TENDÊNCIAS TECNOLÓGICAS DA FILTRAÇÃO / CLARIFICAÇÃO DE VINHOS ATRAVÉS DA PROSPECÇÃO EM DOCUMENTOS DE PATENTES

  • Cristiano Quintino Furtado Instituto Federal de Educação do Estado de Alagoas http://orcid.org/0000-0001-5234-863X
  • Luanna Pereira de Morais Universidade Regional do Cariri (URCA)
  • Kepler Borges França Universidade Federal de Campina Grande

Resumo

O vinho bruto apresenta aspecto turvo, repleto de partículas em suspensão. Microrganismos, resíduo diversos das uvas e cristais de sais, são responsáveis por essas turvações/suspensões. Para ser comercializado, o vinho deve apresentar melhor limpidez possível, e as operações de clarificação ou filtração aparecem como soluções para a retirada completa ou significativa redução da turvação, melhorando o produto para um mercado cada vez mais competitivo. O estudo objetivou realizar uma prospecção tecnológica para avaliar o panorama mundial das principais tecnologias que envolvem filtração/clarificação de vinhos, assim como os países detentores e principais áreas de aplicação. A maioria das patentes relaciona-se a processos, sendo a área química detentora do maior número de patentes. A China destaca-se pela quantidade de títulos depositados. Observou-se um crescimento do número de depósitos de títulos após os anos 2000, seja pela valorização da cultura de propriedade intelectual ou fomento à pesquisa e desenvolvimento científico na enologia.

Palavras-chave: Vinho, Patentes, Filtração e clarificação.


Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cristiano Quintino Furtado, Instituto Federal de Educação do Estado de Alagoas
Tecnologo em Alimentos pelo Instituto Centro de Ensino Tecnológico do Ceará (CENTEC) e Mestre em Engenharia Química pela Universidade Federal de Campina Grande (UFCG). Pertencente ao quadro permanente de professores área de Alimentos/Agroindústria do Instituto Federal de Educação do Estado de Alagoas (IFAL) Campus Piranhas.
Luanna Pereira de Morais, Universidade Regional do Cariri (URCA)

Bacharel em Ciências Econômicas pela Universidade Regional do Cariri (URCA).

 

 

Kepler Borges França, Universidade Federal de Campina Grande
Possui graduação em Engenharia Química pela Universidade Federal da Paraíba (1978) e doutorado na University of Kent at Canterbury na área de transferência de massa (1983). Atualmente é Professor Associado IV do Departamento de Engenharia Química da Universidade Federal de Campina Grande. Possui experiência na área de Engenharia Química, com ênfase em processos de membranas, atuando principalmente nos seguintes temas: osmose inversa, microfiltração, nanofiltração, eletrodiálise, dessalinização de águas salobras e do mar. Coordenou tecnicamente Programas do Governo Federal (Água Doce e Água Boa) para atender comunidades difusas no Nordeste. Atualmente, vem implantando sistemas com membranas para tratamento de águas em comunidades isoladas e trabalhando no desenvolvimento de membranas cerâmicas. Coordena o Laboratório de Referência em Dessalinização (LABDES / UFCG).

Referências

AMPARO, K. K. S.et al. Estudo de caso utilizando mapeamento de prospecção tecnológica como principal ferramenta de busca científica. Revistas Prospectivas em Ciência da Informação, v. 17, n. 4, p. 195-209, out./dez. 2012.

BINDON, K. et al. Relationships between harvest time and wine composition in Vitis vinifera L. cv. Cabernet Sauvignon 2. Wine sensory properties and consumer preference. Food Chemistry, South Australia, v. 154, p. 90-101, Janeiro 2014.

BRASIL, M. A. P. A. Portaria nº 229, de 25 de outubro de 1988, Brasília, 1988.

DICKEL, D. G. et al. A gestão tecnológica como um diferencial competitivo de mercado cervejeiro: prospecção tecnológica aplicada a cervejas com baixo teor calórico - LIGTH. GEINTEC: Gestão, Inovação e Tecnologias , São Cristóvão, v. 5, n. 2, p. 2082-2093, 2015.

NETA, L. S. D. F. Características de bebidas fermentadas utilizando o processo de microfiltração. Dissertação (Mestrado em Engenharia Química) - Unversidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, maio 2005.

PEYNAUD, E. Enologia Practica - Conocimento y Elaboracion Del Vino. Madrid - Espanha: Ediciones Mundi, 1977.

PINTO, D. M. G. et al. Clarificação de vinho branco por ultrafiltração utilizando membranas cerâmicas. Brasilian Journal of Food Technology, v. 11, n. n. 4, p. 305-312, out./dez. 2008

RAYESS, Y. E. et al. Cross-flow microfiltration applied to oenology: A review. Journal of Membrane Science, Toulouse, Franca, v. 382, p. 1-19, 2011.

RAYESS, Y. E. et al. Cross-flow microfiltration of wine: Effect of colloids on critical flouling condition. Journal of Membrane Science, Franca, v. 285-289, p. 177-186, 2000.

REVISTA MACAU. O plano das prioridades sociais. Revista Macau, 2006. Disponivel em: <http://www.revistamacau.com/2006/06/30/o-plano-das-prioridades-sociais/>. Acesso em: janeiro 2015.

STANKOVC, S.; JOVIC, S.; ZIVKOVIV, J. Bentonite and Gelatine Impact on the Young Red Wine Coloured Matter. Food Technology and Biotechnology, Croácia, v. 42, n. 3, p. 183-188, 2004.

TOGORES, J. H. Tratado de Enologia. 2ª. ed. Madrid: Mundi-Prensa, v. I, 2011.

TOGORES, J. H. Tratado de Enologia. 2ª. ed. Madrid: Mundi-Prensa, v. II, 2011.

VERNHET, A.; MOUTOUNET, M. Fouling of organic microfiltration membranes by wine constituents: importance, relative impact of wine polysaccharides and polyphjenols and incidence of membrane properties. Journal of Membrane Science, França, v. 201, p. 103-122, 2002.

ZEN, A. C. O processo de internacionalização e o impacto nos recursos da firma: um caso da Vinícola Casa Valduga. Internext – Revista Eletrônica de Negócios Internacionais da ESPM, São Paulo, 7, n. 1, Jan./Jun. 2012. 123-148.

Publicado
2017-11-23
Como Citar
Furtado, C. Q., Morais, L. P. de, & França, K. B. (2017). TENDÊNCIAS TECNOLÓGICAS DA FILTRAÇÃO / CLARIFICAÇÃO DE VINHOS ATRAVÉS DA PROSPECÇÃO EM DOCUMENTOS DE PATENTES. Revista Brasileira De Agrotecnologia, 7(2), 341-346. Recuperado de https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/REBAGRO/article/view/5219
Seção
Artigos