Fauna de Euglossina (Hymenoptera: Apidae) de um fragmento de Mata Atlântica do Alto Oeste Potiguar, Rio Grande do Norte

Authors

  • Michelle de Oliveira Guimarães-Brasil IFRN
  • Daniel de Freitas Brasil UFERSA
  • Thiago Mahlmann INPA
  • Eduardo Alves de Souza UFERSA

DOI:

https://doi.org/10.18378/rvads.v12i3.4832

Keywords:

Iscas-odores, Abelhas das orquídeas, Abundância, Diversidade.

Abstract

As abelhas da subtribo Euglossina encontram-se amplamente distribuídas na região Neotropical, sendo mais diversificadas nas florestas úmidas. Objetivou-se realizar um levantamento das espécies desta subtribo em um fragmento de Mata Atlântica, um remanescente de brejo de altitude, localizado em uma região do Semiárido Brasileiro. O estudo foi conduzido no município de Portalegre, Rio Grande do Norte, entre os meses de fevereiro e agosto de 2015. A coleta de dados foi realizada mensalmente entre às 08h00 e 16h00, com a utilização de armadilhas contendo as essências eucaliptol, eugenol e vanilina. Foram coletados um total de 123 machos, distribuídos em quatro gêneros e seis espécies, sendo elas: Eufriesea danielis (43,09%), Euglossa melanotricha (25,20%), Euglossa cordata (15,45%), Eulaema nigrita (13,82%), Euglossa fimbriata (1,63%) e Exaerete dentata (0,81%). O intervalo entre 08h00 e 10h00 foi o de maior atividade, com 54,4% do total dos machos coletados. A comunidade de abelhas da região estudada apresentou maior preferência pelo eucaliptol, atraindo cinco espécies e 67 indivíduos (53,6%). A espécie Eufriesea danielis é reportada pela primeira vez para a região Nordeste do Brasil, enquanto que Exaerete dentata tem seu primeiro registro para o estado do Rio Grande do Norte.

Euglossina (Hymenoptera: Apidae) fauna of a fragment of the Atlantic Rainforest of the Alto Oeste Potiguar, Rio Grande do Norte, Brazil

Abstract: The bees of the Euglossina subtribe are widely distributed in the Neotropical region, being more diversified in the humid forests. The purpose of this research was to carry out a survey of the species of this subtribe in a fragment of Atlantic Forest, a remnant of altitude swamp, located in a region of the Brazilian Semiarid. The study was conducted in the municipality of Portalegre, Rio Grande do Norte, between February and August 2015. Data collection was performed monthly between 08h00 and 16h00, using traps containing the eucalyptol, eugenol and vanillin essences. A total of 123 males, distributed in four genera and six species were collected, which are: Eufriesea danielis (43.09%), Euglossa melanotricha (25.20%), Euglossa cordata (15.45%), Eulaema nigrita (13.82%), Euglossa fimbriata (1.63%) and Exaerete dentata (0.81%). The interval between 8:00 a.m. and 10:00 was the most active, with 54.4% of the total collected males. The community of the bees studied region showed greater preference for eucalyptol, attracting five species and 67 individuals (53.6%). The species Eufriesea danielis is reported here the first time for the Northeast region of Brazil, while Exaerete dentata has its first record for the state of Rio Grande do Norte.

Downloads

Download data is not yet available.

References

AMBRUSTER, W. S.; BERG, E.E. Thermal ecology of male euglossinae bees in a tropical wet forest: fragrance foraging in relation to operative temperature. Biotropica, v. 26, p. 50-60, 1994.

AMERICANO-SANTOS, M. Sobre as abelhas euglossinas do Parque Nacional de Boa Nova, Bahia. 2014. 70 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais) – Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, Itapetinga. 2014.

BECKER, P.; MOURE, J. S.; PERALTA, F. A. More about euglossinae bees in Amazonian Forest Fragments. Biotropica, v. 23, n. 4, p. 586-591, 1991.

BEZERRA, C. P.; MARTINS, C. F. Diversidade de Euglossinae (Hymenoptera, Apidae) em dois fragmentos de Mata Atlântica localizados na região urbana de João Pessoa, Paraíba, Brasil. Revista Brasileira de Zoologia, v. 18, n. 3, p. 823-835, 2001.

BRITO, C. M. S.; RÊGO, M. M. C. Community of male Euglossini bee (Hymenoptera: Apidade) in a secondary forest. Alcântara, MA, Brazil. Brazilian Journal of Biology, v. 61, n. 4, p. 631-638, 2001.

CARVALHO, C. C.; RÊGO, M. M; MENDES, F. N. Dinâmica de populações de Euglossina (Hymenoptera, Apidae) em mata ciliar, Urbano Santos, Maranhão, Brasil. Iheringia, v. 96, n. 2, p. 249-256, 2006.

DRESSLER, R. L. Biology of the orchid bees (Euglossini). Annual Review of Ecology, Evolution and Systematics, v. 13, p. 373-394, 1982.

DIAS, F. V.; BUSCHINI, M. L. T. Euglossina (Hymenoptera: Apidae) from an Araucaria Forest fragment in Southern Brazil. Ambiência, v. 9, n. 2, p. 267-277, 2013.

