Atividades farmacológicas do monoterpeno 1,8-cineol: um estudo in silico

  • Ingrid Carneiro Cavalcante Souto Universidade Federal de Campina Grande http://orcid.org/0000-0003-0193-0755
  • José Lucas Soares Ferreira
  • Heloísa Mara Batista Fernandes de Oliveira
  • Maria Angélica Sátyro Gomes Alves
  • Abrahão Alves de Oliveira Filho

Resumo

Os óleos essenciais são os principais compostos de uso terapêutico derivados de plantas, amplamente utilizados na produção de perfumes e cosméticos, apresentando também efeito farmacológico. Dentre os vários componentes dos óleos essenciais estão os terpenos; estes resultam do metabolismo secundário das plantas. O 1,8-cineol ou eucaliptol, é um monoterpeno de grande índice terapêutico segundo a literatura. O presente estudo objetiva realizar uma análise in silico do 1,8- cineol para atividade anti-hipertensiva, antiasmática e analgésica. Com a análise in silico do monoterpeno pode-se observar que este composto apresenta maiores valores de Probabilidade de ser ativos ara as atividades estudadas, em relação aos valores de Probabilidade de ser inativo. Portanto, conclui-se que o 1,8-cineol é um potente candidato a fármaco com várias atividades terapêuticas, de acordo com os estudos in silico.

Biografia do Autor

Ingrid Carneiro Cavalcante Souto, Universidade Federal de Campina Grande
Graduanda do Curso de Odontologia pela Universidade Federal de Campina Grande, campus de Patos/PB.
Publicado
2016-10-30
Como Citar
Souto, I. C. C., Ferreira, J. L. S., Oliveira, H. M. B. F. de, Alves, M. A. S. G., & Oliveira Filho, A. A. de. (2016). Atividades farmacológicas do monoterpeno 1,8-cineol: um estudo in silico. Revista Brasileira De Educação E Saúde, 6(3), 26 - 28. https://doi.org/10.18378/rebes.v6i3.4442
Seção
Nota Científica

Artigos mais lidos pelo mesmo (s) autor (es)