Métodos de assepsia em sementes de feijão

Authors

DOI:

https://doi.org/10.18378/rvads.v14i2.6353

Keywords:

Penicillium sp. Aspergillus sp., Metodologia, Desinfecção

Abstract

Objetivou-se avaliar diferentes métodos de assepsia e sua influência na qualidade fisiológica e sanidade de sementes de Phaseolus vulgaris L. Amostras de sementes inoculadas com os fungos Aspergillus sp. e outra com o Penicillium sp., foram submetidas aos tratamentos: controle com e sem inoculação de fungos, radiação ultravioleta (UV-C) por 1, 3 e 5 min; álcool etílico 70% por 1 e 2 min; hipoclorito de sódio NaClO 2% por 3 min com e sem adição de ácido acético; ácido peracético 1% por 3 e 6 min; termoterapia a 60 e 70 °C a seco por 5 min e a úmido 60 e 70 °C durante 30 min. Avaliou-se a germinação, índice de velocidade de germinação, crescimento de plântulas, matéria fresca e seca de plântulas e a sanidade das sementes. No teste de sanidade, os tratamentos que melhor controlaram os fungos Aspergillus sp. e Penicillium sp. foram o álcool etílico 70% por 1 e 2 min, NaClO 2% com e sem ácido acético e a termoterapia úmida a 60 e 70 °C por 30 min. A termoterapia úmida a 60 e 70 °C foi eficiente no controle dos fungos, entretanto, ocasionaram mortalidade de 100 e 70% para sementes inoculadas com Aspergillus sp. e 96,5 e 98,5% para sementes inoculadas com Penicillium sp., respectivamente. A inoculação dos fungos afetou diretamente a germinação e o vigor. Portanto, os tratamentos com álcool etílico e NaClO foram os mais eficientes no tratamento das sementes promovendo inibição dos fungos sem comprometer a qualidade fisiológica das sementes.

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biographies

Yasmin Tomazi, Universidade Federal da Fronteira Sul

Engenheira Agrônoma

Lisandro Tomas da Silva Bonome, Universidade Federal da Fronteira Sul

Professor Campus Laranjeiras do Sul, Paraná

Diogo José Siqueira, Universidade Federal da Fronteira Sul

Biólogo

Gabriela Silva Moura, Universidade Federal da Fronteira Sul

Doutora em Fitopatologia - Proteção de Planta. 

Pós-doutoranda em Agroecologia e Desenvolvimento Rural Sustentável.

Gilmar Silva Franzener, Universidade Federal da Fronteira Sul

Professor Campus Laranjeiras do Sul, Paraná

References

AIMI, S. C.; ARAUJO, M. M.; MUNIZ, M. F. B.; WALKER, C. Teste de sanidade e germinação em sementes de Cabralea canjerana (Vell.) Mart. Ciência Florestal, v. 26, n. 4, p. 1361-1370, 2016. 10.5902/1980509825155.

AKONDA, M. M. R.; YASMIN, M.; HOSSAIN, I. Incidence of seedborne mycoflora and their effects on germination of maize seeds. International Journal of Agronomy and Agricultural Research (IJAAR), v. 8, n. 1, p. 87–92, 2016.

BRASIL. Manual de Análise Sanitária de Sementes. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Secretaria de Defesa Agropecuária. – Brasília: Mapa/ACS, 2009b.

BRASIL. Regras para análise de sementes. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Secretaria de Defesa Agropecuária. – Brasília: Mapa/ACS, 2009a.

BROWN, J. E.; LU, T. Y.; STEVENS, C.; KHAN, V. A.; LU, J. Y.; WILSON, C. L.; COLLINS, D. J.; WILSON, M. A.; IGWEGBE, E. C. K.; CHALUTZ, E.; DROBY, S. The effect of low dose ultraviolet light-C seed treatment on induced resistance in cabbage to black rot (Xanthomonas campestris pv. campestris). Crop Protection, v. 20, n. 10, p.873-883, 2001. 10.1016/S02612194(01)00037-0

BU, J.; NI, Z.; AISIKAER, G.; JIANG, Z. KHAN, Z.U.; MOU, W; YING, T. Postharvest ultraviolet-C irradiation suppressed Psy 1 and Lcy-β expression and altered color phenotype in tomato (Solanum lycopersicum) fruit. Postharvest Biology and Technology, v. 89, p.1-6, 2014. 10.1016/j.postharvbio.2013.10.005.

