ANÁLISE EPIDEMIOLÓGICA DE LEISHMANIOSE VISCERAL EM CIDADES DO SERTÃO PARAIBANO NO PERÍODO DE 2010 A 2014

  • Antonio Ricardo Lisboa
  • Fagner Carvahlo Leite
  • Josefa Beatriz Gomes de Sousa

Resumo

As Leishmanioses constituem um problema de saúde devido a sua morbidade e ampla distribuição geográfica. Afeta principalmente as pessoas mais pobres e com maior dificuldade de acesso aos serviços de saúde. A Leishmaniose Visceral (LV) é caracterizada como uma doença infecciosa de caráter zoonótico que pode acometer o homem, quando este entra em contato com o ciclo de transmissão do parasita. Neste sentido o presente trabalho objetivou analisar a incidência da LV em municípios da Nona Gerência Regional de Saúde da Paraíba, com sede na cidade de Cajazeiras, através de um estudo transversal retrospectivo, compreendido no período de 2010 a 2014, obtidos no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN) relativos aos municípios que compõem a nona regional de saúde da Paraíba, com sede na cidade de Cajazeiras. Os dados foram obtidos de 8 cidades e foram analisados quanto ao número de casos, coinfecção com HIV, confirmação clínica, epidemiológica e laboratorial, escolaridade, óbito, cor/raça, faixa etária e sexo. Em todos os municípios analisados foram registrados 34 casos de LV, dos quais a maior incidência foi observada nos anos de 2011 (11) e 2014 (12). A cidade Cajazeiras foi a cidade mais afetada (16 casos), seguida pela cidade de Triunfo (6 casos). Apenas 1 caso foi diagnosticado como positivo na cidade de Bom Jesus (2011). A alta incidência de LV foi observada em algumas cidades da 9ª regional de saúde, este fato, está diretamente associada a deficiência nas medidas de controle dos vetores e a falta da efetivação de medidas que visem a conscientização da população. Com este trabalho podemos perceber que é necessário adotar medidas para controle desta zoonose, estas precisam ser colocadas em pratica urgentemente para que se tenham um controle da disseminação em municípios interioranos.

 

Palavras-chave: Leishmaniose Visceral (LV), Paraíba, Nona Regional de Saúde.

Publicado
2016-11-05
Seção
Artigos