Production and quality of the melon in an organic production system in the semi-arid region of Bahia, Brazil

Authors

DOI:

https://doi.org/10.18378/rvads.v14i3.6509

Keywords:

Agroecosystems, Organic fertilizer, Yellow melon

Abstract

Melon has high expenses with mineral fertilizers, highlighting the possibility of using alternative products such as biofertilizers. In this context, the objective was to evaluate the productive response of yellow melon, analyzing its performance against the use of different concentrations of liquid biofertilizer in the Bahian semiarid. The experimental design was randomized blocks, with six treatments and four replications, with control and 5 concentrations of biofertilizer: 2, 4, 6, 8 and 10%, applied via leaf in the culture. Eight sprays were performed 30 days after planting. The longitudinal and transverse fruit length, longitudinal cavity length, pulp thickness, average fruit weight, yield, soluble solids, titratable acidity and SS/TA ratio were analyzed. The biofertilizer promoted increase of longitudinal length of fruits in increasing linear way, while the other variables were quadratically influenced, except for SS and SS/TA which presented cubic response. The use of liquid biofertilizer in the organic production system promotes improvements in the productivity and quality of melon.

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biographies

Rafael Alves dos Santos, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano, Guanambi

Técnico em Agropecuária formado pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano - Campus Guanambi (2012); Graduando em Engenharia Agronômica pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano - Campus Guanambi. Atualmente desenvolve projetos de pesquisa na área de fitotecnia, com ênfase na adubação/produção voltado para a fruticultura (goiaba) e agroecologia.

Fátima de Souza Gomes, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano, Guanambi

Graduanda em Engenharia Agronômica pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano - Campus Guanambi. Atualmente desenvolve projetos de pesquisa na área de fitotecnia, com ênfase na adubação/produção voltado para a fruticultura (goiaba), fertilidade do solo e agroecologia.

Hugo Roldi Guariz, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano, Guanambi

Possui graduação em Engenharia Florestal pela Universidade Federal do Espírito Santo (2006). e mestrado, pela mesma instituição, na área de Produção Vegetal com ênfase na área de Manejo de Bacias Hidrográficas. Trabalhou na Prefeitura de São Roque do Canaã como Secretário Municipal de Meio Ambiente. Atuou como Consultor Ambiental em diversas atividades. Atualmente, trabalha como professor no Instituto Federal Baiano, Campus Guanambi, como professor EBTT, atuando no cursos de ensino superior de Agronomia e Agroindústria e os cursos técnicos em Agricultura e Agropecuária. 

Thiago Brito de Souza Porto, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano, Guanambi

Graduando em Engenharia Agronômica pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano - Campus Guanambi. Tem experiência na área de Zootecnia, com ênfase em Manejo, Nutrição e Alimentação animal, atuando principalmente nos seguintes temas: etologia, alimentação, consumo e digestibilidade.

References

ARANDA, V.; MACCI, C.; PERUZZI, E.; MASCIANDARO, G. Biochemical activity and chemicalstructural properties of soil organic matter after 17 years of amendments with olivemill pomace co-compost. Journal of Environmental Management, v. 147, p. 278-285, 2015. 10.1016/j.jenvman.2014.08.024

AGRIANUAL, Anuário da Agricultura Brasileira. Ed. 16. São Paulo: FNP, Consultoria e Comércio, p. 321 – 324, 2011.

AGRIANUAL, Anuário da Agricultura Brasileira. Ed. 18. São Paulo: FNP Consultoria e Comércio, p. 112 – 121, 2013.

AGRIANUAL, Anuário da Agricultura Brasileira. Ed. 20. São Paulo: FNP Consultoria e Agro Informativos, p. 221 – 229, 2015.

