Problemática dos Resíduos Líquidos das Agroindústrias Processadoras de Raízes de Mandioca no Estado da Paraíba

Authors

  • Narcísio Cabral de Araújo Universidade Esatadual da Paríba
  • Pablo Luiz Fernandes Guimarães UFCG
  • Kalina Lígia de Sousa Duarte UFCG
  • Igor Souza Ogata UFCG
  • Luiz Guilherme Abreu de Paula UFCG

Abstract

Os efluentes gerados pelas casas de farinha são altamente poluentes, pois podem causar vários danos ambientais. A presente pesquisa teve como objetivos avaliar a quantidade, destino e danos ambientais causados pelos efluentes líquidos gerados no processo agroindustrial de fabricação de farinha de mandioca no município de Puxinanã, Estado da Paraíba. Foram visitadas 22 das 28 casas de farinha instaladas no município, para fazer o levantamento de dados referente a quantidade de mandioca processada anualmente, o destino dado a manipueira e sua ação tóxica em animais que haviam ingerido. De posse dos dados, partiu-se para a análise das informações e dos danos causados ao meio ambiente pelos resíduos. Conclui-se que o beneficiamento de raízes da mandioca para a produção de farinha realizado no município, está lançando, descontroladamente no meio ambiente, grandes volume de efluente podendo causar impactos no solo e nos corpos d’águas da região e ocasionar danos à saúde da população, a fauna e a flora.

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biographies

Narcísio Cabral de Araújo, Universidade Esatadual da Paríba

Eng. Sanitarista e Ambiental, graduado pela Universidade Estadual da Paraíba e Mestrando em Eng. Civil e Ambiental, pela Universidade Federal de Campina Grande.

Pablo Luiz Fernandes Guimarães, UFCG

Eng. Sanitarista e Ambiental, graduado pela Universidade Estadual da Paraíba e Mestrando em Eng. Civil e Ambiental, pela Universidade Federal de Campina Grande.

Kalina Lígia de Sousa Duarte, UFCG

Engª. Sanitarista e Ambiental, graduada pela Universidade Estadual da Paraíba e Mestranda em Engª. Civil e Ambiental, pela Universidade Federal de Campina Grande.

Igor Souza Ogata, UFCG

Eng. Sanitarista e Ambiental, graduado pela Universidade Estadual da Paraíba e Mestrando em Eng. Civil e Ambiental, pela Universidade Federal de Campina Grande.

Luiz Guilherme Abreu de Paula, UFCG

Tecnólogo em Gestão Ambiental, Instituto Federal de Alagoas e Mestrando em Eng. Civil e Ambiental, pela Universidade Federal de Campina Grande.

Published

21-08-2012

How to Cite

ARAÚJO, N. C. de; GUIMARÃES, P. L. F.; DUARTE, K. L. de S.; OGATA, I. S.; PAULA, L. G. A. de. Problemática dos Resíduos Líquidos das Agroindústrias Processadoras de Raízes de Mandioca no Estado da Paraíba. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, [S. l.], v. 7, n. 2, p. 258–262, 2012. Disponível em: https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/RVADS/article/view/1281. Acesso em: 18 jun. 2024.

Issue

Section

ARTICLES