“Lavar a mão e passar álcool mata o corona, tia!”: práticas socioeducativas de cuidados em saúde na pandemia do SAR-CoV-2

  • Lorraynne Oliveira-Souza Centro de Responsabilidade Socioambiental do Rio de Janeiro
  • Leonardo de Souza Carvalho Centro de Responsabilidade Socioambiental do Rio de Janeiro
  • João Gabriel Gouvêa Silva Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro
  • Anna Carina Antunes e Defaveri Centro de Responsabilidade Socioambiental do Rio de Janeiro
  • Ygor Jessé Ramos Instituto de Pesquisa Jardim Botânico do Rio de Janeiro - Fundação Oswaldo Cruz
  • João Carlos da Silva Centro de Responsabilidade Socioambiental do Rio de Janeiro

Resumo

O objetivo geral do presente estudo é relatar a experiência vivenciada no evento do dia das crianças em uma prática socioeducativa na pandemia da COVID-19. O evento do dia das crianças foi proposto com a iniciativa de alertar os cuidados básicos em saúde, que poderiam ser adotados no cotidiano para a minimização da disseminação do novo coronavírus. A ferramenta didática de ensino utilizada para alertar a população foi o uso de banners ilustrativos e didáticos, que foram elaborados pelos educandos do projeto social do Centro de Responsabilidades Socioambiental. O conteúdo presente nos banners visava esclarecer e enfatizar os cuidados recomendados pelas Instituições de Saúde, dentre eles: “Como higienizar as mãos corretamente”; “Porque utilizar o álcool em 70% para higienizar as mãos” e “Produção de eco-sabões: medidas sustentáveis para a mitigação dos impactos ambientais”. Essa estratégia conscientizou a população e faz com que na elaboração dos banners os educandos se tornem sujeito crítico e que busque pelo saber no seu processo de ensino-aprendizagem. Por fim, a estratégia foi uma experiência construtiva, pode-se observar o envolvimento dos alunos, crianças e dos responsáveis nas atividades propostas, além de promover uma aprendizagem lúdica e dinâmica na sala de aula.

 

Biografia do Autor

Ygor Jessé Ramos, Instituto de Pesquisa Jardim Botânico do Rio de Janeiro - Fundação Oswaldo Cruz

Possui graduação em Farmácia pela Universidade Federal da Bahia. Pesquisador colaborador do Grupo de Pesquisa em Botânica Aplicada, Avaliação Antropológica, Socioambiental e Educacional (BAAASES) do Centro de Responsabilidade Socioambiental do Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro

Publicado
2022-06-13
Como Citar
Oliveira-Souza, L., de Souza Carvalho, L., Silva , J. G. G., Antunes e Defaveri, A. C., Ramos, Y. J., & da Silva , J. C. (2022). “Lavar a mão e passar álcool mata o corona, tia!”: práticas socioeducativas de cuidados em saúde na pandemia do SAR-CoV-2. Revista Brasileira De Educação E Saúde, 12(2), 122-129. https://doi.org/10.18378/rebes.v12i2.9307
Seção
Artigos