Adição de gesso agrícola e cinza de madeira ao substrato no desenvolvimento de mudas de baruzeiro (Dipteryx alata Vog)

  • C. A. Freitas Instituto Federal Goiano - câmpus Urutaí
  • C. J. Silva Instituto Federal Goiano - câmpus Morrinhos
  • C. A. Silva Instituto Federal do Mato Grosso - câmpus Confresa
  • J. A. Almeida Instituto Federal Goiano - câmpus Urutaí
  • N. S. Rincon Instituto Federal Goiano - câmpus Urutaí
Palavras-chave: Produção de mudas, adubação alternativa, resíduos industriais

Resumo

O objetivo do trabalho foi avaliar o desenvolvimento de mudas de baruzeiro (Dipteryx alata Vog) em função de proporções de gesso (0%; 1,6%; 3,2%; 4,8% e 6,4%) com base em volume e adubação com cinza de madeira (ausência e presença) misturadas ao substrato Bioplant®. Constituiu-se assim um esquema fatorial 5x2, em delineamento inteiramente ao acaso, com três repetições e quatro plantas por parcela. O experimento foi conduzido de janeiro a março de 2009, em viveiro com cobertura e laterais de sombrite preto (50% da luminosidade natural), situado na Fazenda Japão, município de Orizona, Goiás. Como recipiente foram utilizados sacos de polietileno de 15 x 25 cm, onde colocou-se uma sementes por recipiente, ficando a extremidade superior da semente cerca de 2,0 cm de profundidade. As irrigações foram realizadas diariamente, no período da tarde. Aos 152 dias após a semeadura, avaliou-se altura de muda (AM), diâmetro de caule (DC), número de folha (NF), número de folíolos por folha (NFF), número de folíolos por planta (NFP), comprimento da raiz principal (CR), massa da matéria seca das raízes (MSR), massa seca da parte aérea (MSPA), massa seca total (MSTO) e índice de qualidade de Dickson (IQD). O gesso agrícola proporcionou melhor desenvolvimento inicial das mudas de baruzeiro, no entanto sua associação com cinzas de madeira, juntamente com o substrato, não favoreceu o desenvolvimento das mudas.

Addition of agricultural plaster and wood ash to substrate in baruzeiro (Dipteryx alata Vog) seedlings developing

Abstract: This study aimed to evaluate the baruzeiro seedlings development in function of plaster proportions (0%, 1.6%, 3.2%, 4.8% and 6.4 %) based on volume and fertilization with wood ash (absence and presence) added to the substrate Bioplant ®. It constitutes therefore a 5x2 factorial arrangement, in a completely randomized design with three replications and four plants per plot. The experiment was conducted from January to March 2009, in coverage nursery and side with shade screen (50% of natural light), located in Fazenda Japão, Orizona county, Goiás. As container was used polythene bags of 15 x 25 cm, which was placed one seeds per container, with the upper end of the seed approximately 2.0 cm depth. The irrigation was performed daily in the afternoon. At 152 days after sowing, was evaluated seedling height (SH), stem diameter (SD), sheet number (SN), number of leaflets per leaf (NLL), number of leaves per plant (NLP), length the main root (LR), dry mass of roots (DMR), dry mass of aerea part (DMAP), total dry matter (TDM) and Dickson quality index (DQI). The plaster provided better initial development of seedlings baruzeiro, however its association with wood ashes, along with the substrate, didn't favor the growth of seedlings.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2015-12-08
Seção
ARTIGOS