AVALIAÇÃO DE ROTULAGEM DE QUEIJO DE COALHO NAS REGIÕES AGRESTE E SERTÃO DE PERNAMBUCO, BRASIL

  • Hyago Freitas Monteiro Faculdade Uninassau http://orcid.org/0000-0003-2987-1283
  • Milena Eduarda Santos Lins Araújo Faculdade Uninassau, Campus Caruaru
  • Yeda Hellen Monarderlles Santos Faculdade Uninassau, Campus Caruaru
  • Maria Carolina Albuquerque Wanderley Faculdade Uninassau, Campus Caruaru
  • Roberta Luciana Nascimento Godone Faculdade Uninassau, Campus Caruaru

Resumo

O queijo de coalho é um dos produtos artesanais mais comercializados na região Nordeste do Brasil, principalmente Pernambuco. Esse fato chama atenção para a necessidade de informar corretamente o consumidor sobre os aspectos nutricionais do produto. O objetivo do trabalho foi avaliar as informações nutricionais e obrigatórias contidas nos rótulos de queijos de coalho tipos A (produzido com leite pasteurizado) e B (produzido com leite cru), selecionados aleatoriamente nas cidades de Arcoverde, Catende e Garanhuns. Foram avaliadas 22 marcas diferentes, sendo 10 marcas do tipo A e 12 do tipo B. Informações nutricionais importantes como teor de sódio, colesterol, gorduras estavam ausentes em muitas marcas. Informações obrigatórias nos rótulos como prazo de validade, data de fabricação e ausência de glúten também estavam em desacordo com a legislação. Dessa maneira, é importante que a fiscalização seja mais ativa nos produtos de origem artesanal, principalmente o queijo de coalho.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA (ANVISA). Resolução RDC nº 259, de 20 de setembro de 2002. Aprovar o Regulamento Técnico sobre Rotulagem de Alimentos Embalados. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, 23 set. 2002.

AGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA (ANVISA). Resolução RDC n° 360, de 23 de dezembro de 2003. Aprova Regulamento Técnico sobre Rotulagem Nutricional de Alimentos Embalados, tornando obrigatória a rotulagem nutricional. Diário Oficial da República do Brasil, Brasília, 26 dez. 2003.

BASTOS, A. A. et al. Avaliação da qualidade sanitária dos rótulos de alimentos embalados de origem animal. Revista Baiana de Saúde Pública, v. 32, n. 2, p. 218-231, 2008.

FEITOSA, B. F.; MESQUISA, J. H. A.; LACERDA, C. G. S.; OLIVEIRA, E. N. A.; SOUZA, R. L. A.; OLIVEIRA, S. N. Avaliação dos rótulos de diferentes marcas de iogurte comercializados na cidade de Pau dos Ferros – RN. Revista brasileira de agrotecnologia. 2017;1:13-16.

LACHAT C, TSENG M. A wake-up call for nutrition labelling. Public Health Nutr. 2013;16(3):381-2.

LIMA, M. S. F.; SILVA, R. A.; LIMA FILHO, J. L.; PORTO, A. L. F.; CAVALCANTI, M. T. H. Queijo de coalho artesanal: fonte alternativa de peptídeos antimicrobianos. Braz. J. Food Technol. 2017; 20:1-7.

MALIK VS, WILLETT WC, HU FB. Global obesity: trends,risk factors and policy implication. Nat Rev Endocrinol. 2012;9(1):13-27.

PAQUEREAU, B.; MACHADO, G.; CARVALHO, S. A produção do leite e do queijo se torna cultura. In: PAQUEREAU, B.; MACHADO, G.; CARVALHO, S. O queijo de coalho em Pernambuco: histórias e memórias. Garanhuns: E. dos Autores, 2016; 20-27.

SILVA, A. M.; DUTRA, M. B. L. Avaliação de informações contidas em rótulos de café torrado e moído. Alimentos e Nutrição. v. 22, n. 3, p. 449-454, 2011.

Publicado
2017-11-23
Como Citar
Monteiro, H. F., Araújo, M. E. S. L., Santos, Y. H. M., Wanderley, M. C. A., & Godone, R. L. N. (2017). AVALIAÇÃO DE ROTULAGEM DE QUEIJO DE COALHO NAS REGIÕES AGRESTE E SERTÃO DE PERNAMBUCO, BRASIL. Revista Brasileira De Agrotecnologia, 7(2), 156-160. Recuperado de https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/REBAGRO/article/view/5140
Seção
Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo (s) autor (es)