Agrofrestry systems as a complementary income generation for fishermen in Lake Tucuruí, Pará, Brazil

Authors

DOI:

https://doi.org/10.18378/rvads.v15i3.7503

Keywords:

Agroforestry Systems, Cabruca System, Artisanal Fishermen, Family Farming, Agroforestry Yard

Abstract

Agroforestry systems are forms of land use that combine woody tree species with agricultural crops and / or animals, simultaneously or in time, in economic and ecological interaction. Family farmers in the Amazon benefit from economic and ecological gains when managing various productive arrangements in agroforestry systems, being, therefore, a reference for stimulating this research that sought to identify and analyze agroforestry systems with potential income generation for artisanal fishermen who suffer with a sharp reduction in income in the months of the year when they are subject to restrictions on fishing, a time known as the closed season. The research was based on a case study with a semi-structured questionnaire and field visits based on the “snowball” methodology. During the research, ten SAF experiences were observed, among which two systems were considered promising for fishermen because they provide a significant increase in income in the period of desire, as are systems with management requirements (labor and knowledge). , appropriate to the local conditions of fishermen. Such systems are "Cacaueiro em Sistema Cabrunca" and "Açaizeiro em Quintal Agroflorestal", respectively with income of R $ 8,530.40/year and R $ 10,215.00/year.

Downloads

Download data is not yet available.

References

ALMEIDA, R. J. N. Saberes da pesca em unidade de conservação: os pescadores da RDS Alcobaça no lago da usina hidrelétrica de Tucuruí/PA. 2016. 233f. Tese (Doutorado) – Universidade Federal do Pará, Programa de Pós-Graduação em Ecologia Aquática e Pesca, Belém, 2016.

BRANT. H. Os Sistemas Agroflorestais com funções ecológicas ressaltadas em áreas de conservação no Brasil. In: RIGHI, C.; BERNARDES, M. Cadernos da Disciplina Sistemas Agroflorestais. Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2015.

BRASIL. Lei nº 10.779, de 25 de novembro de 2003. Dispõe sobre a concessão do benefício de seguro desemprego, durante o período de defeso, ao pescador profissional que exerce a atividade pesqueira de forma artesanal. Publicado no Diário Oficial da União.

CANTO, O.; CONDURÚ, M. & VASCONCELLOS (org.). Gestão ambiental na Amazônia: território, desenvolvimento e contradições, 2017. Belém, editora NUMA/UFPA, p192. Disponível em: <http://livroaberto.ufpa.br/jspui/handle/prefix/165>. Acessado em 28/06/2019.

EMBRAPA - Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Valoração de serviços ecossistêmicos: estado da arte dos sistemas agroflorestais (SAFs). Circular Técnica no. 01. 2011.

FERREIRA, M.; COELHO, A. Desmatamento Recente nos Estados da Amazônia Legal: uma análise da contribuição dos preços agrícolas e das políticas governamentais. Revista de Economia e Sociologia Rural, v. 53, n. 1, p.91-108. 10.1590/1234-56781806-9479005301005. 2015.

FAO, Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (2014). Disponível em: <http://www.fao.org/home/en/>. Acessado em 28/06/2019.

GOULART, I. C. G.; OLIVAL, A. A.; VIDAL, E.; ARANTES, V. T. Fatores relacionados à adoção de práticas de manejo em sistemas agroflorestais sucessionais na região norte de Mato Grosso. Revista Brasileira de Agroecologia, v3, p 96-205, 2016.

HANDCOCK, M. S.; GILE, K. J. On the Concept of Snowball Sampling. Sociological Methodology, v. 41, n. 1, p. 367-371, 2011. 10.1111/j.1467-9531.2011.01243.x

HOMMA, A. K. O.; SANTOS, J. C.; SENA, A. L. S.; MENEZES, A. J. E. A. Pequena produção na Amazônia: conflitos e oportunidades, quais os caminhos? Revista Amazônia: Ciência e Desenvolvimento, Belém, v.9, n.18, p. 137-154, 2014.

