AVALIAÇÃO DA ATIVIDADE ANTIOXIDANTE E CARACTERIZAÇÃO FÍSICO-QUÍMICA DE FARINHAS DE CLADÓDIOS DA Opuntia stricta (Haw.) EM DIFERENTES FREQUÊNCIAS DE IRRIGAÇÃO

  • Cinara Vanessa de Muniz Almeida UFRPE, UNIDADE ACADÊMICA DE GARANHUNS-PE
  • Suellen Arlany Silva Gomes UFRPE, UNIDADE ACADÊMICA DE GARANHUNS-PE
  • José Fábio Ferreira de Oliveira UFRPE, UNIDADE ACADÊMICA DE GARANHUNS-PE
  • Rodrigo Mendonça de Lucena UFRPE, UNIDADE ACADÊMICA DE GARANHUNS-PE
  • Airon Aparecido Silva de Melo UFRPE, UNIDADE ACADÊMICA DE GARANHUNS-PE
  • Suzana Pedroza da Silva UFRPE, UNIDADE ACADÊMICA DE GARANHUNS-PE

Resumo

O objetivo deste trabalho foi avaliar a atividade antioxidante e caracterizar físico-quimicamente farinhas de palma da variedade orelha de elefante mexicana em diferentes frequências de irrigações. Os cladódios foram coletados após 2 anos do plantio, em 4 frequências de irrigação: sem irrigação (F0), a cada 7 (F7), 14 (F14) e 21 dias (F21). Os cladódios foram sanitizados, picados, secos em estufa, triturados e armazenados a temperatura ambiente (~25 °C), em recipientes de polietileno transparente com tampa. Foram realizadas análises físico-químicas: sólidos solúveis totais, pH, atividade de água, açúcares redutores, acidez total titulável, teores de umidade e cinzas, e atividade antioxidante ABTS. Os resultados foram submetidos à análise de componentes principais. Todas as farinhas apresentaram teor de umidade menor que 15%, o que está de acordo com os padrões da legislação. A farinha F21 apresentou maior concentração de sólidos solúveis e maior concentração de açúcares. Um maior destaque foi para a farinha F14 a qual apresentou melhores resultados de sólidos solúveis totais, pH e atividade antioxidante.A farinha F14 indica baixa susceptibilidade as contaminações microbianas devido ao menor valor de pH e atividade de água, assim como mais alta atividade antioxidante sendo a melhor condição de obtenção da farinha.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cinara Vanessa de Muniz Almeida, UFRPE, UNIDADE ACADÊMICA DE GARANHUNS-PE
Graduanda em engenharia de alimentos, UFRPE, Garanhuns-PE
Suellen Arlany Silva Gomes, UFRPE, UNIDADE ACADÊMICA DE GARANHUNS-PE
Graduanda em engenharia de alimentos, UFRPE, Garanhuns-PE
José Fábio Ferreira de Oliveira, UFRPE, UNIDADE ACADÊMICA DE GARANHUNS-PE
Estudante de mestrado em ciência animal e pastagem, PPGCAP
Rodrigo Mendonça de Lucena, UFRPE, UNIDADE ACADÊMICA DE GARANHUNS-PE
Pós Doutorado em Ciência Animal e Pastagens, UAG/UFRPE
Airon Aparecido Silva de Melo, UFRPE, UNIDADE ACADÊMICA DE GARANHUNS-PE
Professor Doutor da Unidade Acadêmica de Garanhuns/UFRPE
Suzana Pedroza da Silva, UFRPE, UNIDADE ACADÊMICA DE GARANHUNS-PE
Professora Doutora da Unidade Acadêmica de Garanhuns/UFRPE

Referências

AMARO, A.P.; MONTEIRO, M. Rendimento de ALBERTON, A. C. M. Caracterização da Manga Tommy Atkins in natura e após a liofilização. Trabalho de Conclusão de Curso, 53f. Universidade Tecnológica Federal do Paraná - UTFPR, campus Medianeira, p 10-21. MEDIANEIRA, 2014.

AZEVEDO, L. C. de; P. M.A.; I. R. A.S.; A.J. de B.A.; S. B. DE O. Caracterização Físico-Química da Farinha da Casca de Manga CV. Tommy Atkins. EMBRAPA semi-árido. Petrolina-PE, 2008.

BRASIL. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Resolução RDC n. 263, de 22 de setembro de 2005. Regulamento técnico para produtos de cereais, amidos, farinhas e farelos. 2005a.

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Instrução Normativa Nº 8, De 2 De Junho de 2005. Regulamento Técnico de Identidade e Qualidade da Farinha de Trigo. 2005b.

FIORDA, F. A.; M. I. D. DE SIQUEIRA. Avaliação do pH e atividade de água em produtos cárneos. Estudos, v.36, n.5/6, p.817-826. Goiânia, 2009.