FARIAS, R. C. A. P.; MADEIRA-DA-SILVA, M. C.; PEREIRA-PEIXOTO, M. H.; MARTINS, C. F. Composição e sazonalidade de espécies de Euglossina (Hymenoptera: Apidae) em Mata e Duna na Área de Proteção Ambiental da Barra do Rio Mamanguape, Rio Tinto, PB. Neotropical Entomology, v. 37, n. 3, p. 253-258, 2008.

FARIAS, R. C. A. P.; MADEIRA-DA-SILVA, M. C.; PEREIRA-PEIXOTO, M. H.; MARTINS, C. F. Horário de atividade de machos de Euglossina (Hymenoptera: Apidae) e preferência por fragrâncias artificiais em mata e dunas na Área de Proteção Ambiental da Barra do Rio Mamanguape, Rio Tinto, PB. Neotropical Entomology, v. 36, n. 6, p. 863-867, 2007.

FARIAS, R. C. A. P.; MARTINS, C. F. Sazonalidade e padrões diários de atividade de machos de Euglossina (Hymenoptera: Apidae: Apini) e preferências por fragrâncias artificiais em um remanescente de Brejo de Altitude na Paraíba. EntomoBrasilis, v. 6, n. 3, p. 202-209, 2013.

GUIMARÃES, M. O. Comunidade de abelhas Euglossina (Hymenoptera: Apidae) em fragmentos de mata atlântica e mata litorânea no estado do Ceará. 2011. 80 f. Dissertação (Mestrado em Zootecnia) – Universidade Federal do Ceará, Fortaleza. 2011.

IDEMA Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte. Perfil do seu município: Portalegre. Natal, 2008. Disponível em: <http://adcon.rn.gov.br/ACERVO/idema/DOC/DOC000000000013907.PDF>. Acesso em: 18 de mar. 2013.

INOUYE, D. W. Flight temperatures of male euglossine bees (Hymenoptera: Apidae: Euglossini). Journal of the Kansas Entomological Society, v. 48, p. 366-370, 1975.

LOBTCHENKO, G.; LOBTCHENKO, J. C. P.; ALVES-JÚNIOR, V. V.; PEREIRA, Z. V. Composição da Comunidade das Abelhas Euglossina (Hymenoptera, Apoidea) em Fragmento Vegetacional em Processo de Restauração no Município do Ivinhema (MS). In: SEMINÁRIO DE AGROECOLOGIA DA AMÉRICA DO SUL, 2., 2016. Dourados. Anais. Dourados: UFGC, 2013.

MAIA, S. F. T.; SILVA, S. J. R. Análise faunística de abelhas Euglossina (Hymenoptera: Apidae) em ambientes de floresta nativa e plantios de Acaciamangium no Estado de Roraima. Revista Agroambiente, v. 2, n. 2, p. 42-50, 2010.

MICHENER, C. D. The Bees of the World, 2. ed. Baltimore: Johns Hopkins University Press. Baltimore, 2007. 953 p.

MORATO, E. F.; CAMPOS, L. A.; MOURE, J. S. Abelhas Euglossini (Hymenoptera, Apidae) coletadas na Amazônia Central. Revista Brasileira de Entomologia, v. 36, n. 4, p. 767-771, 1992.

MOURE, J. S. A check-list of the known euglossine bees (Hymenoptera, Apidae). Atas do Simpósio sobre a Biota Amazônica, v. 5, p. 395-415, 1967.

NERES, S. C. T. Nascentes da região serrana de Martins e Portalegre, Rio Grande do Norte: aspectos hidrodinâmicos e macroscópicos como subsídio à conservação. 2014. 167 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Naturais) – Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Mossoró. 2014.

NEVES, E. L.; VIANA, B. F. Comunidade de machos de Euglossina (Hymenoptera, Apidae) das matas ciliares da margem esquerda do médio rio São Francisco, Bahia. Anais da Sociedade Entomológica do Brasil, v. 28, p. 201-210, 1999.

NEMÉSIO, A.; SANTOS-JÚNIOR, J. E.; SANTOS, F. R. Eufriesea zhangi sp. n. (Hymenoptera: Apidae: Euglossina), a new orchid bee from Brazil revealed by molecular and morphological characters. Zootaxa, v. 3609, n. 6, p. 568-582, 2013.

NEMÉSIO, A.; MARTINS, C. F. First records of melanistic Euglossa (Hymenoptera: Apidae): evolutionary implications. Brazilian Journal of Biology, v. 73, n. 3, p. 672-672, 2013.

OLIVEIRA, M. L. O gênero Eulaema Lepeletier, 1841 (Hymenoptera, Apidae, Euglossini): filogenia, biogeografia e relações com as Orchidaceae. 2000. 159 f. Tese (Doutorado) – Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras, Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. 2000.

OLIVEIRA, M. L.; CAMPOS, L. A. O. Preferência por estratos florestais e por substâncias odoríferas em abelhas euglossinae (Hymenoptera, Apidae). Revista Brasileira de Zoologia, v. 13, n. 4, p. 1075-1085, 1996.

