Manejo de pragas no controle de doenças no cultivo de hortícolas

  • W. L. Araújo
  • A. G. Oliveira
  • A. P. N. Ferreira
  • F. S. Sousa
  • A. B. A. Andrade UFCG

Abstract

Os insetos estão geralmente associados a uma planta, em sua maioria são considerados pragas, principalmente em cultivos agrícolas, sejam como pragas broqueadoras, sugadoras de seiva, ou até mesmo como vetores de fitopatógenos, sendo neste último uma das causas mais preocupantes, uma vez que muitos fitopatógenos patógenos causam doenças que ainda não tem-se um controle eficaz. Sabe-se que no modelo convencional de produção, o manejo das pragas são feitos por controle químico. Este trabalho teve como objetivo fazer uma revisão bibliográfica de trabalhos representativos a respeito do controle de pragas vetores de doenças. A mosca-branca (Bemisia ssp) foi o gênero que mais preocupa os produtores, uma vez que se apresentou como praga em uma grande quantidade de plantas hortícolas, e por ser vetor de vírus, doenças a te então, com controle restrito. Pulgões (Aphididae) também foram relatados, assim como a traça-das-crucíferas (Plutella xylostela) e do tomateiro (Tuta absoluta), controle biológico com o uso de Trichogramma ssp., Beauveria Bassiana, bem como controle físico, químico, etc. De modo geral, vários controles se mostraram viáveis para o controle destas pragas, dentre eles estão o controle químico, físico, genético, biológico e cultural, ambos no intuito de controlar a praga com a finalidade de prevenir a transmissão de doenças por estes.

 

Pest management in disease control in vegetable growing

Abstract: The insects are usually associated with a plant, for the most part are considered pests, particularly in agricultural crops, are as broqueadoras pests, sap suckers, or even how plant pathogens vectors, with the latter one of the most disturbing causes a Since many pathogens pathogens cause disease that still has to be an effective control. It is known that the conventional model of production, pest management are made by chemical control. This study aimed to do a literature review of representative works about pest control disease vectors. The whitefly (Bemisia spp) was the genre that most worries the producers, as it is presented as a pest in a lot of vegetable plants, and for being virus vector, the diseases you then, with strict control. Aphids (Aphididae) have also been reported, as well as the moth-the-cruciferous (Plutella xylostela) and tomato (Tuta absoluta), biological control using Trichogramma ssp., Beauveria bassiana, as well as physical, chemical control, etc. In general, various controls have proven viable for the control of these pests, among them are the chemical, physical, genetic, biological and cultural control, both in order to control the pest in order to prevent the transmission of diseases by these.

Downloads

Download data is not yet available.
Published
2015-12-27
How to Cite
ARAÚJO, W. L.; OLIVEIRA, A. G.; FERREIRA, A. P. N.; SOUSA, F. S.; ANDRADE, A. B. A. Manejo de pragas no controle de doenças no cultivo de hortícolas. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, v. 10, n. 5, p. 43 - 50, 27 Dec. 2015.
Section
LITERATURE REVIEW