Methods for the overcoming of dormancy coats in Caesalpinia ferrea Mart. ex Tul. seeds

Authors

  • Kássya Jemima Borges de Oliveira Universidade Federal Rural do Semi-Árido
  • Jailma Suerda Silva de Lima Universidade Federal Rural do Semi-Árido
  • Lissa Izabel Ferreira de Andrade Universidade Federal de Lavras
  • José Novo Júnior Universidade Federal Rural do Semi-Árido
  • Clarisse Pereira Benedito Universidade Federal Rural do Semi-Árido
  • Joabe Freitas Crispim Universidade Federal Rural do Semi-Árido

DOI:

https://doi.org/10.18378/rvads.v12i4.4893

Keywords:

Caatinga, Waterproof coat, Emergency.

Abstract

The objective of this study was to evaluate the efficiency of methods for overcoming dormancy in Caesalpinia ferrea seeds. The experimental design was completely randomized, with twelve treatments and four replicates of 25 seeds per experimental unit. The pre germinative treatments used were: control (T1); immersion in water at 100, 80 and 65 °C for 5 minutes (T2, T3 and T4, respectively); immersion in sulfuric acid (98%) for 5 and 10 minutes (T5 and T6, respectively); scarification on sandpaper n° 120 (T7); in the region opposite the thread and at the end of the insertion point of the pod (T8 and T9, respectively); immersion in alcohol, red wine and white wine vinegar for 15 minutes (T10, T11 and T12, respectively). The evaluated characteristics were: emergence percentage, emergence speed index, percentage of hard and dead seeds, root length, seedling height and number of leaves. The treatments with immersion in sulfuric acid for 5 or 10 minutes, scarification with sandpaper nº 120 and the tegument sprouting, both in the region opposite the thread and at the end of the insertion point of the pod, are the most suitable for overcoming of coats dormancy in Caesalpinia ferrea seeds.

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biographies

Kássya Jemima Borges de Oliveira, Universidade Federal Rural do Semi-Árido

Engenheira Agrônoma pela Universidade Federal Rural do Semi-Árido - UFERSA (2010). Mestra em Fitotecnia pela Universidade Federal Rural do Semi-Árido - UFERSA (2014). Participou de trabalhos com adubação verde, compostagem, hortaliças, consórcios, sementes, plantas nativas e plantas medicinais.

Jailma Suerda Silva de Lima, Universidade Federal Rural do Semi-Árido

Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal Rural do Semi-Árido (2003), Mestrado em Fitotecnia pela Universidade Federal Rural do Semi-Árido (2006) e Doutorado em Fitotecnia pela mesma instituição (2008). Atualmente é professor Adjunto IV da Universidade Federal Rural do Semi-Árido. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Manejo e Tratos Culturais.

Lissa Izabel Ferreira de Andrade, Universidade Federal de Lavras

Mestranda em Agronomia/Fisiologia Vegetal pela Universidade Federal de Lavras - UFLA. Possui Graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal Rural do Semi-Árido - UFERSA (2016). Tem experiência em Agronomia, com ênfase em manejo e tratos culturais.

José Novo Júnior, Universidade Federal Rural do Semi-Árido

Engenheiro Agrônomo formado pela Universidade Federal Rural do Semi-Árido - UFERSA (2011). Mestre em FITOTECNIA pelo Programa de Pós-Graduação em Fitotecnia da UFERSA (2014), atuando na área de produção de Hortaliças e nutrição de plantas. Doutorando em Fitotecnia pelo Programa de Pós-Graduação em Fitotecnia da UFERSA (ingresso em 2015).

Clarisse Pereira Benedito, Universidade Federal Rural do Semi-Árido

Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal Rural do Semi-Árido - UFERSA (2006), com Mestrado (2008) e Doutorado (2010) em Fitotecnia pela UFERSA. Atualmente é professora Adjunto III da Universidade Federal Rural do Semi-Árido, leciona as disciplinas de Tecnologia de Sementes e Sementes Florestais nos cursos de Agronomia e Engenharia Florestal, respectivamente.

Joabe Freitas Crispim, Universidade Federal Rural do Semi-Árido

Cursa atualmente bacharelado em agronomia pela universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA). Bolsista de iniciação científica.

References

ALVES, A. F.; ALVES, A. F.; GUERRA, M. E. C.; FILHO, S. M. Superação de dormência de sementes de braúna (Schinopsis brasiliense Engl.). Revista Ciência Agronômica, Fortaleza, v.38, n.1, p.74-77, 2007.

