Influência do efeito de escala sobre a produção de sedimentos em bacias hidrográficas não instrumentadas no semiárido

  • Mariana da Silva de Siqueira
  • Carlos Emanuel Moura da Silva
  • Hugo Morais de Alcântara
  • George do Nascimento Ribeiro
  • Paulo da Costa Medeiros
  • João Paulo Sobral Dias Afonso
  • Aline Carla de Medeiros CCT UFCG Pombal PB
  • Patricio Borges Maracajá

Resumo

O estudo dos efeitos das alterações de uso e ocupação do solo nos processos hidrológicos tem sido realizado por meio de manipulações experimentais em termos de sua cobertura em bacias hidrográficas. O presente trabalho teve como objetivo analisar o efeito de escala sobre a erosão e a produção de sedimentos por meio de modelagem ambiental para bacias não instrumentadas no semiárido com o intuito de subsidiar estratégias de conservação do solo. As características de uso e ocupação dos solos, tipos de solos, topografia e morfologia foram obtidas por meio da classificação supervisionada de imagens do satélite LANDSAT 5. O modelo SWAT (Soil and Water Assessment Tool) foi utilizado para a simulação dos cenários alternativos de uso e ocupação do solo, possibilitando a análise da influência de práticas conservacionistas em pequenas bacias hidrográficas e o efeito de escala na produção de sedimentos nas bacias analisadas, apresentando-se como uma importante ferramenta para o planejamento ambiental, visto que, por meio da espacialização dos resultados da produção de sedimentos podem ser identificadas as áreas críticas por sub-bacia, o que pode auxiliar o processo de tomada de decisão por parte dos diversos atores sociais que ocupam a área da bacia hidrográfica.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2016-01-01
Seção
Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo (s) autor (es)

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >>