O consumo de alimentos orgânicos na cidade de Manaus (AM): o comércio de produtos e a sustentabilidade do setor

  • Paula de Fátima da Cruz Lima Programa de Pós-Graduação em Processos Construtivos e Saneamento Urbano, Universidade Federal do Pará. Manaus-AM
  • Aline Maria Meiguins de Lima Universidade Federal do Pará, Instituto de Geociências, Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais
  • Sinaida Maria Vasconcelos de Castro Universidade do Estado do Pará, Centro de Ciências e Planetário do Pará. Belém-Pa
  • Maria de Valdivia Costa Norat Gomes Graduação em Engenharia Civil pela Universidade Federal do Pará (1981), especialização em Saúde Pública e Ciências da Enga. Ambiental, e mestrado em Geofísica pela Universidade Federal do Pará (1998). Atualmente é professora adjunta da Universidade Federal do Pará. Tem experiência na área de Engenharia Sanitária e Ambiental, atuando principalmente nos seguintes temas: meio ambiente, saneamento, gestão ambiental, resíduos sólidos e recursos hídricos.

Abstract

A produção de alimentos orgânicos proporciona a oferta de produtos saudáveis; o uso sustentável da água e do solo; a integridade cultural das comunidades rurais; a sustentabilidade econômica e ecológica; e a eliminação do uso de organismos geneticamente modificados em qualquer fase do processo de produção, processamento, armazenamento, distribuição e comercialização. Considerando a importância ecológica da região Amazônica, foi avaliado o mercado de consumo de produtos alimentícios orgânicos em Manaus-Amazonas e caracterizado seu perfil de consumo, potencialidade e limitações. A pesquisa foi realizada junto a Associação de Produtores Orgânicos do Amazonas. Os resultados indicaram os consumidores são em sua maioria do sexo feminino, com faixa etária entre 30 a 40 anos, nível de escolaridade superior completo, em sua maioria, com uma renda superior a 4 salários mínimos. São clientes e consumidores fiéis, porém não avaliam com critério o alimento que estão adquirindo. Os produtores encontram dificuldades principalmente no apoio do poder público à produção e comercialização, com isso a oferta não é ampla e variada, havendo a competição com os preços dos produtos gerados sem a qualidade de orgânico.

 

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biographies

Paula de Fátima da Cruz Lima, Programa de Pós-Graduação em Processos Construtivos e Saneamento Urbano, Universidade Federal do Pará. Manaus-AM
MSc. Programa de Pós-Graduação em Processos Construtivos e Saneamento Urbano, Universidade Federal do Pará. Manaus-AM
Aline Maria Meiguins de Lima, Universidade Federal do Pará, Instituto de Geociências, Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais

Graduação em Geologia pela Universidade Federal do Pará (1998), especialização em Gestão Normativa de Recursos Hídricos pela Universidade Federal da Paraíba (2007), mestrado em Geotecnia pela Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo (2000) e doutorado em Desenvolvimento Socioambiental pelo Núcleo de Altos Estudos Amazônicos da Universidade Federal do Pará (2007), com ênfase em análise espacial de bacias hidrográficas. Atualmente é Professora da Universidade Federal do Pará. Tendo atuado como professora da Universidade do Estado do Pará e do Centro Universitário do Pará; e como técnica em recursos hídricos e Coordenadora de Informação e Planejamento Hídrico na Secretaria de Estado de Meio Ambiente. Tem experiência na área de Geociências, com ênfase em Geologia Ambiental, atuando principalmente nos seguintes temas: recursos hídricos, geomorfologia ambiental, gestão ambiental, sistema de informações geográficas e geotecnia.

Sinaida Maria Vasconcelos de Castro, Universidade do Estado do Pará, Centro de Ciências e Planetário do Pará. Belém-Pa
Graduação em Licenciatura em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Pará,Especialização em Ensino de Ciências, pela UEPA (2000), mestrado em Educação em Ciências e Matemáticas pela UFPA (2004), e o Doutorado em Educaçao - PUC-Rio/ UEPA (2010). Atualmente é Professora Adjunta I da Universidade do Estado do Pará, atuando no Curso de Ciências Naturais, bem como no Centro de Ciências e Planetário do Pará onde coordena o Grupo de Pesquisa Ciência Tecnologia, Meio Ambiente e Educação não-formal . Também é docente Centro Universitário do Pará - CESUPA. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação em Ciências, atuando principalmente nos seguintes temas: Ensino de Ciências e Biologia, Formação de Professores, Representação Social, Educação ambiental e Meio ambiente. Desde agosto de 2013 é Diretora do Centro de Ciências e Planetário do Pará
Maria de Valdivia Costa Norat Gomes, Graduação em Engenharia Civil pela Universidade Federal do Pará (1981), especialização em Saúde Pública e Ciências da Enga. Ambiental, e mestrado em Geofísica pela Universidade Federal do Pará (1998). Atualmente é professora adjunta da Universidade Federal do Pará. Tem experiência na área de Engenharia Sanitária e Ambiental, atuando principalmente nos seguintes temas: meio ambiente, saneamento, gestão ambiental, resíduos sólidos e recursos hídricos.
Programa de Pós-Graduação em Processos Construtivos e Saneamento Urbano, Universidade Federal do Pará. Manaus-AM
Published
2015-05-05
How to Cite
LIMA, P. DE F. DA C.; LIMA, A. M. M. DE; CASTRO, S. M. V. DE; GOMES, M. DE V. C. N. O consumo de alimentos orgânicos na cidade de Manaus (AM): o comércio de produtos e a sustentabilidade do setor. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, v. 10, n. 1, p. 120 - 127, 5 May 2015.
Section
ARTICLES