IMPACTOS SOCIOAMBIENTAIS GERADOS PELAS AGROINDÚSTRIAS FAMILIARES RURAIS NO SEMIÁRIDO NORDESTINO BRASILEIRO

  • Sanduel Oliveira de Andrade Universidade Federal de Campina Grande
  • Andréa Maria Brandão Mendes de Oliveira Universidade Federal de Campina Grande
  • Luiz Fernando de Oliveira Coelho Universidade Federal de Campina Grande
  • Célia Soares de Brito Universidade Federal de Campina Grande
  • Rayan Araújo Valério Universidade Federal de Campina Grande
  • Daniela de Matos Ferreira Universidade Federal de Campina Grande
  • Yasmim Sousa e Lima Universidade Federal de Campina Grande
Palavras-chave: Agricultura familiar, Sustentabilidade, Gestão Ambiental.

Resumo

Para se adaptar as novas tendências do mercado, o pequeno produtor rural sentiu-se obrigado a modificar seu perfil de produção, comercializando o excedente e automatizando a cadeia produtiva e buscando novas alternativas, diversificando a produção e consequentemente, agregando valor ao produto e incrementando a renda familiar. O presente artigo teve por finalidade abordar a problemática dos resíduos gerados pelo setor agroindustrial e foi elaborado mediante um levantamento literário de artigos já existentes. Para este levantamento optou-se pela busca de material bibliográfico nacional e internacional, oriundo de periódicos, livros, anais de eventos, monografias, dissertações, teses e documentos oficiais, durante o período de maio a dezembro de 2015. O setor agroindustrial brasileiro, em 2013, foi responsável pela oferta de 70% dos produtos que compõe a cesta básica, ocupa 80% da mão-de-obra rural, responde por 40% do valor bruto da produção agropecuária nacional e obtém em média três vezes mais renda por hectare cultivado. Após minuciosa análise dos artigos pode-se afirmar que as agroindústrias familiares ainda necessitam adotar um sistema eficiente de gestão e controle ambiental, no intuito de aperfeiçoar a cadeia produtiva destas agroindústrias e utilizar o que antes era resíduo, como o caso do soro de leite, como matéria prima para fabricação de outros produtos. Para isso, é necessário promover treinamentos de capacitação, além de conscientizar os proprietários e funcionários no que diz respeito à problemática ambiental sem afetar a saúde financeira destas empresas rurais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sanduel Oliveira de Andrade, Universidade Federal de Campina Grande

Engenheiro Agrônomo. Universidade Federal de Campina Grande (UFCG); Especialista em Geoprocessamento. Faculdades Integradas de Patos (FIP); Especialista em Educação Ambiental e Geografia do Semiárido. Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN). Mestrando em Sistemas Agroindustriais. Universidade Federal de Campina Grande (UFCG).

Andréa Maria Brandão Mendes de Oliveira, Universidade Federal de Campina Grande
Engenharia Química, Professora Doutora - Universidade Federal de Campina Grande – UFCG/UACTA, Campus Pombal PB
Luiz Fernando de Oliveira Coelho, Universidade Federal de Campina Grande
Técnico em Química - Universidade Federal de Campina Grande – UFCG/UACTA, Campus Pombal PB
Célia Soares de Brito, Universidade Federal de Campina Grande
Graduanda em Engenharia Ambiental. Universidade Federal de Campina Grande - UFCG
Rayan Araújo Valério, Universidade Federal de Campina Grande
Graduando em Engenharia Ambiental. Universidade Federal de Campina Grande - UFCG
Daniela de Matos Ferreira, Universidade Federal de Campina Grande
Graduanda em Engenharia Ambiental. Universidade Federal de Campina Grande - UFCG
Yasmim Sousa e Lima, Universidade Federal de Campina Grande
Graduanda em Engenharia Ambiental. Universidade Federal de Campina Grande - UFCG
Publicado
2016-01-01
Seção
ARTIGOS DE REVISÃO

Artigos mais lidos pelo mesmo (s) autor (es)