ARAÚJO NETO, S. E. de; GURGEL, F. de L.; PEDROSA, J. F. P.; FERREIRA, R. L. F.; ARAÚJO, A. de P. Produtividade e qualidade de genótipos de melão amarelo em quatro ambientes. Revista Brasileira de Fruticultura. v.25, n.1, p.104-107, 2003. 10.1590/S0100-29452003000100030

BENÍCIO, L. P. F.; OLIVEIRA, V.A.; REIS, A. F. B.; CHAGAS JÚNIOR, A. F.; LIMA, S. O. Efeitos de diferente biofertilizante e modos de aplicação na nodulação do feijão caupi. Revista Tropica: Ciências Agrárias e Biológicas. v.6, n.3, p.111-119. 2012. 10.0000/rtcab.v6i3.503

BRAGA, M. B.; MAROUELLI, W. A.; RESENDE, G. M.; MOURA, M. S. B.; COSTA, N. D.; CALGARO, M.; CORREIA, J. S. Coberturas do solo e uso de manta agrotêxtil (TNT) no cultivo do meloeiro. Horticultura Brasileira, v. 35, n.1, p. 147-153, 2017. 10.1590/s0102-053620170123

COSTA, C. P.; PINTO, C. A. B. P. Melhoramento de hortaliças. Piracicaba: ESALQ/USP, Departamento de Genética, p. 319, 1977.

DAMATTO JUNIOR, E. R.; NOMURA, E. S.; FUZITANI, E. J.; SAES, L. A. Experiências com o uso de adubação orgânica na cultura da banana. In: GODOY, L. J. G.; GOMES, J. M. Tópicos sobre nutrição e adubação da cultura da banana. Botucatu: FEPAF/UNESP, 2009. p.94-120.

DONATO, S. L. R.; LÉDO, A. A.; PEREIRA, M. C. T.; COELHO, E. F.; COTRIM, C. E.; Estado nutricional de bananeiras tipo prata sob diferentes sistemas de irrigação. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v.45, n.09, p.980 - 988, 2010. 10.1590/S0100-204X2010000900007

EMBRAPA, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Rio de Janeiro: Manual de métodos de análise de solo, 1997.

EMBRAPA, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Manual de Análises Químicas de Solos, Plantas e Fertilizantes. Brasília, DF: Embrapa Informação Tecnológica, 2009.

EMBRAPA, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Sistema Brasileiro de Classificação de Solos. 4. Ed., Brasília: Embrapa Solos, p. 253, 2013.

FARIA, A. F.; ALVAREZ, V. V. H.; MATTIELLO E. M.; LIMA, N. J. C.; FELIX, B. N.; NOGUEIRA, P. H. Capacidade de suprimento de potássio em solos de Minas Gerais – Brasil. Spanish Journal of Soil Sciense, v.22, n.1, p.26-37, 2012. 10.3232/SJSS.2012.V2.N1.02.

FERREIRA, D. F. SISVAR: um programa para análises e ensino de estatística. Ciência e Agrotécnologia, v.6, n.1, p. 1039-1042, 2011. 10.1590/S1413-70542011000600001

FERREIRA, L. L. Desempenho agronômico das culturas do milho e melão em sistema orgânico. 2015.107f. Tese (Doutorado em Fitotecnia) - Universidade Federal Rural do Semi-Árido. Mossoró, 2015.

FAO, Food and Agriculture Organization. Agricultural production, primary crops. Disponível em: <http://www.fao.org/faostat/en/#faq>. Acesso em: 30 de outubro, 2018.

FAO, Food and Agriculture Organization of the United Nations. Faoestat. Disponível em: <http://faostat.fao.org/faostat>. Acesso em: 21 de março de 2018.

FREIRE, G. M.; MEDEIROS, J. F.; OLIVEIRA, F. A.; AMÂNCIO, M. G.; PONTES, N. C.; SOARES, I. A. A.; SOUZA, A. L. M. Aplicação de composto orgânico líquido via fertirrigação na cultura do meloeiro. Bioscience Journal, v. 25, n. 5. P. 49-55. 2009. 10.1590/S0102-053620140000400007

IAL, Instituto Adolfo Lutz. Normas analíticas: métodos químicos e físicos para análises de alimento. São Paulo: ed. 2, 1985.

INSELSBACHER, E.; WANEK, W.; STRAUSS, J.; ZECHMEISTER-BOLTENSTERN, S.; MÜLLER, C. A novel 15 N tracer model reveals: Plant nitrate uptake governs nitrogen transformation rates in agricultural soils. Soil Biology and Biochemistry, v.57, p.301-310, 2013. 10.1016/j.soilbio.2012.10.010.

IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Sistema IBGE de recuperação Automática (SIDRA). Disponível em: <http://www.sidra.ibge.gov.br>. Acesso em: 21 de setembro de 2018.

IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Produção Agrícola. Disponível em: <http://www.ibge.gov.br/estadosat/temas.php?sigla=pe&tema=lavouratemporaria.2012>. Acesso em: 30 de setembro de 2018.

MALAVOLTA, E.; VITTI, G. C.; OLIVEIRA, S. A. Avaliação do estado nutricional das plantas: princípios e aplicações. Piracicaba: POTAFOS, 2. ed., 1997. 201p.

MARROCOS, S. de T. P. Composição de biofertilizante e sua utilização via fertirrigação em meloeiro. 2011. 62f. Dissertação (Mestre em Agronomia-Fitotecnia) – Universidade Federal Rural do Semi-Árido, Mossoró-RN, 2011.

MARROCOS, S. T. P.; JUNIOR, J. N.; GRANGEIRO, L. C.; AMBROSIO, M. M. Q.; CUNHA, A. P. A. Composição química e microbiológica de biofertilizantes em diferentes tempos de decomposição. Revista Caatinga, v. 25, n. 4, p.34-43, 2012.

MELO, D. M.; CASTOLDI, R; CHARLO, H. C. O.; GALATTI, F. S.; BRAZ, T. L. Produção e qualidade de melão rendilhado sob diferentes substratos em cultivo protegido. Revista Caatinga. v. 25, n. 1, p. 58-66. 2012.

MENEZES, J. B.; FILGUEIRA, H. A. C.; ALVES, R. E.; AIA, C. E.; ANDRADE, G. G.; ALMEIDA, J. H. S.; VIANA, F. M. P. Qualidade do melão para exportação. p. 13 -16 In: ALVES, R. E. A. Melão. Brasil: pós-colheita, Fortaleza: Embrapa Agroindustrial Tropical, 2000.

MESQUITA, E. F.; CAVALCANTE L. F.; GONDIM S. C.; CAVALCANTE, I. H. L.; ARAÚJO, F. A. R.; BECKMANN-CAVALCANTE, M. Z. Produtividade e qualidade de frutos do mamoeiro em função de tipos e doses de biofertilizantes. Semina, v. 28, n. 4, p. 589-596. 2007. 10.5433/1679-0359.2007v28n4p589

MESQUITA, A. C.; GAMA, D. R. S.; YURI, J. E.; SANTOS, E. N.; FERREIRA, T. S. D. Utilização de biofertilizante na produção de duas cultivares de melão. Revista Sodebras. v.9, n.107, p.52 - 55, 2014. 10.32404/rean.v4i2.1167

NUNES, G. H. S.; MELO, D. R. M.; DANTAS, D. J.; ARAGÃO, F. A. S.; NUNES, W. L. P. Divergência genética entre linhagens de melão do grupo Inodorus. Revista Ciência Agronômica. v.42, n.2, p.448-456, 2011.

OLIVEIRA, W. S. Eficiência agronômica de biofertilizante – bioprotetor na produtividade e qualidade do melão em argissolo vermelho amarelo no sudoeste da Bahia. 2011. 57f. Dissertação (Mestrado em Ciências do Solo) – Universidade Federal Rural de Pernambuco, Departamento de Agronomia, Recife, 2011.

PADUAN, M. T.; CAMPOS, R. P.; CLEMENTE, E. Qualidade dos frutos de tipos de melão, produzidos em ambiente protegido. Revista Brasileira de Fruticultura, v.29, n.3, p.535-539, 2007. 10.1590/S0100-29452007000300024

PINTO, J. M.; GAVA, C. A. T.; LIMA, M. A. C.; SILVA, A. F.; RESENDE, G. M. Cultivo orgânico de meloeiro com aplicação de biofertilizantes e doses de substância húmica via fertirrigação. Revista Ceres, v. 55, n.4, p. 280-286, 2008.

PRADO, R. M. Nutrição de Plantas. 1. ed. São Paulo: Editora UNESP, v.1. p. 300, 2008.

RIBEIRO, S. A.; MATIAS, S. S. R.; SOUSA, R. R.; ALIXANDRE, T. F.; OLIVEIRA, W. S. Aplicação de fontes orgânicas e mineral no desenvolvimento e produção do melão no sul do Estado do Piauí. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável. v.9, n.1, p.320 - 325, 2014.

