ESTUDO DA EXTRAÇÃO DE ÁGAR DA MACROALGA Gracilaria caudata J. Agardh PARA UTILIZAÇÃO EM FINS ALIMENTÍCIOS

Authors

  • Isanna Menezes Florêncio UFCG
  • Eliane Rolim Florentino UEPB
  • Flávio Luiz Honorato da Silva
  • Vanessa Silva Fernandes
  • Mônica Tejo Cavalcanti UFCG

Abstract

O ágar é um polissacarídeo hidrossolúvel que, quando incorporado a alimentos possui propriedades de alteração das características reológicas, estabilização de emulsões, promoção de suspensão de partículas, controle da cristalização e inibição da sinérese de alimentos processados, por serem polímeros de cadeia longa que se dissolvem ou dispersam em água. Analisando sua funcionalidade objetivou-se, com esta pesquisa, estudar a extração do ágar da Gracilaria caudata J. Agardh, na qual foram feitas as caracterizações morfológicas, físico-químicas e toxicológicas, concluindo-se que a alga em estudo pode ser consumida sem risco à saúde. Quanto ao rendimento do ágar nativo da alga, foi obtido uma média de 6,5% de ágar, com a alga inteira, 300 mL de água para 10 gramas de alga. Os resultados obtidos neste trabalho evidenciam que o ágar nativo é uma excelente alternativa para os laticínios brasileiros, tornando-se um produto de fácil acesso e de tecnologia simplificada. 

Downloads

Download data is not yet available.

Published

08-09-2012

How to Cite

MENEZES FLORÊNCIO, I.; ROLIM FLORENTINO, E.; HONORATO DA SILVA, F. L.; SILVA FERNANDES, V.; CAVALCANTI, M. T. ESTUDO DA EXTRAÇÃO DE ÁGAR DA MACROALGA Gracilaria caudata J. Agardh PARA UTILIZAÇÃO EM FINS ALIMENTÍCIOS. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, [S. l.], v. 7, n. 2, p. 71–78, 2012. Disponível em: https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/RVADS/article/view/1299. Acesso em: 28 may. 2024.

Issue

Section

ARTICLES

Most read articles by the same author(s)

1 2 > >>