JUNQUEIRA, C. A; SCHLINDWEIN, N. M.; CANUTO, C. J; NOBRE, G. H.; SOUZA, M. J. T. Sistemas agroflorestais e mudanças na qualidade do solo em assentamento de reforma agrária. Revista Brasileira de Agroecologia, v. 8, p 102-115, 2013.

LAMARCHE, H. A agricultura familiar: comparação internacional: do mito à realidade. Coleção Repertórios - Embrapa. v.2, 348p. 1999.

LOBÃO, D.; SETENTA, W.; VALLE, R. Sistema Agrossilvicultura Cacaueiro: Modelo de agricultura sustentável. Revista de Agrossilvicultura, v. 1, n. 2, p. 163-173, 2004.

NOGUEIRA, M. K. A.; SANTANA, C. A. Benefícios socioeconômicos da adoção de novas tecnologias no cultivo do açaí no Estado do Pará. Rev. Ceres, Viçosa, v. 63, n.1, p. 001-007, 2016. 10.1590/0034-737X201663010001

MICCOLIS, A.; PENEIREIRO, M. F; MARQUES, R. H.; VIEIRA, M. L. D.; ARCO-VERDE, F. M.; HOFFMANN, R. M.; REHDER, T. PEREIRA, B. V. A. Guia Técnico Restauração ecológica com Sistemas Agroflorestais: como conciliar conservação com produção. Centro Internacional de Pesquisa Agroflorestal. ICRAF, Brasília. 2016.

PARÁ. Estatística Municipal de Tucuruí. Tucuruí, Pará, Brasil: Instituto de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental do Pará, 2014. Disponível em: <http://fapespa2.pa.gov.br/pdf/estatisticaMunicipal/pdf/Tucurui.pdf>. Acesso em 20 de julho de 2018.

PALUDO, R.; COSTABEBER, J. A. Sistemas agroflorestais como estratégia de desenvolvimento rural em diferentes biomas brasileiros. Revista Brasileira de Agroecologia, v. 7, n. 2, p. 63-76, 2012.

POKORNY, B., GODAR, J., HOCH, L., JOHNSON, J., DE KONING, J., MEDINA, G., STEINBRENNER, R., VOS, V. E WEIGELT, J. A produção familiar como alternativa de um desenvolvimento sustentável para a Amazônia: lições aprendidas de iniciativas de uso florestal por produtores familiares na Amazônia boliviana, brasileira, equatoriana e peruana. CIFOR, 2010.

SILVA, J. B. da; SIMONIAN, L. T. L. População tradicional, Reservas Extrativistas e racionalidade estatal na Amazônia brasileira. Revista Brasileira de Desenvolvimento de Meio Ambiente, v. 33, p. 163-175, 2015.

SILVA, C. M. M.; COELHO, B. A. A Influência dos preços sobre a demanda domiciliar por frutas e hortaliças: uma análise por classes de renda. Revista de Economia, v. 41, n. 2, p. 99-122, 2015.

WAQUIL, D. P.; MIELE, M.; SHULTZ, G. Mercados e comercialização de produtos agrícolas. 4 ed. Porto Alegre: Editora Universidade Federal do Rio Grande d p Sul - Planejamento e Gestão para o Desenvolvimento Rural da SEAD/UFRGS, 2010. 74p.

ZUGAIB, A.; BARRETO, R. O mercado Brasileiro de cacau: Perspectivas de demanda, oferta e preços. Revista Antrópica, Ilhéus, v. 27, n. 3, p. 303-316, 2015.

Published

01-07-2020

How to Cite

SERRA, A. B.; MATOS, L. S.; OLIVEIRA, A. M. de. Agrofrestry systems as a complementary income generation for fishermen in Lake Tucuruí, Pará, Brazil. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, [S. l.], v. 15, n. 3, p. 292–299, 2020. DOI: 10.18378/rvads.v15i3.7503. Disponível em: https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/RVADS/article/view/7503. Acesso em: 28 may. 2024.

Issue

Section

INTERDISCIPLINARY