Monitoramento e qualidade das águas do Rio Piranhas

Authors

  • Alan Dél Carlos Gomes Chaves UFCG
  • Ricardo Ricelli Pereira de Almeida
  • Diêgo Lima Crispim Engenheiro Ambiental formado pela Universidade Federal de Campina Grande-UFCG; Mestrando em Sistemas Agroindustriais-UFCG; Membro da ONG Germinar de Pombal-PB; Diretor de Articulação Política do Diretório Central dos Estudantes da UFCG e Conselheiro da Câmara Superior de Ensino-CSE da UFCG.
  • Francisco Tales da Silva
  • Aline Ferreira Costa

DOI:

https://doi.org/10.18378/rvads.v10i1.3230

Keywords:

Bacia Piranhas-Açu, Georreferenciados, Turbidez, Bicarbonato e Magnésio.

Abstract

O rio Piranhas-Açu, de domínio federal, é o principal rio da bacia Piranhas-Açu, uma vez que nasce no município de Bonito de Santa Fé, no Estado da Paraíba, e segue seu curso natural pelo Estado do Rio Grande do Norte, desaguando no Oceano Atlântico, na Costa Potiguar. Os pontos de coleta de água foram georreferenciados através do aparelho de GPS e transferido para localização em mapa com os dados de localização geográfica, que permitiu a obtenção dos pontos com latitude e longitude em projeção UTM (Universal Transversa de Mercator). Houve redução da condutividade elétrica das aguas do rio Piranhas-açu entre janeiro e abril, coincidindo com o período de chuvas. O Rio Piranhas-açu apresentou maiores valores de Turbidez a partir de Fevereiro, pois as chuvas nesse período conseguem revolver os matérias depositados no fundo do rio e arrastar os que estavam no leito do rio. O bicarbonato e o magnésio foram os sais que apresentaram os maiores valores nas águas do rio Piranhas-Açu.

Downloads

Download data is not yet available.

Published

16-06-2015

How to Cite

CHAVES, A. D. C. G.; ALMEIDA, R. R. P. de; CRISPIM, D. L.; SILVA, F. T. da; COSTA, A. F. Monitoramento e qualidade das águas do Rio Piranhas. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, [S. l.], v. 10, n. 1, p. 160–164, 2015. DOI: 10.18378/rvads.v10i1.3230. Disponível em: https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/RVADS/article/view/3230. Acesso em: 21 jun. 2024.

Issue

Section

ARTICLES

Most read articles by the same author(s)

1 2 > >>