Resíduos de agrotóxicos em alimentos: preocupação ambiental e de saúde para população paraibana

  • Luara Lourenço Ismael
  • Elisângela M. Rodrigues Rocha
  • Luciano Alberto Lins Filho
  • Raquel Patrícia Ataíde Lima

Abstract

O monitoramento de resíduos de agrotóxicos em alimentos vem assumindo grande importância para o alcance à segurança alimentar dos consumidores. A Paraíba é hoje um grande consumidor de legumes, verduras e frutas no Brasil, detentora de grandes áreas de diversas monoculturas. O presente trabalho visou investigar os resíduos de agrotóxicos em alimentos comercializados no Estado da Paraíba e seus impactos negativos a saúde humana. A partir de visitas feitas em parceria com a Agência Estadual de Vigilância Sanitária (AGEVISA-PB), foram coletadas 100 amostras de 15 diferentes culturas durante os anos de 2011, 2012 e 2013 em vários supermercados da Paraíba e encaminhadas a laboratórios credenciados, onde foram investigados aproximadamente 234 diferentes ingredientes ativos de agrotóxicos em alimentos. Verificou-se que de 100 amostras de alimentos analisadas, 55 % possuem resíduos de agrotóxicos. Através da identificação dos possíveis riscos a saúde humana e ao meio ambiente, resultantes de níveis de agrotóxicos acima do permitido para o consumo humano, podem-se indicar medidas preventivas e mais sustentáveis que reduzam os possíveis impactos, como por exemplo: campanhas de orientação para os produtores, incentivo ao manejo ambientalmente correto do solo e fiscalizações mais rígidas junto aos comerciantes destes produtos.

Pesticide residues in food: environmental concerns and health requirements for paraibana population

ABSTRACT - The Monitoring of pesticide residues in food is of great importance for achieving food security of consumers. The Paraíba is now a major consumer of vegetables and fruits in Brazil, which owns large areas of several monocultures. This study aimed to investigate the pesticide residues in foods marketed in the State of Paraíba and its negative impacts on human health. From visits in partnership with the State Agency for Sanitary Surveillance (AGEVISA-PB), 100 samples of 15 different cultures were collected during the years 2011, 2012 and 2013 in various supermarkets of Paraíba and sent to accredited laboratories, where they were investigated about 234 different pesticide active ingredients in foods. It was found that 100 food samples analyzed, 55% had pesticide residues. By identifying the possible risks to human health and the environment resulting from pesticide levels above the permitted for human consumption, can be indicated more preventive and sustainable measures to reduce the possible impacts, such as: orientation campaigns producers, encouraging environmentally friendly soil management and stricter inspections along the traders of these products.

Downloads

Download data is not yet available.
Published
2015-08-17
How to Cite
ISMAEL, L. L.; ROCHA, E. M. R.; LINS FILHO, L. A.; LIMA, R. P. A. Resíduos de agrotóxicos em alimentos: preocupação ambiental e de saúde para população paraibana. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, v. 10, n. 3, p. 24 - 29, 17 Aug. 2015.
Section
FOOD SCIENCES