Armazenamento de atemoias (Annona squamosa x Annona cherimola) recobertas com filme PVC

  • P. A. de Souza IFCE
  • R. V. da S. Freitas FATEC
  • E. M. Batista IFCE
  • F. B. da Costa UFCG/CCTA
  • P. B. Maracajá UFCG/CCTA

Abstract

A atemoia, assim como todos os frutos climatéricos, apresenta uma elevada perecibilidade, tornando-se importante a adoção de técnicas pós-colheita. Este trabalho teve como objetivo avaliar o armazenamento de atemoias recobertas com filme PVC. Os frutos utilizados foram da variedade ‘Gefner’ apresentando-se em estado de maturação verde-maduro. Estes foram transferidos para o laboratório de Química de Alimentos do IFCE, submetidos à higienização e divididos nos devidos tratamentos. O primeiro tratamento constou no armazenamento de cinco frutos em bandejas de isopor recobertos com filme PVC. O segundo, do recobrimento individual dos frutos em filme PVC, sendo estes acondicionados em bandejas de isopor e os frutos do controle. Estes foram armazenados durante 8 dias. O delineamento utilizado foi o DIC em esquema fatorial 3x4 com quatro repetições de cinco frutos por parcela. A cada tempo de armazenamento foram avaliadas: perda de massa, sólidos solúveis, acidez titulável, Ratio, pH e índice de rachaduras. O uso de filme plástico reduz a perda de massa, porém retarda o amadurecimento de frutos de atemoia. As rachaduras estão diretamente associadas ao amadurecimento dos frutos, ao aumento dos teores de sólidos solúveis e possivelmente a cultivar avaliada. 

Storage of atemoyas (Annona squamosa x Annona cherimola) covered with PVC film

Abstract: The atemoya, as well as all climacteric fruits, is highly perishable, becoming important to adopt post-harvest techniques. This work aimed to evaluate the atemoyas storage covered with plastic wrap. The fruits used were of the variety 'Gefner' presenting itself in a state of green-mature aging. These were transferred to the Food Chemistry Lab IFCE submitted to cleaning and divided in appropriate treatments. The first treatment consisted in five fruit storage in styrofoam trays covered with plastic wrap. The second, the individual coating of the fruits in PVC film, which are packed in styrofoam trays and control fruits. These were stored for 8 days. The design was the DIC in 3x4 factorial with four replicates of five fruits per plot. Each storage time were evaluated: weight loss, soluble solids, titratable acidity, ratio, pH and cracking index. The use of plastic film reduces the weight loss, however retards the ripening of atemoya fruit. The cracks are directly associated with fruit ripening, increased soluble solids and possibly the cultivar evaluated.

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biographies

P. A. de Souza, IFCE
Possui graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal Rural do Semi-Árido (1998), mestrado em Agronomia/Fitotecnia pela Universidade Federal Rural do Semi-Árido (2002) e doutorado em Fitotecnia (Produção Vegetal) pela Universidade Federal de Viçosa (2006). Tem experiência na área de Fisiologia Pós-Colheita e avaliação e controle da qualidade de alimentos, atuando principalmente nos seguintes temas: Cucumis melo, pós-colheita, armazenamento, qualidade e processamento de frutas e hortaliças. Atualmente é Professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará e bolsista de Produtividade em Pesquisa do IFCE (PROAPP).
R. V. da S. Freitas, FATEC
Possui graduação em Tecnologia de Alimentos pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará - IFCE (2011). Especialização em Segurança Alimentar pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará - IFCE (2013). Mestrado em Tecnologia de Alimentos pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará - IFCE (2014), com experiência em pesquisa científica e desenvolvimento de projetos na área de Fisiologia Pós-colheita e Controle de Qualidade dos Alimentos. Atualmente é professora no curso superior de Tecnologia em Alimentos da Faculdade de Tecnologia Centec - FATEC -Sertão Central, ministrando as disciplinas de Microbiologia Geral, Microbiologia dos Alimentos, Tecnologia Pós-colheita de Frutas e Hortaliças e Tecnologia de Produtos Apícolas.
E. M. Batista, IFCE
Graduada em Tecnologia em Alimentos pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará - IFCE (2011). Especialista em Segurança Alimentar pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará - IFCE (2013).
F. B. da Costa, UFCG/CCTA
Engenheiro Agrônomo pela Universidade Federal Rural do Semi-Árido (2003), mestrado (2004), doutorado (2009) e pós-doutorado (2010) em Ciências Agrárias (Fisiologia Vegetal) pela Universidade Federal de Viçosa. Professor adjunto III e Coordenador Administrativo da Unidade Acadêmica de Tecnologia de Alimentos (UATA), do Centro de Ciência e Tecnologia Agroalimentar (CCTA), da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), professor permanente no Programa de Pós-Graduação em Sistemas Agroindustriais do CCTA, coordenador do laboratório de Bioquímica, Química e Análises de Alimentos do CCTA, foi coordenador geral dos laboratórios do CCTA/UFCG (2010-2013). Tem experiência na área de Ciência e Tecnologia de Alimentos, com ênfase em Fisiologia Pós-Colheita de órgãos perecíveis, atuando em: qualidade, conservação, pós-colheita, produção, processamento mínimo e tecnologia de armazenamento.
P. B. Maracajá, UFCG/CCTA
Engenheiro Agronomo pela Universidade Federal da Paraíba concluído em (1981) e Licenciatura em Teologia pelo CEPRAC em (2007), efetuou o doutorado (1991 - 1995) recebendo o titulo de Doutor Engenheiro Agrônomo pela Universidad de Córdoba - España em (1995) que foi Convalidado pela USP ESALQ - Piracicaba - SP em 1996 como o titulo de D. Sc.: Entomologia . Conceito CAPES 7. Atualmente é professor associado IV da Universidade Federal de Campina Grande - CCTA - Campus de Pombal - PB, onde participa do Programa de Pos Graduação em Sistemas Agroindustriais PPGSA. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase Agroecologia, atuando principalmente nos seguintes temas: Apicultura, Abelhas Nativas, Flora Apicola, Defensividade de abelhas e Produção de Rainhas .
Published
2015-12-31
How to Cite
DE SOUZA, P. A.; FREITAS, R. V. DA S.; BATISTA, E. M.; DA COSTA, F. B.; MARACAJÁ, P. B. Armazenamento de atemoias (Annona squamosa x Annona cherimola) recobertas com filme PVC. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, v. 10, n. 5, p. 155 - 159, 31 Dec. 2015.