Carnauba straw incorporated into the soil for fertilization carrot in organic cultivation

  • Micharlyson Carlos Morais Universidade Federal Rural do Semiárido
  • Bernardo Bezerra Araújo Junior Instituto Federal do Rio Grande do Norte
  • Bruna Luadna Augusto Farias Universidade Federal Rural do Semiárido
Keywords: Daucus carota, Copernicia prunifera, Green manure.

Abstract

Carrot is one of the most produced vegetables in Brazil and, with the growing demand for organic vegetables, it is necessary to develop production technologies that are less dependent on external inputs and more accessible to family agriculture. The objective of this study was to evaluate the effect of the addition to soil of carnauba straw as fertilizer, incorporated under different pre-planting periods, for the organic cultivation of the carrot. The experiment was carried out in the Experimental Horta of the Instituto Federal do Rio Grande do Norte, Campus Ipanguaçu, using the experimental design in randomized blocks with three replicates and five treatments referring to the times of 15; 30; 45 and 60 days for the incorporation of carnauba straw, in the amount of 14 t ha-1, prior to planting the carrot, and a control treatment without addition of straw to the soil. The evaluated characteristics was dry mass of the aerial part, the length and root diameter, and productivity. There was an effect of the incorporation time of the carnauba straw on the length and productivity, being the highest values observed when the straw was incorporated between 15 and 30 days before sowing.

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biographies

Micharlyson Carlos Morais, Universidade Federal Rural do Semiárido
Graduando em Agronomia - UFERSA
Bernardo Bezerra Araújo Junior, Instituto Federal do Rio Grande do Norte

Engenheiro Agrônomo, Me em Fitotecnia. Professor efetivo do IFRN

 

Bruna Luadna Augusto Farias, Universidade Federal Rural do Semiárido
Graduanda em Ciência e Tecnologia - UFERSA

References

ARAÚJO JUNIOR, B. B.; MELO, A. E.; MATIAS, J. N. R.; FONTES, M. A. Avaliação de variedades crioulas de milho para produção orgânica no semiárido potiguar. Holos, v. 31, n. 3, p.102-108, 2015.

BRUNO, R. L. A.; VIANA, J. S.; SILVA, V. F.; BRUNO, G. B.; MOURA, M. F. Produção e qualidade de sementes e raízes de cenoura cultivada em solo com adubação orgânica e mineral. Horticultura Brasileira, v. 25, n. 2, p.170-174, 2007.

EMBRAPA. Sistema brasileiro de classificação de solos. Brasília: EMBRAPA-SPI. 2006. 412p.

FERREIRA, D. F. Sisvar: a computer statistical analysis system. Ciência e Agrotecnologia, v. 35, n.6, p. 1039-1042, 2011.

FILGUEIRA, A. R. F. Novo manual de olericultura: Agrotecnologia moderna na produção e comercialização de hortaliças. 3. ed. Viçosa-MG: Editora UFV, 2008. 421 p.

LINHARES, P. C. F.; SOUSA, A. J. P.; PEREIRA, M. F. S.; ALVES, R. F.; MARACAJA, P. B. Beterraba fertilizada sob diferentes doses de palha de carnaúba incorporada ao solo. Agropecuária Científica no Semiárido, v. 8, n. 4, p.71-76, 2012.

LINHARES, P. C. F.; MARACAJA, P. B.; DUARTE, J.; IANASCARA, R. Períodos de incorporação da jitirana mais palha de carnaúba na produtividade de cenoura. Agropecuária Científica no Semiárido, v. 10, n. 3, p.100-104, 2014.

MACÊDO, F. N. A. Avaliação da eficiência técnica de sistemas agrícolas cultivados com o uso de palha de carnaúba (Copernicia prunifera [Miller] H. E. Moore) no semi-árido piauiense. 2007. 40f. Dissertação (Mestrado em Agroecologia) – Universidade Estadual do maranhão, São Luiz. 2007.

MENEZES, R. S. C.; SAMPAIO, E. V. S. B.; SILVEIRA, L. M.; TIESSEN, H.; SALCEDO, I. H. Produção de batatinha com incorporação de esterco e/ou crotalária no Agreste paraibano. In: SILVEIRA, L.; PETERSEN, P.; SABOURIN, E., (Org). Agricultura familiar e agroecologia no semiárido: avanços a partir do agreste da Paraíba. Rio de Janeiro: AS-PTA, p.261-270. 2002.

NOGUEIRA, D. L.; LINHARES, P. C. F.; SILVA, R. I. G.; NEVES, A. M.; NOGUEIRA, G. S. L. R.; MARACAJÁ, P. B.; MEDEIROS, A. C. Uso exclusivo de palha de carnaúba como condicionador físico do solo no rendimento da cenoura. Informativo Técnico do Semiárido, v. 9, p.64-48, 2015.

OLIVEIRA, M. K. T.; BEZERRA NETO, F.; BARROS JUNIOR, A. P.; MOREIRA, J. N.; SÁ, J. R.; LINHARES, P. C. F. Desempenho agronômico de cenoura adubada com jitirana (Merremia aegyptia). Horticultura Brasileira, v. 30, n. 3, p.433-439, 2012.

RESENDE, G. M.; YURI, J. E.; COSTA, N. D.; MOTA, J. H. Desempenho de cultivares de cenoura em sistema orgânico de cultivo em condições de temperaturas elevadas. Horticultura Brasileira, v. 34, n.1, p.121-125, 2016.

RODRIGUES, E. T.; CASALI, V. W. D. Resposta da alface à adubação orgânica. I. seleção de cultivares. Revista Ceres, v. 47, n. 273, p.461-467, 2000.

SEDIYAMA, M. A. N.; SANTOS, I. C.; LIMA, P. C. Cultivo de hortaliças no sistema orgânico, Revista Ceres, v. 61, Suplemento, p.829-837, 2014.

SOUZA, J. L; RESENDE, P. Manual de Horticultura Orgânica. 2.ed. Viçosa – MG: Aprenda Fácil, 2006. 843p.

SOUZA, J. L. Agricultura Orgânica: Tecnologias para a produção de alimentos saudáveis. Vitória: INCAPER, 2005. 257 p.

SYSTAT. TableCurve 2D: Curve Fitting Made Fast and Easy, 2007. Disponível em:< https://systatsoftware.com/products/tablecurve-2d/>. Acesso em 09 jan. 2018.

Published
2017-10-01
How to Cite
MORAIS, M. C.; ARAÚJO JUNIOR, B. B.; FARIAS, B. L. A. Carnauba straw incorporated into the soil for fertilization carrot in organic cultivation. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, v. 12, n. 4, p. 820 - 823, 1 Oct. 2017.
Section
SCIENTIFIC NOTE