Adição de gesso agrícola e cinza de madeira ao substrato no desenvolvimento de mudas de maracujazeiro (Passiflora edulis Sims f. flavicarpa Deg.)

  • Cícero José da Silva Instituto Federal Goiano - Campus Morrinhos - GO
  • Cesar Antônio da Silva Instituto Federal Goiano
  • Janete Golinski Instituto Federal Goiano
  • Carlos Alessandro de Freitas Instituto Federal Goiano
  • Yuri de Oliveira Castro Instituto Federal Goiano

Abstract

O objetivo do trabalho foi avaliar o desenvolvimento de mudas de maracujazeiro amarelo (Passiflora edulis Sims f. flavicarpa Deg) em função de proporções de gesso (0%; 1,6%; 3,2%; 4,8% e 6,4%) com base em volume e adubação com cinza de madeira (ausência e presença) misturadas ao substrato Bioplant®. Constituiu-se assim um esquema fatorial 5x2, em delineamento inteiramente ao acaso, com três repetições e quatro plantas por parcela. O experimento foi conduzido de janeiro a março de 2009, em viveiro com cobertura e laterais de sombrite preto (50% da luminosidade natural), situado na Fazenda Japão, município de Orizona, Goiás. Como recipiente foram utilizados sacos de polietileno de 15 x 25 cm, onde colocou-se duas sementes por recipiente, a 1,0 cm de profundidade. As irrigações foram realizadas diariamente, no período da tarde. O desbaste das plântulas foi efetuado quando as mesmas apresentavam um par de folhas, deixando no recipiente a planta mais vigorosa. Aos 40 dias após a semeadura, avaliou-se a altura de muda diâmetro de caule, número de folhas e comprimento da raiz principal. O gesso agrícola proporcionou melhor desenvolvimento inicial das mudas de maracujazeiro. A adição de cinzas de madeira no substrato comercial, juntamente com o gesso, não favoreceu o desenvolvimento das mudas.

Downloads

Download data is not yet available.
Published
2013-05-31
Section
ARTICLES