KEYNES E O CAPITALISMO

Resumo

Esse estudo teve o objetivo de analisar Keynes e o capitalismo. Realizou-se uma revisão de literatura e os dados foram lidos pela forma qualitativa. Concluiu-se que Keynes sugeriu na época que toda sociedade enfrentava a necessidade de resolver dois problemas simultaneamente: eficiência e justiça social. Nesse sentido, fica claro que a tensão entre esses dois objetivos marcou a discussão teórica dos economistas no século passado. Como os estudiosos do assunto o conhecem bem, os apoiadores do sistema de mercado têm focado sua atenção no aspecto da eficiência e da preservação da liberdade individual, contando com o princípio utilitarista segundo o qual o ser humano é irremediavelmente egoísta e que esse vício privado, quando se reúne no mercado, se traduz em uma virtude pública que promove desempenho e crescimento eficientes.

 

Palavras-chaves: Keynes. Capitalismo. Eficiência. Justiça Social.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Cândido da Silva Nóbrega, Universidade Federal de Campina Grande - UFCG
Graduado em Administração; Graduado em Teologia pelo Centro Universitário Claretiano (CEUCLAR); MBA em Gestão Estratégica de Pessoas pela Fundação Getúlio Vargas (FGV); Especialista em Teologia pela Universidade Católica Dom Bosco; Mestre em Sistemas Agroindustriais – UFCG e Mestre em Negócios Internacionais -MUST.
Publicado
2020-10-08
Como Citar
Nóbrega, J. C. da S., & Marques, F. J. de O. (2020). KEYNES E O CAPITALISMO. Revista Brasileira De Pesquisa Em Administração, 7(1), 0036:0039. Recuperado de https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/RBPA/article/view/8411
Seção
Artigos