SUBSTÂNCIAS ATRATIVAS NO MONITORAMENTO DE MOSCAS-DAS-FRUTAS EM GOIABEIRAS E MANGUEIRAS NO MUNICÍPIO DE BANANEIRAS-PB

Authors

  • José George Ferreira Medeiros Universidade Federal da Paraíba
  • Altamiro Oliveira Malta
  • Nivânia Pereira Costa
  • Raunira Costa Araújo
  • Elton Lúcio Araújo

Abstract

Objetivou-se verificar o efeito de substratos na atratividade de moscas-das-frutas, nas culturas da goiabeira e mangueira no município de Bananeiras – PB. Para as plantas de goiabeira, o delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualizados (DBC), com cinco tratamentos e quatro repetições, utilizando-se 40 frascos caça-moscas, sendo que cada um dos substratos, sorteado aleatoriamente, fez parte de todas as parcelas. Os tratamentos utilizados nas plantas de goiabeira foram: T1- Testemunha, T2- suco de maracujá, T3- suco de manga, T4- suco de goiaba e T5- suco de abacaxi. Para as plantas de mangueira foi utilizado o delineamento DBC, sendo que neste caso foram aplicados três tratamentos (T1, T2 e T3) e quatro repetições. Foi possível concluir que: os tratamentos foram eficientes para realizar o monitoramento das moscas-das-frutas nos pomares de goiabeira e mangueira; em plantas de goiabeiras e mangueiras, os atrativos alimentares a base de suco de goiaba e suco de manga exerceu, respectivamente, maior atração;constatou-se a presença de moscas-das-frutas do gênero Ceratitis capitata e quatro espécies de moscas-das-frutas do gênero Anastrepha nos pomares do CCHSA sendo elas: Anastrepha fraterculus, A. socorcula, A. Zenildae e A. obliqua.

Downloads

Download data is not yet available.

Published

03-03-2011

How to Cite

MEDEIROS, J. G. F.; MALTA, A. O.; COSTA, N. P.; ARAÚJO, R. C.; ARAÚJO, E. L. SUBSTÂNCIAS ATRATIVAS NO MONITORAMENTO DE MOSCAS-DAS-FRUTAS EM GOIABEIRAS E MANGUEIRAS NO MUNICÍPIO DE BANANEIRAS-PB. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, [S. l.], v. 6, n. 5, p. 213–219, 2011. Disponível em: https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/RVADS/article/view/758. Acesso em: 17 jun. 2024.

Most read articles by the same author(s)