CABRAL, P. D. S.; SOARES, T. C. B.; LIMA, A. B. P.; SOARES, Y. J. B.; SILVA, J. A. de. S. Análise de trilha do rendimento de grãos de feijoeiro (Phaseolus vulgaris L.) e seus componentes. Revista Ciência Agronômica, v. 42, n. 1, p. 132-138, 2011. 10.1590/S1806-66902011000100017.

CAMARGO, S. E. A.; BLANCO, T. M.; LIMA, R. Y.; RODE, S. M.; CAMARGO, C. H. R. Avaliação do pH das soluções de hipoclorito de sódio 1% e 2,5% e digluconato de clorexidina 2% em função do tempo. Revista Odontologica, v. 16, n. 31, p. 1-4, 2008. 10.15603/2176-1000/odonto.v16n31p85-91.

CARMELLO, C. R; CARDOSO, J. C. Effects of plant extracts and sodium hypochlorite on lettuce germination and inhibition of Cercospora longissima in vitro. Scientia Horticulturae, v. 234, n. 1, p. 245-249, 2018. 10.1016/j.scienta.2018.02.056.

COUTINHO W. M.; PEREIRA, L. A. A.; MACHADO, J. C.; FREITAS-SILVA, O.; PENA, R. C. M.; MAGALHÃES, F. H. L. Efeitos de hipoclorito de sódio na germinação de conídios de alguns fungos transmitidos por sementes. Fitopatologia Brasileira, v. 25, n. 3, p. 552-555, 2000.

Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos. DEPEC. Acompanhamento e calendário agrícola do feijão. Junho, 2017. Disponível em: <https://www.economiaemdia.com.br/EconomiaEmDia/pdf/infset_feijao.pdf>. Acesso em: 19 de junho de 2018.

DIAS, J. M. M.; COUCEIRO, M. A.; VENTURA, G. M.; SIQUEIRA, D. L. de.; LIMA, J. C. de. Desinfecção e germinação in vitro de sementes do maracujazeiro. Revista Ceres, v. 50, n. 291, p. 549-564, 2003.

FERNANDES, A. T. Infecção hospitalar e suas interfaces na área da saúde. São Paulo: Atheneu; 2000.

FERRAZ, I. D. K.; CALVI, D. P. Teste de Germinação. In: LIMA JUNIOR, MJV. (Ed.). Manual de Procedimentos para Análise de Sementes Florestais. Manaus: UFAM., 2010.

FERREIRA, D. F. Sisvar: a Guide for its Bootstrap procedures in multiple comparisons. Ciência e Agroetecnologia, v. 38, n. 2, p. 109-112, 2014.

FORAUGHBAKHCH-POURNAVAB, R.; BACÓPULOS-MEJÍA, E.; BENAVIDES-MENDOZA, A. Efecto de La irradiación com uv-c em La germinación y vigor de três espécies vegetales. Ecosistemas y Recursos Agropecuarios, v. 2, n.5, p.129-137, 2015.

IAPAR. Produção de sementes em pequenas propriedade/coord. Alberto Sergio Barros. 2ª ed. Rev. Ampl. Londrina: IAPAR. Circular técnica, 129. p.98, 2007.

JESUS, V. A. M.; ARAÚJO, E. F.; SANTOS, F. L.; ALVES, E.; DIAS, L. A. dos. S. Sodium hypoclorite for sarcotesta remotion from papaya seeds: anatomical studies. Journal of Seed Science, v. 37, n. 4, p.228-235, 2015.

KOVAČEC, E.; LIKAR, M.; REGVAR, M. Temporal changes in fungal communities from buckwheat seeds and their effects on seed germination and seedling secondary metabolism. Fungal Biology, v. 120, n. 5, p. 666–678, 2016. 10.1016/j.funbio.2016.03.003.

LAZAROTTO M. Tratamento de sementes de canafístula via calor úmido. Revista de Ciências Agrárias v. 56, n. 3, p. 268-273, 2013. 10.4322/rca.2013.038.

