O aproveitamento de madeiras das podas da arborização viária de Maringá/PR

  • Carlos Humberto Martins Universidade Estadual de Maringa

Abstract

A pesquisa tem o objetivo de elencar formas de aproveitamento das madeiras das podas da arborização viária da cidade de Maringá/PR. Foram identificadas as três espécies arbóreas mais frequentes: Caesalpinia peitophoroides (Sibipiruna), Tabebuia avellanedae (Ipê Roxo) e a Tipuana tipu (Tipuana) que correspondem a 56,21% do total. Propõe-se a investigação do aproveitamento da madeira para fabricação de pequenos objetos de madeira (POM), elementos estruturais para a construção civil, e para a obtenção de carvão vegetal. Constatou-se nas análises laboratoriais: o Ipê Roxo com alta densidade básica, com resistência mecânica para a produção de elementos estruturais e com elevado padrão de aproveitamento em carvão vegetal, a Sibipiruna na classe de densidade média pode ser utilizada em móveis e também em produção de carvão vegetal e a Tipuana como de densidade baixa ideal para fabricação de POM.

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biography

Carlos Humberto Martins, Universidade Estadual de Maringa

Prof. Dr. Carlos Humberto Martins
Departamento de Engenharia Civil

Orientador do Mestrado em Engenharia Urbana

Published
2013-05-31
How to Cite
MARTINS, C. H. O aproveitamento de madeiras das podas da arborização viária de Maringá/PR. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, v. 8, n. 2, p. 257 - 267, 31 May 2013.
Section
ARTICLES