(CIS)-JASMONA INDUTOR DE REPELÊNCIA PARA Aphis craccivora KOCH 1854 EM Vigna Unguiculata (L) WALP

  • Miguel Angel Martinez Gutierrez Universidade Federal de Alagoas
  • Thyago Fernando Lisboa Ribeiro Universidade Federal de Alagoas
  • João Gomes da Costa Universidade Federal de Alagoas
  • Henrique Fonseca Goulart Universidade Federal de Alagoas
  • Antônio Euzébio Goulart Santana Universidade Federal de Alagoas
Palavras-chave: Olfatometro, Repelência, Feijão Caupi, COVs

Resumo

O feijão caupi, Vigna unguiculata (L.) Walp. (Fabaceae), é uma leguminosa importante na dieta humana. Sendo o Brasil um dos maiores produtores mundiais de feijão caupi. Porém um dos fatores limitantes para sua produção é o pulgão preto, Aphis Craccivora Koch 1854 (Hemíptera: Aphididae), responsável pela transmissão do vírus do mosaico Cowpea aphid borne mosaic virus (CABMV). Na busca de alternativas de controle, observa-se a recomendação de cis-jasmona (CJ), composto descrito como elicitor de defensa vegetal, que ativa os mecanismos de defesa da planta alterando a composição e emissão dos Compostos Orgânicos Voláteis (COVs.). Nesse sentido objetivou-se estudar a ação da CJ e seu papel na ativação do mecanismo de defesa em plantas de feijão caupi frente ao pulgão preto. Foram utilizados 3 genótipos de feijão caupi: Vita 7 (suscetível), BR Gurgueia (tolerável) e BRS-Guariba (resistente). Os COV´s foram coletados por 24 horas. Os genótipos foram submetidos aos seguintes tratamentos: plantas controle (sem aplicação de CJ) e plantas com aplicação de CJ. Com os extratos obtidos foram utilizados para avaliar a resposta comportamental dos pulgões frente aos COVs. Nos bioensaios comportamentais foram avaliados a repelência e atratividade dos COVs utilizando olfatômetro de 4 braços. Os genótipos Vita 7, BR Gurgueia e guariba tratados com CJ apresentaram diferença significativa para o teste de repelência quando comparados com o controle. Observou-se que as plantas tratadas com CJ apresentam mudanças na emissão dos COVs e induzem repelência das plantas para A. Craccivora.
Publicado
2020-05-25
Como Citar
Gutierrez, M. A. M., Ribeiro, T. F. L., Costa, J. G. da, Goulart, H. F., & Santana, A. E. G. (2020). (CIS)-JASMONA INDUTOR DE REPELÊNCIA PARA Aphis craccivora KOCH 1854 EM Vigna Unguiculata (L) WALP. Caderno Verde De Agroecologia E Desenvolvimento Sustentável, 10(1), e21. Recuperado de https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/CVADS/article/view/7917
Seção
SIMPÓSIO EM PROTEÇÃO DE PLANTAS