Zoneamento ambiental do polo de desenvolvimento agroindustrial do Alto Piranhas, Estado da Paraíba

  • J. S. Almeida
  • J. M. Costa
  • P. X. Pamplona
  • P. B. Maracajá
  • W. F. Melo

Abstract

Este trabalho teve como objetivo zonear os níveis de deterioração ambiental na paisagem entre os anos de 2001 e 2012, adotando os critérios da ecodinâmica nos municípios que compõe o polo de desenvolvimento agroindustrial do Alto Piranhas. Foram realizadas análises envolvendo a dinâmica da paisagem e da vulnerabilidade ambiental. A metodologia utilizada na pesquisa foi baseada em localizações pontuais, que inclui o processo de selecionar e combinar, através de procedimento de álgebra de mapas disponíveis em um SIG, cada variável geográfica contém diferenciação espacial e a combinação entre elas promove a subdivisão do espaço geográfico em regiões equiproblemáticas. Tomando-se por base as superposições dos mapas geológico, geomorfológico e pedológico foi efetuado o mapa de zoneamento ambiental, com informações que permitiram identificar as condições do meio natural e suas aptidões. Esses fatores foram comparados entre si, conforme a importância atribuída a elas. Os resultados indicaram que as áreas centrais concentram as classes com maiores riscos ambientais, como as instáveis (risco ambiental entre 60 e 80%), e as de instabilidade emergente (risco maior que 80. Já nas áreas distribuídas em toda a área de estudo encontra-se as áreas com risco ambiental entre 40 e 60% (instabilidade moderada). Com base na análise, percebe-se que a área de estudo possui um tênue equilíbrio por estar localizado em ambiente semiárido que pode ser rompido com facilidade com a intensificação das atividades agroindustriais.

Environmental zoning polo agro industry development of Alto Piranhas, Paraíba State

Abstract: This study aimed to zone the levels of environmental deterioration in the landscape between the years 2001 and 2012, adopting the criteria of ecodynamics municipalities that make up the hub of agro-industrial development of the Alto Piranhas. Analyzes involving the dynamics of landscape and environmental vulnerability were performed. The methodology used in this research was based on specific locations, including the process of selecting, combining, through map algebra available in a GIS procedure, each geographical variable contains spatial differentiation, and the combination between them promotes the geographical subdivision of space equiproblemáticas regions. Taking as a basis the superimposition of geological, geomorphological and pedological maps was made environmental zoning map, with information that allowed the identification of the conditions of the natural environment and their skills. These factors were compared according to the importance assigned to them. The results indicated that the central areas concentrate the classes with larger environmental hazards such as unstable (environmental risk between 60 and 80%), and the emerging instability (greater than 80 risk. Already on distributed throughout the area of study areas located the areas with environmental risk between 40 and 60% (moderate unrest). Based on the analysis, it is noticed that the study area has a fine balance to be located in semiarid environment that can be broken easily with the intensification of agribusiness activities.

Downloads

Download data is not yet available.
Published
2015-12-31
How to Cite
ALMEIDA, J. S.; COSTA, J. M.; PAMPLONA, P. X.; MARACAJÁ, P. B.; MELO, W. F. Zoneamento ambiental do polo de desenvolvimento agroindustrial do Alto Piranhas, Estado da Paraíba. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, v. 10, n. 5, p. 138 - 144, 31 Dec. 2015.