OLIVEIRA, M. L. Sazonalidade e horário de atividade de abelhas Euglossina (Hymenoptera, Apidae) em florestas de terra firme na Amazônia Central. Revista Brasileira de Zoologia, v. 16, p. 83-90, 1999.

PERUQUETTI, R. C. Function of fragrances collected by euglossine males (Hymenoptera: Apidae). Entomologia Generalis, v. 25, n. 1, p. 33-37, 2000.

POWELL, A .H.; POWELL, G. V. N. Population dynamics of male Euglossinae bees in Amazonian Forest fragments. Biotropica, v. 19, p. 176-179, 1987.

REBÊLO, J. M. M.; CABRAL, A. J. M. Abelhas Euglossinae de barreirinhas, zona do litoral da Baixada Oriental Maranhense. Acta Amazonica, v. 27, n. 2, p. 145-152, 1997.

ROCHA-FILHO, L. C.; GARÓFALO, C. A. Community Ecology of Euglossine Bees in the Coastal Atlantic Forest of São Paulo State, Brazil. Journal of Insect Science, v. 13, n. 23, 2013.

ROCHA-FILHO, L. C.; KRUG, C.; SILVA, C. I.; GARÓFALO, C. A. Floral resources used by euglossini bees (Hymenoptera: Apidae) in coastal ecosystems of the Atlantic Forest. Psyche: A Journal of Entomology, v. 1, p. 1-13, 2012.

ROUBIK, D. W.; HANSON, P. E. Orchid bees of Tropical America: biology and field guide. Heredia: Instituto Nacional de Biodiversidad, 2004. 370 p.

RAMALHO, A. V.; GAGLIANONE, M. C.; OLIVEIRA, M. L. Comunidades de abelhas Euglossina (Hymenoptera, Apidae) em fragmentos de Mata Atlântica no Sudeste do Brasil. Revista Brasileira de Entomologia, v. 53, n. 1, p. 95-101, 2009.

SILVA, O.; RÊGO, M. M. C.; ALBUQUERQUE, P. M. C.; RAMOS, M. C. Abelhas Euglossina (Hymenoptera: Apidae) em Área de Restinga do Nordeste do Maranhão. Neotropical Entomology, v. 38, n. 2, p. 186-196, p. 2009.

SILVEIRA, I. M. M.; CARVALHO, R. G. Microclima e conforto térmico na área da Mata da Bica, no município de Portalegre/RN. Revista Brasileira de Geografia Física, v. 9, n. 1, p. 62-78, 2016.

SILVEIRA, F. A.; MELO, G. A. R.; ALMEIDA, E. A. B. Abelhas brasileiras: sistemática e identificação. Belo Horizonte: Editora Composição e Arte, 2002. 253 p.

SOUZA, A. K. P.; HERNÁNDEZ, M. I. M.; MARTINS, C. F. Riqueza, abundância e diversidade de Euglossina (Hymenoptera, Apidae) em três áreas de Reserva Biológica de Guaribas, Paraíba, Brasil. Revista Brasileira de Zoologia, v. 22, n. 2, p. 320-325, 2005.

SOFIA, S. H.; SUZUKI, K. M. Comunidades de machos de abelhas Euglossina (Hymenoptera: Apidae) em fragmentos florestais no sul do Brasil. Neotropical Entomology, v. 33, n. 6 p. 693-702, 2004.

SYDNEY, N. V.; GONÇALVES, R. B.; FARIA, L. R. R. Padrões espaciais na distribuição de abelhas Euglossina (Hymenoptera, Apidae) da região Neotropical. Papéis Avulsos de Zoologia, v. 50, n. 43, p. 667-679, 2010.

VIANA, F. C.; NASCIMENTO, M. A. L. O turismo de natureza como atrativo turístico do município de Portalegre, Rio Grande do Norte. Pesquisas em Turismo e Paisagens Cársticas, v. 2, n. 1, p. 079-096, 2009.

VIANA, B. F.; KLEINERT, A. M. P.; NEVES, E. L. Comunidade de Euglossini (Hymenoptera, Apidae) das dunas litorâneas do Abaeté, Salvador, Bahia, Brasil. Revista Brasileira de Entomologia, v. 46, n. 4, p. 539-545, 2002.

WILLIAMS, N. H.; WTTTHEN, W. M. Orchid floral fragrances and male euglossinae bees: methods and advances in the last sesquidecade. The Biological Bulletin, v. 164, n. 3, p. 355-395, 1983.

Published

01-07-2017

How to Cite

GUIMARÃES-BRASIL, M. de O.; BRASIL, D. de F.; MAHLMANN, T.; SOUZA, E. A. de. Fauna de Euglossina (Hymenoptera: Apidae) de um fragmento de Mata Atlântica do Alto Oeste Potiguar, Rio Grande do Norte. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, [S. l.], v. 12, n. 3, p. 596–601, 2017. DOI: 10.18378/rvads.v12i3.4832. Disponível em: https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/RVADS/article/view/4832. Acesso em: 18 may. 2024.

Issue

Section

BIODIVERSITY

Most read articles by the same author(s)