Diagnóstico do potencial de contaminação de águas subterrâneas por agrotóxicos aplicados na agricultura do entorno do reservatório São Gonçalo - PB

  • Ricardo Lins Vale
  • Saulo Soares da Silva
  • Elysson Marcks Gonçalves Andrade
  • Janine Patrícia Melo Oliveira
  • Patrício Borges Maracajá

Resumo

A importância dos agrotóxicos para o modelo de desenvolvimento agrícola vigente é indiscutível, uma vez que constituem parte dos insumos básicos. Entretanto, é muito importante que sejam utilizados adequadamente para a preservação não só dos produtos cultivados, mas também dos próprios recursos naturais, principalmente o solo e a água, além da saúde dos agricultores e consumidores. Este trabalho foi realizado na região do entorno do Reservatório São Gonçalo - PB e tem como objetivo diagnosticar o potencial de contaminação de águas subterrâneas por agrotóxicos aplicados na agricultura irrigada da região, baseado nos métodos Método Screening da Agência de Proteção Ambiental Americana (Environmental Protection Agency, EPA) e o Índice de Vulnerabilidade de Águas Subterrâneas (Groundwater Ubiquity Score, GUS). Por meio da comparação entre os métodos observou-se que 35,3% dos princípios ativos utilizados nas lavouras da área de estudo apresentam alto potencial de contaminação para as águas subterrâneas comparando o Método Screening da EPA e Índice de GUS. A identificação do potencial contaminante dos agrotóxicos aplicados na região do entorno do Reservatório São Gonçalo - PB através da utilização dos modelos de Screning da EPA e o Índice de GUS demonstra que a área de estudo pode apresentar altos níveis de contaminação de corpos d’água subterrâneos por agrotóxicos. Assim, torna-se necessário o monitoramento e controle das águas subterrâneas do entorno do reservatório São Gonçalo-PB pelos órgãos ambientais competentes, bem como a conscientização dos agricultores perante o uso excessivo dos agrotóxicos.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2015-06-15
Seção
ARTIGOS