ALVES, E. U.; BRUNO, R. L. A.; OLIVEIRA, A. P.; ALVES, A. U.; ALVES, A. U. Escarificação ácida na superação de dormência de sementes de pau ferro (Caesalpinia ferrea Mart. ex. Tul. var. leiostachya Benth.). Revista Caatinga, Mossoró, v. 22, n. 1, p. 37-47, 2009.

AVELINO, J. I.; LIMA, J. S. S.; RIBEIRO, M. C. C.; CHAVES, A. P.; RODRIGUES, G. S. O. Métodos de quebra de dormência em sementes de jucá (Caesalpinia ferrea Mart. ex. Tul. var. ferrea). Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, Mossoró, v. 7, n. 1, p. 102-106, 2012.

BORGES, E.E.L.; RIBEIRO JUNIOR, J.I.; REZENDE, S.T.; PEREZ S.C.J.G.A. Alterações fisiológicas em sementes de Tachigalia multijuga (Benth.) (mamoneira) relacionadas aos métodos de superação de dormência. Revista Árvore, v.28, n.3, p.317-325, 2004.

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Regras para análise de sementes. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Secretaria de Defesa Agropecuária. Brasília: MAPA/ACS, 2009. 395p.

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Secretaria de Defesa Agropecuária. Instruções para análise de sementes de espécies florestais. Brasília: 2013. 98p.

CÂMARA, F. A. A.; TORRES, S. B.; GUIMARÃES, I. P.; OLIVEIRA, M. K. T.; OLIVEIRA, F. A. Biometria de frutos e sementes e superação de dormência de jucá (Caesalpinia ferrea Mart. ex Tul. Leguminosae – Caesalpinoideae). Revista Caatinga, Mossoró, v. 21, n. 4, p. 172-178, 2008.

COELHO, M. F. B.; MAIA, S. S. S.; OLIVEIRA, A. K.; DIÓGENES, F. E. P. Superação da dormência tegumentar em sementes de Caesalpinia ferrea Mart ex Tul. Revista Brasileira de Ciências Agrárias, Recife, v. 5, n. 1, p. 74-79, 2010.

COELHO, M. F. B.; CAVALCANTE NETO, M. H.; BARBOSA, M. K. R.; OLIVEIRA, M. C.; LIMA, A. K. B. Superação da dormência em sementes de Caesalpinia ferrea Mart. ex Tul. var. ferrea de duas populações. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, Mossoró, v. 8, n. 4, p. 179-182, 2013.

COSTA, P. A.; LIMA, A. L. S.; ZANELLA, F.; FREITAS, H. Quebra de dormência em sementes de Adenanthera pavonina L. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 40, n. 1, p. 83-88, 2010.

DUTRA, A. S.; MEDEIROS FILHO, S. Dormência e emergência de sementes de albízia (Albizia lebbeck (L.) Benth. Revista Ciência Agronômica, Fortaleza, v. 40, n. 3, p. 427-432, 2009.

FARIAS, R. M.; FREITAS, R. M. O.; NOGUEIRA, N. W.; DOMBROSKI, J. L. D. Superação de dormência em sementes de jurema-branca (Piptadenia stipulacea). Revista de Ciências Agrárias, Santa Maria, v. 56, n. 2, p. 160-165, 2013.

FERREIRA, D. F. Sisvar: Um sistema computacional de análise estatística. 2011. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 35, n. 6, p. 1039-1042, 2011.

FONSECA, M. D. S.; FREITAS, T. A. S.; MENDONÇA, A. V. R.; SOUZA, L. S.; ABDALLA, S. D. Morfometria de sementes e plântulas e verificação da dormência da espécie Plathymenia foliolosa Benth. Comunicata Scientiae, Bom Jesus, v. 4, n. 4, p. 368-376, 2012.

FOWLER, A. J. P.; BIANCHETTI, A. Dormência em sementes florestais. Brasília, Colombo: Embrapa Florestas. (Documentos 40), 2000. 27p.

FREIRE, J. M.; ATAÍDE, D. H. S.; ROUWS, J. R. C. Superação de dormência de sementes de Albizia pedicellaris (DC.) L. Rico. Floresta e Ambiente, Rio de Janeiro, v. 23, n. 2, p. 251-257, 2016.

GAMA, J. S. N.; ALVES, E. U.; BRUNO, R. L. A.; PEREIRA JUNIOR, L. R.; BRAGA JUNIOR, J. M.; MONTE, D. M. O. Superação de dormência em sementes de Centrosema plumieri Benth. Revista Brasileira de Sementes, Brasília, v. 33, n. 4, p. 643-651, 2011.

