redução do volume e massa de resíduos sólidos a serem descartados, aproximadamente de até 90%. Além disso, há uma redução dos custos de logística e gerenciamento dos resíduos, bem como previne o crescimento de bactérias patogênicas, reduz odores e a proliferação de vetores de doenças. No que se refere a compostagem, verificou-se que essa tecnologia possui grande potencial no tratamento de resíduos, possibilitando ganhos ambientais, sociais e econômicos, diminuindo a quantidade de resíduos em lixões ou em aterros sanitários, bem como gera vários ganhos financeiros quando aplicados na agricultura, através da diminuição de fertilizantes químicos.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2022-07-21
Como Citar
Barboza, E. N., Alves, C. C. B., Silva, E. S. da, Alves, L. de S., Bezerra, C. G., Bezerra, P. G., Oliveira, H. R. S. de, Pereira, R. E., & Aragão, A. M. R. de. (2022). REVISÃO BIBLIOGRÁFICA SOBRE INCINERAÇÃO E COMPOSTAGEM DE RESÍDUOS SÓLIDOS . Informativo Técnico Do Semiárido, 16(1), 383-392. Recuperado de https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/INTESA/article/view/9437
Seção
Artigo Técnico