Bioecologia de Euborellia annulipes (Dermaptera: Anisolabididae)

  • Aldeni Barbosa da Silva Universidade Federal da Paraíba
Palavras-chave: Biologia, controle biológico, Dermaptera, predador, tesourinha

Resumo

Dentre os agentes biológicos com boa capacidade predatória, os dermápteros têm despertado grande atenção, pois são predadores vorazes, isto é, com alta capacidade de ataque e que se alimentam de diversas presas, particularmente, de ovos e fases imaturas de insetos das ordens Lepidoptera, Hemiptera, Coleoptera e Diptera. São insetos terrestres, predadores, de hábitos noturnos, e às vezes vistos durante o dia. Os dermápteros têm se destacado no controle de insetos-praga, principalmente de ovos e formas jovens. Euborellia annulipes (Lucas) é um agente controlador de Hyadaphis foeniculi (Passerini) e Brevicoryne brassicae (Linnaeus), no Brasil; Cosmopolites sordidus (Germar), na Jamaica; lagartas de Sesamia inferens (Walker), no Japão, e alguns insetos-praga de grãos armazenados, da lagarta Crambus bonifatellus (Hulst), lagartas e pupas de Diatraea saccharalis (Fabricius), de ovos, larvas, ninfas e adultos de Dermanyssus gallinae (De Geer), Carpocapsa pomonella (Linné) na França, de Icerya purchasi (Maskell) na Califórnia e larvas e pupas de Anthonomus grandis (Boheman) em nível de campo. Este trabalho teve o objetivo de fazer uma abordagem sobre a bioecologia de Euborellia annulipes, assim como, traçar considerações a respeito da sua classificação, de sua associação a pragas agrícolas e de seu uso em programas de controle biológico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Aldeni Barbosa da Silva, Universidade Federal da Paraíba
Derpatamento de Fitotecnia, setor de Entomologia Agrícola
Publicado
2015-03-28
Seção
ARTIGOS DE REVISÃO