Síndrome de Burnout em Professores

  • Wyara Ferreira Melo UFCG
  • Sidnéia Maia de Oliveira Rego
  • Hamanda Gelça Araújo Costa Saldanha
  • Maria de Fátima Pedrosa Camilo Oliveira Flor
  • Patrício Borges Maracaja

Resumo

A Síndrome de Burnout (SB) é considerada um risco para o trabalhador podendo consequentemente levá-lo a deterioração física ou mental. Atualmente é considerada uma importante questão de saúde pública, para além da sua óbvia relevância no contexto exclusivo das patologias laborais. O estudo tem como finalidade identificar a presença de síndrome de burnout em professores. A presente pesquisa se trata de um ensaio teórico fundamentado em pesquisa bibliográfica com publicações datadas de 2002 à 2012. Pode-se observar, após a revisão bibliográfica dos 13 artigos científicos datados do período de 10 anos (2002-2012), que a Síndrome de Burnout em professores figura entre alguns dos problemas de saúde desses profissionais, em virtude das suas condições laborais. No trabalho docente, atualmente, estão presentes aspectos potencialmente estressores, como baixos salários, escassos recursos materiais e didáticos, classes superlotadas, tensão na relação com alunos, excesso de carga horária, inexpressiva participação nas políticas e no planejamento institucional. O estresse neste tipo de profissão ocorre porque os professores ficam muito tempo, de seu dia, fisicamente isolados de seus colegas de trabalho, não podendo expressar e dividir suas ideias com eles. Muitos professores não visualizam perspectivas em seu trabalho, não examinam seu sucesso profissional, sua competência e a satisfação que obtêm com ele, não criando um estilo de vida saudável. Os professores devem ter uma assistência maior por parte do Estado visando condições mais dignas de trabalho, para que o mesmo possa exercer a docência com o valor e esmero que ela merece. Como também, ser disponibilizado ao docente acompanhamento psicológico. 

Publicado
2015-10-06
Como Citar
Melo, W. F., Rego, S. M. de O., Saldanha, H. G. A. C., Flor, M. de F. P. C. O., & Maracaja, P. B. (2015). Síndrome de Burnout em Professores. Revista Brasileira De Educação E Saúde, 5(4), 01 - 06. Recuperado de https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/REBES/article/view/3651
Seção
Revisão

Artigos mais lidos pelo mesmo (s) autor (es)

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >>