Maturação de Compostos Orgânicos de Resíduos Agroindustriais

  • Rafaela Alves Pereira UFCG
  • Camilo Allyson Farias ufcg
  • Talita Dantas Pedrosa ufcg
  • Emanuel Tarcísio Rêgo ufcg

Resumo

Os resíduos agroindustriais geralmente apresentam grandes concentrações de materiais orgânicos que, se manejados de forma inadequada, podem poluir e/ou contaminar o solo, a água e o ar. A técnica de compostagem tem se mostrado um processo eficiente na busca pela minimização da problemática ambiental associada aos resíduos orgânicos e na redução do volume de resíduos descartados em lixões e aterros sanitários. O principal objetivo deste trabalho consiste na utilização de parâmetros físico-químicos para verificar a maturação de compostos orgânicos obtidos a partir de resíduos agroindustriais da região de Pombal, um município localizado no semiárido paraibano. Para obtenção dos compostos orgânicos, cascas de bananas, estercos ovinos e podas de marmeleiro e jurema-preta foram triturados e misturados para montar duas pilhas de compostagem, sendo uma depositada em solo compactado e outra sobre um pátio pavimentado com concreto. Os parâmetros utilizados na avaliação da maturação foram: temperatura, relação C/N, condutividade elétrica, pH e demanda química de oxigênio. Os resultados sugerem que os compostos orgânicos estudados estão maturados, indicando que estes simples métodos são considerados seguros para verificação de processos de compostagem conduzidos em regiões sujeitas às condições semiáridas.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2013-07-18
Seção
ARTIGOS