USO DA TÉCNICA FOTO-FENTON COMO ALTERNATIVA DE TRATAMENTO DE EFLUENTES DE LATICÍNIOS

Resumo

A indústria intensificou a busca por técnicas alternativas de tratamento de seus resíduos líquidos, visando minimizar os níveis de poluição ou até reutilizar as águas residuais geradas. Com isto, o objetivo deste trabalho foi utilizar os Processos Oxidativos Avançados (POAs) como alternativa de tratamento de efluentes industriais de laticínios com técnica foto-Fenton (H2O2/Fe²+/UV). Utilizou-se efluente real, circulando em um reator fotoquímico tubular sob radiação de luz negra (8 W), por 01h00min. Cada ensaio foto-fenton conteve 800 mL do efluente bruto adicionado de peróxido de hidrogênio (H2O2) e sulfato de ferro heptahidratado (FeSO4.7H2O2), em quantidades determinadas por um planejamento fatorial 2². As amostras coletadas passaram por análise de Demanda Química de Oxigênio colorímetrica (DQO). O melhor resultado para diminuição de DQO após 01h00min de tratamento, sem ajuste do pH,  foi 44,54%. Tal resultado não atingiu o mínimo estabelecido pela legislação, necessitando do ajuste de pH ou tratamento biológico para sua otimização. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vitória Bezerra da Silva, Universidade Federal Rural de Pernambuco
Estudante de graduação do curso de Engenharia de Alimentos na Universidade Federal Rural de Pernambuco/Unidade Acadêmica de Granhuns. Participante do Grupo de Pesquisa e Desenvolvimento de Produtos Lácteos e Apícolas (GPLA), orientada da profª PhD Gerla Castello Branco Chinelate , da Universidade Federal Rural de Pernambuco/Unidade Academica de Garanhuns . Neste grupo participou da Comissão Organizadora do primeiro e segundo simpósio de Leite e Derivados de Garanhuns (SIMPLEITE) nos anos 2015 e 2016. também participou como voluntaria na organização do XIII Encontro Nordestino do Setor de Leite e Derivados (ENEL), realizado em Garanhuns.
Fernando Ferreira da Silva Dias, Universidade Federal Rural de Pernambuco
Docente dos cursos de agronomia e zootecnia da Universidade Federal Rural de Pernambuco.

Referências

DAVARNEJAD, R.; NIKSERESHT, N. Dairy wastewater treatment using an electrochemical method:Experimental and statistical study. Journal of Electroanalytical Chemistry. n. 775, p 364–373, 2016.

LOURES, C. C. A. Estudo da aplicação de UV/FENTON (Fe ²+/ H2O2) no tratamento de efluentes de laticínios. 2011, 229f. Dissertação (Mestrado em Ciências) –Universidade de São Paulo, Escola de Engenharia de Lorena, 2013.

MORAVIA, W.G.; LANGE, L.C.; AMARAL, M.C.S.; Avaliação da microfiltração para remoção do lodo gerado no processo oxidativo avançado empregando o reagente de Fenton no tratamento de lixiviado de aterro sanitário; Eng. Sanit. Ambient. v.16 n.4 out/dez 2011 p. 379-386.

MOTA, A.L.N.; CHIAVONE-FILHO, O.; PROCÓPIO, Z. S. D.; CARVALHO, G. K. G.; TEIXEIRA, M. L. M. Otimização da área irradiada e do arranjo de um reator fotoquímico tubular na degradação do fenol pelo processo foto-Fenton. COBEQ. 2014.

POTRICH , L.; Degradação de Cafeína por Processos Oxidativos Avançados. 2014, 36f. monografia (graduação em engenharia química) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Departamento de Engenharia Química, 2014.

SALAS, G.; ALE, N.; Tratamientode las aguas residuales de una refinería de petróleopor oxidación avanzada (aox), usandoelreactivoFenton (H2O2/FE2+).Rev. Per. Quím. Ing. Quím. v. 11 n. 2. p 12-18. 2008.

SALAZAR, F. R. S. Aplicação de Processo Oxidativo Avançado (POA) como pré-tratamento de efluente de laticínio para posterior tratamento biológico. 2009, 210f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Quimica) - Universidade de São Paulo, Escola de Engenharia de Lorena, 2009.

SILVA, D. J. P. Resíduos na indústria de laticínios. 2011.

Publicado
2017-11-23
Como Citar
da Silva, V. B., & Dias, F. F. da S. (2017). USO DA TÉCNICA FOTO-FENTON COMO ALTERNATIVA DE TRATAMENTO DE EFLUENTES DE LATICÍNIOS. Revista Brasileira De Agrotecnologia, 7(2), 316-321. Recuperado de https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/REBAGRO/article/view/5202
Seção
Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo (s) autor (es)