Produção e caracterização radicular de alfafa (Medicago sativa L.) Em função da calagem e gessagem

  • Fábio Yomei Tanamati UNESP
  • Beatriz Lempp UFGD
  • priscila gonzales figueiredo unesp
  • Rodrigo Alberto Repke UNESP

Resumo

A alfafa é uma forrageira leguminosa, herbácea perene de clima temperado bastante utilizada na criação de bovinos, equinos e caprinos e exigente em termos de fertilidade do solo. Diante disso objetivou-se quantificar o acúmulo de biomassas verde e seca e caracterizar e quantificar o sistema radicular da alfafa quando submetidas a diferentes níveis de saturação por bases do solo tendo como fonte o calcário e o gesso, para isso realizou-se um experimento a campo com delineamento experimental de blocos ao acaso com parcelas subdivididas, com quatro tratamentos e quatro repetições. Considerou-se as parcelas os tratamentos que foram calculados para atingir a saturação por bases do solo a V=80%, sendo T1- 80% gesso, T2- 80% calcário, T3- 40% calcário + 40% gesso e T4- 80% calcário + 80% gesso, e as subparcelas, três épocas de amostragem, com intervalos de 30 dias. A partir dos resultados concluiu-se que a gessagem e a calagem devem ser analisadas segundo caráter econômico, já que maiores doses não implicam em maiores acúmulos de biomassas verde e seca, que a calagem e a gessagem no solo interferem no crescimento e morfologia radicular da alfafa, a qual apresenta crescimento secundário normal.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

priscila gonzales figueiredo, unesp
Graduada em Agronomia pela Universidade Federal da Grande Dourados, Mestranda em Agricultura Unesp- Botucatu
Publicado
2013-09-30
Seção
ARTIGOS