LOPES, F. S.; ROSSETTO, C. A. V. Qualidade de sementes de tomate influenciada pelos tratamentos térmicos e osmótico. Horticultura Brasileira, v. 22, n. 3, p. 642-646, 2004. 10.1590/S0102-05362004000300029.

MACHADO, J. C. Tratamento de sementes no controle de doenças. Lavras: Editora UFLA, 2000.

MAGUIRE, J. D. Speed of germination aid in selection and evaluation of seedling emergence and vigor. Crop Science, v. 2, p. 176-177, 1962.

MAIRENA, J. R. E. Efecto del etanol sobre las membranas biológicas. Revista Médica Hondurenha, v. 61: p. 20-24, 1993.

MANCINI, V.; ROMANAZZI, G. Seed treatments to control seedborne fungal pathogens of vegetable crops. Pest Management Science, v. 70, n.6, p. 860–868, 2014. 10.1002/ps.3693

MARQUENIE D.; MICHIELS, C.W.; GEERAERD, A. H.; SCHENK, A.; SOONTJEN, C.; VAN IMPE J.F.; NICOLAÏ, B. M. Using survival analysis to investigate the effect of UVC and heat treatment on storage rot of strawberry and sweet cherry. International Journal of Food Microbiology, v 73, n. 2-3, p. 187- 196, 2002. 10.1016/S01681605(01)00648-1

NASCIMENTO HM.; DELGADO, D. A.; BARBARIC, I. F. Avaliação Da Aplicação De Agentes Sanitizantes Como Controladores Do Crescimento Microbiano Na Indústria Alimentícia. Revista Ceciliana, v. 2, n. 1, p.11–13, 2010.

OBANDE, M.A.; TUCKER, G.A.; SHAMA, G. Effect of preharvest UV-C treatment of tomatoes (Solanum lycopersicon Mill.) on ripening and pathogen resistance. Postharvest Biology and Technology, v.62, n.2, p.188–192, 2011. 10.1016/j.postharvbio.2011.06.001.

OLIVEIRA, J. D.; SILVA, J. B. da S.; DAPONT, E. C.; SOUZA, L. M. S. de S.; RIBEIRO, S. A. L. Métodos para detecção de fungos e assepsia de sementes de Schizolobium amazonicum (Caesalpinioideae). Bioscience of Journal, v.28, n. 6, p. 945-953, 2012.

ROCHA, F. S.; CATÃO, H. C. R. M.; BRANDÃO, A. de A.; GOMES, L. A. A. Danos causados por diferentes potenciais de inoculo de Aspergillus ochraceus no vigor de sementes de soja. Semina: Ciências Agrárias, v. 35, n. 6, p. 2895-2904, 2014. 10.5433/1679-0359.2014v35n6p2895.

SANTOS L. A.; FARIA, C. M. D. R.; MAREK, J.; DUHATSCHEK, E.; MARTINICHEN, D. Radioterapia e Termoterapia como tratamentos de sementes de Soja. Brazilian Journal of Applied Technology for Agricultural Science, v. 9, n. 2, p. 37-44, 2016. 10.5935/PAeT.

SREBERNICH, S. M. Utilização do dióxido de cloro e do ácido peracético como substitutos do hipoclorito de sódio na sanitização do cheiro-verde minimamente processado. Ciência e Tecnologia de Alimentos, v. 27, n. 4, p. 744-750, 2007. 10.1590/S0101-20612007000400012.

TSUTSUMI, C. Y.; WAGATSUMA, E.; NORETO, L. M. Cultivares de feijão produzidos em sistema de cultivo orgânico. Cultivando o Saber. v. 5, n. 3, p.123 – 131, 2012.

Published

01-04-2019

How to Cite

TOMAZI, Y.; BONOME, L. T. da S.; SIQUEIRA, D. J.; MOURA, G. S.; FRANZENER, G. S. Métodos de assepsia em sementes de feijão. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, [S. l.], v. 14, n. 2, p. 229–237, 2019. DOI: 10.18378/rvads.v14i2.6353. Disponível em: https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/RVADS/article/view/6353. Acesso em: 15 jun. 2024.

Issue

Section

AGRICULTURAL SCIENCES

Most read articles by the same author(s)