Padre Cícero Romão: entre a religião e a política

  • Flaviana Araújo de Almeida FIP
  • Rosemary Ramos Rodrigues FIP

Resumo

Figura das mais questionadas no nordeste brasileiro, Padre Cícero Romão Batista iniciou sua vida sacerdotal como capelão da povoação de Juazeiro, no município do Crato, no Ceará. Pouco tempo depois de sua chegada àquela localidade, a capela de Nossa Senhora das Dores tornou-se uma referência na região, para ela afluindo inúmeros devotos. Toda a história da vida do padre Cícero é marca pelo misticismo. Até mesmo a sua decisão em fixar residência em Juazeiro encontra-se ligada a um sonho ou visão, que o mesmo teve em princípios de 1872, no qual o próprio Jesus pediu para tomar conta daquele rebanho. O misticismo em torno do padre Cícero começou a se formar em 1889, quando, ao colocar a hóstia consagrada colocada na boca da beata Maria de Araújo, ocorreu um fenômeno inesperado: a hóstia transformou-se em sangue. E, para manter-se no poder, aliou-se aos coronéis do Cariri Cearense, servindo aos interesses da política local e nacional, esquecendo por completo os votos feitos perante a Igreja e orientando e armando capangas e cangaceiros para defenderem sua cidade das tropas leais ao governo de Franco Rabelo. Por outro lado, com seus romeiros, o Padre Cícero transformou a simples e pequena povoação de Juazeiro numa grande cidade. Através da presente pesquisa foi possível constatar que não existe diferença entre o Padre Cícero dos conselhos e o homem forte da política do cariri cearense, que serviu aos propósitos de Floro Bartolomeu e ajudou-o a derrubar um governador do Estado. No entanto, a imparcialidade da história também deve mostrar que o Padre Cícero foi um benfeitor para a cidade do Juazeiro. Sem ele, Juazeiro, à semelhança dos pequenos núcleos de ocupação humana do cariri cearense, teria se arrastado pelos anos e certamente, jamais seria a grande e importante cidade que é hoje. O objetivo do presente trabalho é traçar o perfil do Padre Cícero Romão, entre a religião e a política, enfatizando como ocorreu o processo de adoração em torno de sua imagem, identificando também os fatos que motivaram as acusações e perseguições à sua pessoa.

 

Palavras-chave: Padre Cícero Romão. Religião. Política.

Biografia do Autor

Flaviana Araújo de Almeida, FIP

Diplomada em História pelas Faculdades Integradas de Patos (FIP)

Rosemary Ramos Rodrigues, FIP

Graduada em História pela UFCG, mestre em Educação pela UFPB. Docente das Faculdades

Integradas de Patos (FIP) e do Instituto Federal da Paraíba (IFPB)

Publicado
2013-12-26
Como Citar
Almeida, F. A. de, & Rodrigues, R. R. (2013). Padre Cícero Romão: entre a religião e a política. Revista Brasileira De Filosofia E História, 1(1). Recuperado de https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/RBFH/article/view/2480
Seção
Revisão de Literatura