Crescimento e desenvolvimento inicial da cultura da moringa (Moringa oleifera Lam.) submetida à fertilização orgânica

  • T. M. A. Souza
  • T. A. Sousa
  • H. T. Oliveira Neto
  • L. S. Souto
  • J. A. Dutra Filho
  • A. C. Medeiros Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Processos da UFCG/CCT/Campina Grande - PB E-mail: alinecarla.edu@gmail.com
Palavras-chave: Fertilizantes orgânicos, Semiárido, Silvicultura.

Resumo

A moringa (Moringa oleifera Lam) é uma árvore nativa da Índia e de elevada importância principalmente pelo seu valor nutricional, medicinal e de purificação da água. Este trabalho teve como objetivo avaliar o efeito de níveis de fertilização orgânica no crescimento e desenvolvimento inicial de mudas de moringa nas condições semiáridas do Estado da Paraíba, Brasil. O experimento foi conduzido em condições de túnel plástico, localizado no Centro de Ciências e Tecnologia Agroalimentar, da Universidade Federal de Campina Grande, Campus de Pombal, UFCG. Utilizou-se o delineamento inteiramente casualizado, com os tratamentos compostos de sete níveis de fertilização orgânica (0,0; 108,0; 216,0; 432,0; 864,0; 1728,0 e 3456,0 g.vaso-1), com quatro repetições. Foram avaliados os seguintes parâmetros: i) altura das plantas (cm), ii) diâmetro do caule (mm), iii) número de folhas, iv) fitomassa fresca das folhas, v) fiomassa seca da parte aérea (g), vi) fitomassa seca da raiz (g), vii) razão fitomassa seca da parte aérea/raiz (g) e, viii) comprimento da raiz principal (cm). A utilização dos níveis de fertilização orgânica influenciou significativamente o crescimento e desenvolvimento inicial das mudas de moringa. Com a elevação dos níveis de esterco adicionados ao substrato, observou-se o decréscimo das variáveis analisadas, tendo como melhor resultado o nível de 864,0 g.vaso-1 para a altura da planta e o nível de 432,0 g.vaso-1 para os demais parâmetros avaliados. O nível de 432,0 g.vaso-1 provocou os maiores acréscimos na massa seca da parte aérea e comprimento das raízes. Os níveis de esterco bovino de 108,0 g.vaso-1 e 432,0 g.vaso-1, promoveram um maior incremento para a razão entre a parte aérea/raiz e comprimento da raiz, respectivamente. Para produção de mudas de moringa de boa qualidade a aplicação de pequenas quantidades de esterco bovino é suficiente.

Organic fertilization levels on the vegetative growth of moringa (Moringa oleifera Lam.)

Abstract: Moringa (Moringa oleifera Lam) is a tree native of India and high importance especially for its nutritional value, medicinal and water purification. This work aimed to evaluate the effect of organic fertilization levels on growth and initial development of moringa seedlings in semi-arid conditions of the State of Paraiba, Brazil. The experiment was conducted in plastic tunnel conditions, located in the Centro de Ciências e tecnologia Agroalimentar da Universidade Federal de Campina Grande, Campus de Pombal, UFCG. We used a completely randomized design with the treatments composed of seven levels of organic fertilization (0,0; 108,0; 216,0; 432,0; 864,0; 1728,0 e 3456,0 g.vaso-1), with four repetitions. The following parameters were evaluated: i) plant height (cm), ii) stem diameter (mm), iii) number of leaves, iv) fresh weight of leaves, v) dry weight of shoots (g), vi) dry weight of the root (g), vii) dry weight ratio of shoot / root (g) and viii) main root length (cm). The use of organic fertilization levels significantly influenced the growth and early development of moringa seedlings. With the rise of manure levels added to the substrate, there was the decrease of the variables analyzed, with a best result the level of 864.0 g.vaso-1 for plant height and the level of 432.0 g.vaso-1 for the other parameters. The level of 432.0 g.vaso-1 caused the greatest increases in dry weight of shoot and root length. The levels of bovine manure 108.0 g.vaso-1 and 432.0 g.vaso-1, promoted a greater increase for the ratio of root / shoot and root length, respectively. To produce good quality moringa seedlings the application of small amounts of bovine manure is sufficient.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2015-12-31