TRATAMENTO DE EFLUENTE DE ABATEDOURO AVÍCOLA PELO USO DO PROCESSO FOTO-FENTON

  • Nayá Paiva Pereira de Almeida Leitão Universidade Federal Rural de Pernambuco
  • Fernando Ferreira da Silva Dias Universidade Federal Rural de Pernambuco
  • André Felipe de Melo Sales Santos Universidade Federal Rural de Pernambuco
  • Thibério Pinho Costa Souza Universidade Federal Rural de Pernambuco
  • Jorge Vinicius Fernandes Lima Cavalcanti Universidade Federal de Pernambuco

Resumo

Foi realizado o estudo da eficácia do Processo foto-Fenton na redução da DQO de um efluente de abatedouro avícola, cujo valor inicial era 26.500 mg/L. O experimento teve como variáveis a concentração de peróxido de hidrogênio e de íons ferrosos; e como variável resposta a redução da DQO. Concluiu-se que a medida que a concentração de íons ferrosos aumentou, a eficiência do processo foi maior; ao passo que à medida que a quantidade de peróxido de hidrogênio aumentou, a eficiência do processo diminuiu. Foi observada uma redução de 89,5% da DQO, quando comparado à DQO inicial. Em seguida foi realizado um estudo cinético baseado na degradação da DQO ao longo do tempo para determinar os parâmetros da cinética oxidativa, do tipo d[DQO]/dt = -k[H2O2]m[DQO]n. Obteve-se um modelo cinético de oxidação de segunda ordem do tipo d[DQO]/dt = -k[DQO]2, no qual o valor de k = (4,1 ± 0,4) x10-5 L/mg.min.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2017-11-23
Como Citar
Leitão, N. P. P. de A., Dias, F. F. da S., Santos, A. F. de M. S., Souza, T. P. C., & Cavalcanti, J. V. F. L. (2017). TRATAMENTO DE EFLUENTE DE ABATEDOURO AVÍCOLA PELO USO DO PROCESSO FOTO-FENTON. Revista Brasileira De Agrotecnologia, 7(2), 218-222. Recuperado de https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/REBAGRO/article/view/5172
Seção
Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo (s) autor (es)