RODRIGUES, A. C.; CAVALCANTE, L. F.; DANTAS, T. A. G.; CAMPOS, V. B.; DINIZ, A. A. Caracterização de frutos de maracujazeiro amarelo em solo tratado com “biofertilizante Supermagro” e potássio. Revista Magistra, v. 8, n. 5, p.1997-2005, 2008. 10.1590/S1415-43662011000300002

SANTOS, M. F.; COSTA, C. C.; OLIVEIRA, E. M.; BARBOSA, J. W. S. Avaliação de genótipos de melão amarelo em Paulista, PB. Tecnologia e Ciência Agropecuária, v.5, n.1, p.1-6, 2011.

SANTOS, A. P. G.; VIANA, T. V. A.; SOUSA, G. G.; AZEVEDO, B. M.; SANTOS, A. M. Produtividade e qualidade de frutos do meloeiro em função de tipos e doses de biofertilizantes. Horticultura Brasileira, v.32, n.4, p.409-416. 2014. 10.1590/S0102-053620140000400007

SEBRAE, Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas. Boletim de Inteligência. Agronegócio Fruticultura, 2015. Disponível em: <http://www.sebraemercados.com.br/wp-content/uploads/2015/11/Panorama-do-mercado-de-fruticultura-no-Brasil>. Acesso em 15 de mar. 2019.

SILVA, D. J.; FARIA, C. M. B.; PINTO, J. M. P.; COSTA, N. D.; GAVA, C. A. T.; DIAS, R. C. S.; GOMES, T. C. A.; ARAÚJO, J. L. P. Cultivo de melão orgânico: fosfatos naturais como fontes alternativas de fósforo. Revista Brasileira de Fruticultura, v. 31, n. 2, p. 559-566. 2009. 10.1590/S0100-29452009000200034

SILVA, M. C.; SILVA, T. J. A.; BONFIM-SILVA, E. M.; FARIAS, L. do N. Características produtivas e qualitativas de melão rendilhado adubado com nitrogênio e potássio. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental. v.18, n.6, p.581-587. 2014. 10.1590/S1415-43662014000600003

SOBRINHO, R. B.; GUIMARÃES, J. A.; FREITAS, J. A. D.; TERÃO, D. Organizadores. Produção Integrada de melão, Embrapa Agroindústria Tropical. Fortaleza: p.338, 2008.

SOUZA, J. T. A.; CAVALCANTE, L. F.; NUNES, J. C.; BEZERRA, F. T. C.; NUNES, J. A. S.; SILVA, A. R.; ORESCA, D.; CAVALCANTE, A. G. Effect of saline water, bovine biofertilizer and potassium on yellow passion fruit growth after planting and on soil salinity. African Journal of Agricultural Research, v.11, n.32, p.2994-3003, 2016. 10.5897/AJAR2016.11233

SOUSA, A. L. N.; RIBEIRO, A. C. B.; SANTOS, D. G.; RICARDO, N. M. P. S.; RIBEIRO, M. E. N. P.; CAVALCANTI, E. S. B.; CUNHA, A. P.; RICARDO, N. M. P. S. Modificação química da pectina do melão caipira (Cucumis melo var. Acidulus). Química Nova, v. 40, n. 5, p. 554-560, 2017.

TAIZ, L.; ZEIGER, E.; MOLLER, I. M.; MURPHY, A. Fisiologia e desenvolvimento vegetal. Porto Alegre: Artmed, 6 ed, 2017. p. 858.

VIEIRA, M. S.; OLIVEIRA, F. H. T.; SANTOS, H. C.; MEDEIROS, J. S. Contribution of non-exchangeable potassium forms and its accumulation in corn plants. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v.20, n.1, p.9- 15, 2016. 10.1590/1807-1929.

Published

07-11-2019

How to Cite

SANTOS, R. A. dos; GOMES, F. de S.; GUARIZ, H. R.; PORTO, T. B. de S. Production and quality of the melon in an organic production system in the semi-arid region of Bahia, Brazil. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, [S. l.], v. 14, n. 3, p. 397–405, 2019. DOI: 10.18378/rvads.v14i3.6509. Disponível em: https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/RVADS/article/view/6509. Acesso em: 17 jun. 2024.

Issue

Section

AGRICULTURAL SCIENCES

Most read articles by the same author(s)