MAGUIRE, J. D. Speed of germination-aid in selection and evaluation for seedlig emergence and vigor. Crop Science, Madison, v. 2, n. 1, p. 176-177, 1962.

MARCOS FILHO, J. Fisiologia de Sementes de Plantas Cultivadas. 2 ed. ABRATES, Londrina, PR, 2015. 659p.

MARIANO, L. G. et al. Análise de superação de dormência de sementes de Leucaena leucocephala e desenvolvimento inicial de plântulas. Revista Eletrônica em Gestão, Educação e Tecnologia Ambiental. Santa Maria, v. 20, n. 1, p. 398-404. 2016.

MELO, M. G. G.; MENDONÇA, M. S.; NAZÁRIO, P.; MENDES, A. M. S. Superação de dormência em sementes de três espécies de parkia spp. Revista Brasileira de Sementes, Brasília, v. 33, n. 3, p. 533-542, 2011.

PEREIRA, S. A.; FERREIRA, S. A. N. Superação da dormência em sementes de visqueiro-do-igapó (Parkia discolor). Acta Amazônica, Manaus, v. 40, n. 1, p. 151-156, 2010.

SANTANA, J. A. S.; FERREIRA, L. S.; COELHO, R. R. P.; VIEIRA, F. A.; PACHECO, M. V. Tecnologias de baixo custo para superação de dormência em sementes de Caesalpinia ferrea var. ferrea Mart. ex. Tul. (Pau Ferro). Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, Mossoró, v. 6, n. 1, p. 225-229, 2011.

SCHMIDT, L. Dormancy and pretreatment. In: Olsen, K. (Ed.). Guide to handling of tropical and subtropical forest seed. Humlebaek, Danida Forest Seed Centre. p. 263-303. 2000.

SILVA, A. I. S.; CORTE, V. B.; PEREIRA, M. D.; CUZZUOL, G. R. F.; LEITE, I. T. A. Efeito da temperatura e de tratamentos pré-germinativos na emergência de sementes de Adenanthera pavonina L. Semina: Ciências Agrárias, Londrina, v. 30, n. 4, p. 815-824, 2009.

SILVA, P. E. M.; SANTIAGO, E. F.; DALOSO, D. M.; SILVA, E. M.; SILVA, J. O. Quebra de dormência em sementes de Sesbania virgata (Cav.) Pers. IDESIA, Arica, v. 29, n. 2, p. 39-45, 2011.

SILVA, D. L.; LUZ, G. R.; VELOSO, M. D. M.; FERNANDES, G. W.; NUNES, Y. R. F. Emergência e estabelecimento de plântulas de Guazuma ulmifolia Lam. em função de diferentes tratamentos pré-germinativos. Revista Ciência Florestal, Santa Maria, v. 26, n. 3, p. 763-772, 2016.

SPERANDIO, H. V.; LOPES, J. C.; MATHEUS, M. T. Superação de dormência em sementes de Mimosa setosa Benth. Comunicata Scientiae, Bom Jesus, v. 4, n. 4, p. 385-390, 2013.

VIEIRA, R. D.; KRZYZANOWSKI, F. C. Teste de condutividade elétrica. In: KRZYZANOWSKI, F.C.; VIEIRA, R. D.; FRANÇA NETO, J. B. (Ed.). Vigor de sementes: conceitos e testes. Londrina: ABRATES, 1999. p. 1-26.

ZWIRTES, A. L.; BARONIO, C. A.; CANTARELLI, E. B.; RIGON, J. P. G.; CAPUANI, S. Métodos de superação de dormência em sementes de flamboyant. Pesquisa Florestal Brasileira, Colombo, v. 33, n. 76, p. 469-473, 2013.

Published

01-10-2017

How to Cite

OLIVEIRA, K. J. B. de; LIMA, J. S. S. de; ANDRADE, L. I. F. de; NOVO JÚNIOR, J.; BENEDITO, C. P.; CRISPIM, J. F. Methods for the overcoming of dormancy coats in Caesalpinia ferrea Mart. ex Tul. seeds. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, [S. l.], v. 12, n. 4, p. 648–654, 2017. DOI: 10.18378/rvads.v12i4.4893. Disponível em: https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/RVADS/article/view/4893. Acesso em: 15 jun. 2024.

Issue

Section

AGRICULTURAL SCIENCES

Most read articles by the same author(s)

1 2 > >>