Venda irregular de medicamentos em estabelecimentos comerciais no município de Tauá-CE

  • Elivan Custodio Araujo Universidade Estadual do Ceará, Centro de Educação, Ciências e Tecnologia da Região dos Inhamuns – CECITEC, Tauá, Ceará, Brasil.

Resumo

A pesquisa foi realizada no município de Tauá situado na Microrregião do Sertão dos Inhamuns. O município faz limite ao norte com Pedra Branca e Independência, a sul com Parambú e Arneiroz, a leste com Mombaça e Pedra Branca e a oeste com Quiterianópolis e Parambú. Fatores sócioseconômicos e demográficos tornam o munícipio um ambiente propício a comercialização de medicamentos irregulares. O objetivo do trabalho foi realizar um levantamento de dados sobre os principais pontos de vendas irregulares de medicamentos e os riscos da automedicação enfocando os principais tipos de medicamentos adquiridos de forma inadequada pela população. Trata-se de um estudo descritivo e documental com abordagem quantitativa/qualitativa.  Foram analisados 64 locais de venda, onde 68,75% comercializam de forma irregular fármacos a população. Os resultados obtidos alertam para a facilidade que população tauaense tem para comercializar e adquirir alguns tipos de medicamentos e a exposição a uma serie de reações adversas ao aderir a prática da automedicação, especialmente ao fazer uso desses medicamentos sem orientação médica.

Biografia do Autor

Elivan Custodio Araujo, Universidade Estadual do Ceará, Centro de Educação, Ciências e Tecnologia da Região dos Inhamuns – CECITEC, Tauá, Ceará, Brasil.

Graduado em Ciências Biológicas pelo Centro de Educação, Ciências e Tecnologia da Região dos Inhamuns da Universidade Estadual do Ceará (CECITEC/UECE). Tauá – CE/Brasil. Especialista em Microbiología pela Faculdade Futura (ICETEC) – Instituto de Ciência Educ. e Tecnologia de Votuporanga. Votuporanga – SP/Brasil

Publicado
2022-03-16
Como Citar
Araujo, E. C. (2022). Venda irregular de medicamentos em estabelecimentos comerciais no município de Tauá-CE. Revista Brasileira De Educação E Saúde, 12(1), 01-07. https://doi.org/10.18378/rebes.v12i1.9239
Seção
Artigos