INSTITUTO ADOLFO LUTZ. Normas analíticas do Instituto Adolfo Lutz. Métodos físico-químicos para análise de alimentos. São Paulo: IMESP, 2008.

LI, Y., B. JIANG, T. ZHANG, W. MU, J. LIU. Antioxidant and free radical scavenging activities of chickpea protein hydrolysate (CPH). Food Chemistry, 2008.

LIMA, G. F. da C., A. de M. WANDERLEY, F. X. GUEDES, M. M. T. REGO, F. D. G. DANTAS, J. G. M. da SILVA, L. P. NOVES, E. M. de AGUIAR. PALMA FORRAGEIRA IRRIGADA E ADENSADA: UMA RESERVA FORRAGEIRA ESTRATÉGICA PARA O SEMIÁRIDO POTIGUAR. EMPARN, Ed.1, v1. p.10 – 20. Parnamirim, 2015.

MALDONADE, I. R.; P. G. B. CARVALHO; N.A. FERREIRA. Protocolo para determinação de açúcares totais em hortaliças pelo método de DNS. EMBRAPA. 1ª ED, 2013.

MARTIM, N. S.P. P. Estudo das Características de Processamento da Manga (Mangifera Indica L.) Variedade Tommy Atkins Desidratada. Tese de mestrado em Tecnologia de Alimentos, 94f. Universidade Federal do Paraná, p. 26-59. Curitiba, 2006.

NASCIMENTO, K. F. do, E. TESHIMA, C. M. R. da SILVA. CARACTERIZAÇÃO FÍSICO-QUÍMICA DE CLADÓDIOS DE Opuntia fícus-indica. Anais do evento Xvsemic. v.15, n.1, p.611-614, Feira de Santana-BA, 2011.

REINOSO, A. C. L.; R. R. DE SOUZA; M. A. G. CARNELOSSI; A. M. DA CONCEIÇÃO C. C. DE S. BERY; J. K.DE OLIVEIRA. Efeitos das temperaturas na conservação dos minerais em farinhas de cascas de mangas. Interfaces Científicas - Saúde e Ambiente, v.5, n.2, p.25 – 32. Aracaju, 2017.

SÁENZ, C., H. BERGER, A. RODRÍGUEZ-FÉLIX, L. GALLETTI, J. C. GARCÍA, E. SEPÚLVEDA, M. T. VARNERO, V. G. de CORTÁZAR, R. C. GARCÍA, E. ARIAS, C. MONDRAGÓN, I. HIGUERA, C. ROSELL. Agro-industrial utilization of cactus pear. Rural infrastructure and agro-industries division. Food and agriculture organization of the united nations. Ed.1, v.1. p.01 – 20. Roma, 2013.

SANTOS, L. O. Conservação pós-colheita de mangas produzidas na região de Jaboticabal-SP. Tese de mestrado, 116f. Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias – Unesp, Campus de Jaboticabal, p. 15-22. Jaboticabal – SP, 2008.

SEVERO, D. de S, A. dos S. Araújo, J. N. V. Deodato, C. C. M. da Silva, G. S. Alves. Elaboração e caracterização físico-química e microbiológica da farinha da palma (Opuntia Fícusindica mill) em diferentes temperaturas. Revista Verde, v.10, n.4, p.30 – 33, Pombal – PB, 2015.

SOUZA, M. E. A. O. de. Potencial antioxidante de extratos da casca de manga (Mangifera indica L.) da variedade Tommy Atkins obtidos por métodos a baixa e a alta pressão e dimensionamento de uma coluna para extração supercrítica. Tese de doutorado em Desenvolvimento de Processos da Indústria de Alimentos, 191f. Universidade federal de santa Catarina centro tecnológico programa de pós-graduação em engenharia de alimento. p. 105-108. Florianópolis- SC, 2015.

TSENG, Y.; YANG, J.; CHANG, H. Antioxidant properties of methanolic extracts from monascal adlay. Food Chemistry, v. 97, p. 375–381, 2006.

Publicado
2019-01-06
Como Citar
Almeida, C. V. de M., Gomes, S. A. S., Oliveira, J. F. F. de, Lucena, R. M. de, Melo, A. A. S. de, & Silva, S. P. da. (2019). AVALIAÇÃO DA ATIVIDADE ANTIOXIDANTE E CARACTERIZAÇÃO FÍSICO-QUÍMICA DE FARINHAS DE CLADÓDIOS DA Opuntia stricta (Haw.) EM DIFERENTES FREQUÊNCIAS DE IRRIGAÇÃO. Revista Brasileira De Agrotecnologia, 8(3), 21-25. Recuperado de https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/REBAGRO/article/view/6276
Seção
Artigos